terça-feira, 26 de janeiro de 2016

D.U.F.F: Comédia high school moderninha


Você já viu esse filme um milhão de vezes e gosta, mesmo que não confesse a ninguém. Comédias americanas ambientadas no intimidante high school onde apenas os lindos, sexys e populares sobrevivem estão aí aos montes, principalmente aquelas em que a garota feia e excluída deseja mudar seu lugar na cadeia alimentar escolar e sofre uma repaginada ficando linda e desejada enquanto a rainha do baile morre de ódio. O filme D.U.F.F., do diretor Ari Sandel, tem tudo isso e mais um pouco usando uma linguagem moderna, atual e divertida, contando com um casal protagonista carismático e com química.


Sim, D.U.F.F. é clichê, mas com um desfecho um tanto diferente. Não foca em “Vamos transformar a feia (que nem é tão feia assim) em bonita”. A produção preza mais pelo “Sou estranha, a melhor estranha que você poderia conhecer, lide com isso”. O filme não prega o makeover para a personagem se transformar em desejável. Ela até passa por algumas transformações, mas mais de aceitação interior do que embelezamento exterior.

No enredo, Bianca (Mae Whitman) fica indignada ao descobrir por meio do vizinho amigo de infância e bonitão babaca do colégio Wesley (Robbie Amell) que é a D.U.F.F. das amigas Jess (Skyler Samuels) e Casey (Bianca A. Santos). D.U.F.F. significa Designated Ugly Fat Friend, algo como a amiga feia e gorda que é mais acessível do que as gostosonas, então os caras conversam com a D.U.F.F para conseguir pegar as amigas gatas. Mesmo que Jess e Casey não tenham culpa disso, Bianca resolve cortar relações com as meninas e pede conselhos a Wesley para deixar de ser D.U.F.F. e para conquistar o cara pelo qual é apaixonada.


Jess e Casey com sua DUFF Bianca

Bianca e Wesley

Mesmo que o relacionamento entre Bianca e Wesley não seja romântico, já que eles não suportam muito um ao outro, a ex do rapaz, Madison (Bella Thorne), a megera popular, não gosta nada disso e fará de tudo para que Bianca continue sendo a rainha dos D.U.F.F.s.

Além de toques modernos sobre smatphones, virais e compartilhamento de informações, o que mais agrada em D.U.F.F. é o elenco, principalmente Mae Whitman e Robbie Amell. Mae pode até não ser linda e maravilhosa (algo que o figurino contribuiu muito), mas está longe de ser feia e gorda. Seu carisma é tamanho que é impossível não amá-la logo de início. A atriz é extremamente competente e nos entrega uma Bianca maravilhosa. E a química com Robbie é muito divertida e nenhum pouco melosa ou com mimimis. Robbie não é tão bom ator quanto Bianca, mas sua simpatia e sorriso aberto conquistam qualquer um (Fora que é bem lindo, bem lindo mesmo). Ótimas escolhas do diretor, ainda mais porque temos uma ponta de Allison Janney, como mãe de Bianca, e Ken Jeong, como professor meio louco.

A rainha dos DUFFs

Lindo, beeeem lindo

Madison, a megera do bullying tecnologico

Com uma fotografia bacana, um figurino lindo, tiradas engraçadas, roteiro amarradinho e cativante e elenco competente, D.U.F.F. é diversão garantida e um filme perfeito para descansar a mente e dar umas risadas.

O longa foi baseado no livro de mesmo nome, de Kody Keplinger, que acabou de ser lançado no Brasil. Alguma dúvida de que eu quero ler?

Recomendo.

Teca Machado


11 comentários :

  1. esses filmes parecem meio que sempre a msm coisa pra mim, sei lá, mas é bom qd vc quer passar o tempo, assistir alguma coisa leve

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Podemos esperar uma comédia leve e divertida.
      Bom para quando é exatamente o que você procura.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  2. Adoro esse filme, acho muito engraçado! haha
    Gosto mais da cena que ela vai pra escola de pijama, tipo metendo o foda-se meesmo hahahaha
    Mas parece que tem o livro desse filme. Quero ler!!

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raissa, essa cena é realmente sensacional!
      Eu adorei, hahaha.
      E quando ela lambe a cara do Wesley?

      Beijooos

      Excluir
  3. Oi tecca!

    Eu não me importo nem um pouco com os clichês rsrsrsrs eu assisto mesmo, mas não vi ainda Duff, qualquer domingo desses eu vejo pra me divertir rsrsrss

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michele, eu também não me importo nenhum pouco.
      Sendo bem sincera, eu adoro!

      Beijooos

      Excluir
  4. Oi, Teca!

    D.U.F.F. foi baseado em um livro? Que ótimo! Não sabia e mesmo sem ter assistido ao filme, já quero lê-lo, haha.
    Vi que está disponível no Netflix, mas nem olhei direito... Gosto muito de comédias deste tipo, são tão divertidas e fofinhas, boas para passar o tempo e distrair.
    É ótimo saber que o roteiro fugiu um pouco dos clichês, isso me deixou ainda mais animada para assisti-lo.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, eu só fiquei sabendo quando acabou o filme, hehe.
      Mas mesmo assim quero ler.
      É exatamente esse tipo de livro. Você vai gostar!

      Beijooos

      Excluir
  5. Eu também quero ler, Teca! Vi que a Globo Alt lançou, mas só posso comprar novidades a partir de março/abril. Carteira fechada até lá! xD
    Fiquei interessada depois de ler Meu Romeu e Minha Julieta. Os títulos para o público jovem que a editora está lançando é muito interessante.

    Mas quero ver o filme também! Sou totalmente Hollywoodiana. Confesso sem culpa. Adoro essas histórias de sempre. E também adoro as diferentes. Hahahaha
    De qualquer forma, parece uma história divertida e quero conhecer também. :)

    Bjs!!

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu também confesso sem culpa total!
      Hahahaha.
      E quero muito ler Meu Romeu e Minha Julieta!
      Todo mundo fala tão bem e a resenha de vocês foi tão legal.

      Beijooos

      Excluir
  6. Adoro filmes levinhos e divertidos assim ^^
    Mesmo sendo clichê dá pra divertir um pouquinho e passar o tempo.
    Adorei a indicação!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir