quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Aquaman - Crítica


"Aquaman sucks", disse o Raj em The Big Bang Theory em determinado episódio (aquele do concurso de fantasias em que ele se veste como o personagem e usa um cavalo marinho como montaria). Bom, mal sabia ele que a Warner ia transformar o herói em algo totalmente diferente. Naquela época Aquaman não era o Jason Momoa e nem tinha virado esse badass rebelde cabeludo com olhos âmbar.


A convite de amigos, que ganharam ingressos da Warner, assisti Aquaman, do diretor James Wan, ontem numa sessão especial em Brasília e posso dizer que fiquei encantada. Tá, o roteiro não é dos mais profundos ou criativos e há muitos dos clichês da jornada do herói, mas a história é boa e prende a atenção.

Arthur (Momoa), conhecido como Aquaman, é filho de dois mundos opostos. Sua mãe é Atlanna (Nicole Kidman), rainha de Atlântica, o reino aquático, e seu pai é Tom (Temuera Morrison), um faroleiro da terra firme. Depois dos acontecimentos de Liga da Justiça, ele é procurado por Mera (Amber Heard), uma princesa dos mares que pede que reivindique seu trono, já que seu meio-irmão Orm (Patrick Wilson), rei de Atlântida, está juntando um exército para atacar a superfície, que polui suas águas, mata seus animais e é uma ameaça aos oceanos. Ao mesmo tempo um pirata que tem raiva de Aquaman deseja ardentemente vingança pela morte do pai.



O que mais chama a atenção em Aquaman é o visual. Digo sem sombra de dúvidas que é um deleite para os olhos. James Wan criou um mundo lindíssimo dentro das águas, com cores berrantes, luzes neons e escolhas nem sempre ortodoxas de paletas. E eu vi em IMAX, então vocês podem imaginar a explosão de imagens alucinantes que foi. Com suas cores, figurino (que dizem ser extremamente fiel ao original das HQs) e maquiagem (o que é aquele cabelo vermelho de A Pequena Sereia de Mera?), o filme flerta com o cafona. Mas é totalmente proposital e no fim das contas tudo combina, toda aquela mistura psicodélica. É tipo aquela sensação dos anos 1980: Era quase ridículo e brega, mas muito divertido e não podemos negar que adoramos. E mesmo que em alguns momentos, principalmente os de nado mais calmo, os efeitos de computação pareçam muito artificiais, de modo geral é muito bom.

Nunca imaginei que uma produção no fundo do mar teria tanta explosão, quebra pau e pancadaria. E fez sentido, mesmo que pareça estranho. As cenas de ação e luta (são várias, afinal, o Momoa é especialista nisso) são muito bem coreografadas e a câmera de Wan é frenética. Tanto que fiquei meio tonta em algumas sequências. O problema é que o diretor repete a fórmula de filmagem de batalhas várias vezes, o que quase transforma as lutas em algo cansativo.



Momoa é extremamente carismático e personifica perfeitamente o bruto, mas fofo, Arthur. Podemos dizer que ele nasceu para interpretar Aquaman e Khal Drogo de Game of Thrones. Se ele ficar só nesses mesmos papeis o resto da vida tudo bem para mim. Ele nem é de longe um bom ator, mas todo o seu charme e tamanho compensam, até porque o personagem não pede intensidade demais. E até a Amber Heard, que eu não morro de amores, me conquistou. A química entre eles não é a mais maravilhosa do mundo, mas funciona. Patrick Wilson faz um bom Orm. O ator definiu o personagem como um terrorista ecológico, só que eu ainda acrescento que é um megalomaníaco por poder. Ele é totalmente o contraste de Aquaman, tanto visualmente quanto de personalidade. E o outro vilão, Arraia Negra (Yahya Abdul-Mateen II), tinha tudo para ser um arco interessante, mas é deixado de lado, com pouco espaço para crescimento.

Um ponto que chama a atenção em Aquaman é o tom do filme, que pela primeira vez aproximou a DC do Universo Marvel. Ele é bem mais leve, com um toquezinho de comédia, completamente diferente de todo enredo e cores sombrias e sisudas demais, características do Zack Snyder. Arthur se leva a sério sem levar, por mais paradoxal que isso seja. Ele é bem-humorado, tem um coração do tamanho do mundo e faz mais cara de bravo do que é de verdade – a não ser quando está lutando pelo que acredita. Um pouco de risadas e sorrisos não tiram o brilho de um filme da DC e nem a ameaça de um fim do mundo.


E não posso deixar de falar da trilha sonora! Ela está sempre presente e tem ótimas músicas, que combinam perfeitamente com toda a ambientação do filme.

Aquaman é um filme ótimo (dentro da categoria de filmes de heróis, não espere uma produção para Oscars ou atuações dramáticas) e foi uma grata reformulação de um personagem que mesmo nas HQs era relegado ao segundo plano. A DC acertou e só nos resta esperar que continue assim.


Recomendo bastante.

Teca Machado

21 comentários:

  1. I look forward to seeing it!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  2. Vou assistir amanhã, tô bem curiosa :D

    http://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Teca, tudo bem?
    Fiquei impressionada que tudo tenha funcionado, mesmo que o casal principal não impressione nas atuações. Eu gosto do Jason mas concordo que ele nunca é muito profundo nas atuações (e até agora nem precisou). A Amber eu nunca vi, mas não curti esse cabelo super artificial dela hahaha!
    Estou muito curiosa pra conferir o filme e estou com expectativas bem positivas!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impressionante a DC ter acertado de novo, né?
      Que continue assim!
      Esse cabelo dela foi um pouco demais para mim, haha.

      Beijooos

      Excluir
  4. Eu estou muito curiosa para assistir o filme pois adoro o personagem. E com seus elogios, só fiquei ainda mais com vontade.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O personagem é ótimo e o Momoa é mais ótimo ainda, haha.

      Beijooos

      Excluir
  5. Amei sua resenha sobre esse filme, vi que as pessoas estão bem ansiosas para assisti-lo, confesso que não gosto muito do gênero, mas fiquei surpresa com a quantidade de detalhes e imagens incríveis que eles fizeram!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Pena que não é fã do gênero, porque é um prato cheio para quem gosta.
      :D
      Realmente, o visual é lindooooooo!

      Beijooos

      www.casosacasoselivros.com

      Excluir
  6. Oi, Teca
    Marquei com uns amigos de assistir ontem o filme, mas meio que todo mundo esqueceu e então vamos amanhã. Eu espero gostar porque não conheço a história do herói nem vi o ator no outro filme da DC, então estou bem no escuro quanto a tudo.
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste, Mika!
      Não viu o Momoa ainda nos outros filmes?
      Ele arrasa demaaaaaaaais!

      Beijooos

      Excluir
  7. Quero muito assistir *U*

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  8. Oie Teca =)

    Confesso que depois de tantas decepções não me animo com os filmes de heróis da DC. Não gosto da atuação do Jason. Sei lá acho que ele meio que caiu naquele estereótipo de muito músculo e pouco cérebro que alguns atores infelizmente caem.

    Da Amber não lembro de ter visto ela em nenhuma produção, então não posso falar rs...

    O que está me chamando atenção nesse filme é a fotografia e a trilha sonora que foi feita por um dos meus estúdios de Soundtrack favoritos. Talvez por esse fatores eu acabe dando uma chance ao filme, mas ainda não é certeza.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane!
      Ah, ele é um estereótipo cheio de amor, hahaha.
      Amooooooo o Momoa desde de Conan!
      A Amber meio que não fede e nem cheira.
      E, realmente, a fotografia e a trilha sonora são MUITO incríveis.
      Dá uma chance!

      Beijooos

      Excluir
  9. Oi Teca, tudo bem? Eu acho que a DC sempre se preocupa com os fãs de quadrinhos, ao contrário da Marvel, por isso eu não gostaria que ela se aproximasse deles não rsrsrsr só acertasse na direção, coisa que ainda bem aconteceu. Aquaman está mesmo excelente!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      Como eu não conheço os quadrinhos de nenhum dos lados, não posso opinar.
      Mas só sei que tirando o fato de o Aquaman ser loiro e mauricinho, todo o resto está igual.
      E a direção foi mesmo incrível!

      Beijooos

      Excluir
  10. Oi, Teca!

    Vou assistir o filme hoje mesmo. Num geral ele parece ser bom mesmo, e como curto mais os heróis da DC, imagino que vá gostar também do filme

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você curte a DC, vai gostar do filme.
      Capricharam, igual com Mulher Maravilha!

      Beijooos

      Excluir