quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

SOCORRO, ME TIREM DAQUI - Projeto Drama Queen #62 - Por Carol Daixum


Uma das minhas metas desse ano era fazer menos drama. Estava seguindo direitinho, gente! Quanto orgulho. Pensei em até sugerir para Teca um post dando um depoimento falando sobre como ser uma "ex" drama queen

Até que um belo dia, voltando da rua, entro no elevador do meu querido prédio e o que acontece? ELE RESOLVE PARAR! Mas vocês acham que eu desisti de ser uma pessoa centrada e nada escandalosa? Não, claro que não. Mantive a calma, respirei e fiz o que todo mundo faz nessas horas: aperta o alarme. Simples assim! Aí sabem aquela história de que quando a gente acha que não pode piorar, o pior acontece? 

O ALARME RESOLVEU NÃO FUNCIONAR!!!!! 


Sabe aquele barulhinho estérico que esse botão faz? Nem tchum! Para quê, né? Deixa a Carol aprender ser zen. Afinal, tem coisa bem pior, né? Do que ficar NUM CUBÍCULO SEM CONTATO COM O MUNDO EXTERNO!!! Aí como a gente age nessa situação?

(A) Respira fundo, pega o celular e começa a tirar foto no espelho.  
(B) Torce para o carinha que te salvar seja mega gato e, futuramente, você vai agradecer por ter ficado presa. Afinal, se não fosse por esse motivo não teria conhecido seu herói e, agora, marido.
(C) Senta no chão, começa a ler um livro e uma hora alguém vai perceber que você está lá. Sem pânico! 
(D) COMEÇA A SOCAR A PORTA DO ELEVADOR, GRITA "SOCORRO! ME TIRA DAQUI", TENTA ABRIR A PORTA COM TODA FORÇA DO MUNDO. GRITA MAIS UM POUCO, CHORA E FICA APERTANDO O BOTÃO DO ALARME ATÉ ELE SE TOCAR "QUEM MANDA AQUI". 

ACERTOU QUEM RESPONDEU A LETRA D

Realmente, você conhece essa drama queen que vos fala. Fiz tudo isso e nem liguei que tinha câmera no elevador. Aliás, nem passou isso na minha cabeça. FORAM OS DOIS MINUTOS MAIS TENSOS DA MINHA EXISTÊNCIA. Eis que de repente, a porta abriu. TENHO CERTEZA DE QUE EU ABRI COM A MINHA FORÇA. Aquela história de que a gente tira força que nem sabia que tinha nunca fez tanto sentido. Sai do elevador correndo, subi 11 andares de escada, morrendo (tenho asma), mas não ia entrar naquele cubículo (nem pelo príncipe Harry). Quando abri a porta da minha casa, senti que renasci.

Aí veio o dia seguinte. Entrei no elevador (outro, claro!!) e fui até o térreo rezando muito para o meu anjinho da guarda. Daí, parou em outro andar e um funcionário do prédio entrou e falou: "Ahhhh! Foi a senhora que ficou presa ontem? Dá um desespero, né? Eu também ia socar muito o elevador. Sensação horrível, né? Ainda bem que a câmera funciona! A gente te viu por lá." 

Ai meu Deus! O alarme não funciona e a câmera sim? Tudo bem que se não fosse por ela, os porteiros não teriam percebido que eu estava presa (depois eu soube que não foi a minha força que abriu a porta #fuén), mas agora sei que teve gente que assistiu de camarote todas as minhas tentativas frustradas de selfie e look do dia no elevador. DROGA!!!! Tudo bem que sou drama queen. Mas sou uma dramática tímida. MUITO TÍMIDA! Poxa, meu chilique foi num momento totalmente inesperado da minha vida. Em sã consciência jamais socaria o elevador daquele jeito. Agora fiquei conhecida como a "louca do elevador". Quer dizer, eu acho que sim... Bom, pelo menos a história que criei na minha cabecinha diz que sim. :( 

Mas fica a lição, né? Antes de entrar no elevador testar o alarme e, de FORMA ALGUMA, fazer caras e bocas na frente do espelho (e nem ajeitar o sutiã). Não quero correr o risco de ter plateia não. ;-)


*** 

Viu, gente. NÃO ADIANTA! Pode mudar a folhinha do calendário, que o "drama queen" está na veia. A gente tenta mudar, mas o universo não ajuda. Tudo indica que vou ajeitar muito a coroa esse ano (e a Teca também), mas tudo bem. Já estamos acostumadas mesmo, né? hahaha. ;p 

Vale lembrar que o Projeto Drama Queen é uma parceria entre os blogs Pequena Jornalista e Casos Acasos e Livros. Toda quinta-feira um post cheio de drama e com uma dose extra de exagero (tem muito exagero no post de hoje, apesar da história ser verdadeira em partes). Quer contar o seu draminha? Envie para a gente: projetodramaqueen@gmail.com.  

Um beijo, Carol (a louca do elevador).  

3 comentários :

  1. HAHAHAHAHAHA! Que tenso, Carol.
    Acho que eu também entraria em pânico.
    Elevador é super complicado. Eu trabalho em um prédio antigo então vira e mexe o elevador dá problema. Morro de medo porque trabalho no 10º andar e sou sedentária demais para subir tudo de escada. Hahahahaha
    Então eu vivo encarando o perigo! xD

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha.
      Você é corajosa!
      Acho que eu enfrentaria as escadas...
      Tenho mais medo de ficar presa do que dos degraus, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  2. Nossa.. imagino o desespero.. eu ia, no mínimo, socar a porta do elevador também. Eu acho... rs
    Mas ainda bem que você saiu dessa! haha
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir