quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Assassinato no Expresso Oriente – Poirot e seu admirável bigode


Depois de Sherlock Holmes, provavelmente o belga Hercule Poirot é o detetive mais famoso do mundo. Agatha Christie imortalizou o personagem em várias de suas obras e uma das mais aclamadas pelo público desde 1934, ano de lançamento, foi Assassinato no Expresso Oriente, que ganhou uma versão cinematográfica protagonizada e dirigida pelo excelente Kenneth Branagh (responsável por Cinderela, Thor e muitos outros). 


Leia a resenha sem preocupação. Não tem spoilers por aqui. :D

Apesar de já ter lido alguns livros da Agatha Christie, infelizmente Assassinato no Expresso Oriente não foi um deles, mas o lado bom é que eu me surpreendi com a história e com o seu final, que ouvi muita gente dizer ser genial, o que acabei concordando. Não é a toa que a autora é chamada até hoje de Rainha do Crime. Não posso dizer pela minha experiência pessoal, mas pelo que pesquisei o roteiro pouco alterou da história original.

Em Assassinato no Expresso Oriente, Poirot (Branagh) e seu característico bigode saem de férias depois de uma missão, mas seu descanso é interrompido com um chamado urgente de Londres. Então, ele pega uma cabine no trem Expresso Oriente para a capital inglesa. Só que uma nevasca que descarrilha o trem e um assassinato a bordo obrigam o grande detetive a buscar uma solução para o crime, até porque eles estão presos no meio da neve e o assassino pode atacar novamente. Todos são suspeitos e todos têm motivos – ou não – para cometer o delito e todas as convicções de Poirot são postas a prova.



Além de uma história incrível, grande força da produção está no elenco, que conta com nomes de peso como o próprio Branagh, Penélope Cruz, Josh Gad, Johnny Depp, Michelle Pfeiffer, Judi Dench, Willem Dafoe e Daisy Ridley. Pouco é mostrado de cada um e assim como o próprio Poirot o público tem apenas pedaços de informações e precisa resolver o caso junto ao detetive, com as peças se encaixando devagar.

Os olhos do diretor realmente fazem a diferença na hora de contar uma história aparentemente comum: um filme de detetive que vai solucionar um caso difícil. E Kenneth Branagh nos dá planos diferenciados, cortes na imagem, nos coloca junto aos personagens num apertado trem. Vemos tudo acontecer de cima, de lado, como espiões por trás de uma porta. Ao colocar o público junto a Poirot, como se fosse ele, dá um sentido de conexão muito maior com o personagem.



O visual de Assassinato no Expresso Oriente é muito bonito, seja nas tomadas que pegam o trem de longe passando no cenário invernal ou dentro do próprio trem. O figurino é lindíssimo – e eu sou suspeita para falar porque acho as roupas dos anos 1930 lindas! 

Dá para perceber no final que tudo foi bem pensado e nada está ali por acaso. A maneira de apresentar os personagens, os diálogos onde o que não é dito também fala, assim como toda moralidade de Poirot sendo colocada contra a parede. Para o personagem existe apenas o preto e o branco, o certo e o errado, nada no meio deve ser considerado porque perde-se o equilíbrio que o mundo tem. Mas suas convicções devem ser repensadas nesse caso tão difícil, talvez um dos mais complicados em sua carreira.


Assassinato no Expresso Oriente não é uma comédia, mas podemos rir um pouco também, porque Poirot é impagável, ainda mais com aquele bigodão. Ele tem uma pegada muito mais de thriller e drama, mas ainda assim consegue ser leve. 

E é ótimo saber que Poirot já está sendo encaminhado para o seu próximo caso, como fica muito claro ao final do longa. Afinal, mesmo que os livros sejam das décadas de 1930 e 1940, boas histórias nunca envelhecem. 

Recomendo bastante.

Teca Machado


2 comentários:

  1. E o filme, saiu? To mega desatualizada sobre ele haha! Já li o livro e realmente amei a leitura, é uma trama cheia de reviravoltas e nos deixa preso até o final querendo saber o que vai acontecer, a autora é ótima em sua escrita. Aliás, sua resenha conseguiu trazer essa essência e adorei!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  2. eu quero mt assistir esse filme! acho que li algumas coisas da agatha qd adolescente, mas nao lembro se exatamente esse, o filme tá com um elenco super legal e to bem curiosa!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir