Apresentando Os Ricardos - Críticas


Imagine nos anos 1950 a maior estrela da televisão americana ser taxada de comunista, tudo isso em plena Guerra Fria. Por mais que pareça algo surreal, foi o que aconteceu com Lucille Ball, estrela da série I Love Lucy. Para se ter noção da grandiosidade do programa, sua audiência chegou a 60 milhões de espectadores – sendo que na época os EUA tinham 153 milhões de habitantes. Isso significa quase 40% da população do país assistindo ao show. A título de comparação, nem o SuperBowl, maior evento televisivo do país alcança essa porcentagem. E é a semana fatídica em que a atriz foi exposta como comunista que o filme Apresentando Os Ricardos (Being The Ricardos), do diretor e roteirista Aaron Sorkin, acompanha.



A produção está disponível na Amazon Prime Video e concorre ao Oscar 2022 em três categorias: Melhor Atriz (Nicole Kidman), Melhor Ator (Javier Bardenm) e Melhor Ator Coadjuvante (J. K. Simmons).


Apresentando os Ricardos


A queridinha da América, Lucille Ball (Nicole Kidman) certa noite é taxada como comunista por um programa de rádio. Tentando conter o dano à sua imagem e ao programa de sucesso que construiu junto com o seu marido Desi Arnaz (Javier Bardem), Lucille e Desi começam a bolar uma estratégia de defesa perante o público. Como se isso já não fosse problema o suficiente, durante o mesmo período lidam com uma crise conjugal e uma gravidez recente que ela deseja incorporar ao roteiro, mas a rede não quer aceitar – lembrem-se que nos anos 1950 gravidez era tabu na televisão.




Apesar da personagem “bobinha” que interpretava, Lucille Ball era de uma inteligência enorme. O que fez, o que conquistou e a sua maneira de cativar tanto Hollywood quanto o público mostram como ela conseguiu chegar tão alto na sua carreira. E o mesmo pode ser dito de Arnaz. Com uma tenacidade para negócios e carisma com o público, ele era praticamente o mandachuva do estúdio e extremamente perspicaz, já que foi quem inventou um sistema de câmera que permitia que o público acompanhasse a gravação do programa.


Os Ricardos


Lucille e Desi interpretavam o casal Ricardo no show e eram casados na vida real. Sua relação era explosiva, nunca monótona, com brigas homérica e uma paixão avassaladora. E o filme intercala três arcos dramáticos: Quando se conhecem e o início da relação, a caótica semana da notícia e na atualidade com os roteiristas de I Love Lucy (interpretados por outros atores) dando depoimentos tanto sobre o casal quanto sobre o que aconteceu naqueles dias.




É interessante que apesar do filme ser sobre os dois, o roteiro de Sorkin não “doura a pílula” e mostra o lado não tão bonito deles. Lucille não era a pessoa mais agradável de se conviver, além de ser extremamente metódica (o tanto de vezes que ela pede para os atores repetirem a cena porque ainda não está satisfeita?). E Arnaz não era o mais fiel dos maridos, ainda que parecesse extremamente apaixonado.


Kidman e Bardem


Não é à toa que Nicole Kidman e Javier Bardem estão concorrendo ao Oscar. Entregam tudo e mais um pouco. Kidman em alguns momentos pode parecer caricata, mas quando você compara com a Lucille original, ela está parecida fisicamente assim como nos trejeitos. Quando está interpretando a Lucy é quase como ver a atriz de 1950 de volta à televisão. Já Javier Bardem não é fisicamente parecido com Arnaz, mas até o filho do ator e músico disse que ele praticamente enxergou seu pai ali novamente, com todo carisma e luz que ele emanava. E J. K. Simmons sempre dispensa comentários. Ele é um ator de nível elevadíssimo no que quer que seja.


Lucille Ball e Nicole Kidman: Achei que ficou muito parecida


Apresentando Os Ricardos peca um pouco ao não situar muito bem historicamente o público e só falar superficialmente sobre temas aparentemente importantes para a trama, como o fato de que Arnaz ter fugido de Cuba por causa do comunismo e o trauma que sofreu devido a isso e a questão do Comitê de Atividades Não-Americanas da Câmara.


No balanço final, é um filme bom, mas longe de ser inesquecível. Não fosse as atuações impecáveis, perderia muito do seu charme.


Recomendo.


Teca Machado



Um comentário:

  1. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

    Meu Blog: Loterias 2022

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.