sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Que Falta Você Me Faz - Resenha


Harlan Coben é um dos autores que mais aparecem por aqui. Já li tantos livros dele que nem sem quantos foram. E hoje trouxe a resenha de mais um: Que Falta Você Me Faz, publicado pela Editora Arqueiro.

Foto @casosacasoselivros

Pela capa e pelo título parece que o escritor saiu um pouco do seu gênero, o suspense policial, e foi para o romance. Mas não se deixe enganar. Essa é mais uma obra com a marca registrada de Coben, com reviravoltas, imprevistos e investigações. Que Falta Você Me Faz é um livro solo, apesar de fazer referência a Winston, personagem importante da série Myron Bolitar.

No enredo conhecemos Kat, uma policial de Nova York que há quase duas décadas perdeu os dois homens mais importantes da sua vida. O pai, também policial, foi assassinado, e Jeff, seu noivo, foi embora sem maiores explicações. Ele sumiu no mundo e não deixou nenhum rastro. Mas, quando uma amiga a inscreve num site de relacionamentos, ela vê o perfil de Jeff, mas com outro nome e passa a investigar. Paralelo a isso, um adolescente chamado Brandon procura Kat, acreditando que apenas ela pode ajuda-lo a encontrar sua mãe, que segundo ele está desaparecida e seu sumiço tem a ver com Jeff.

Como é comum nos livros de Coben, o passado influencia muito no presente do personagem e na sua percepção de mundo. Com Kat não seria diferente. Os dois acontecimentos traumáticos da sua vida foram de extrema importância para moldar sua personalidade e ditam muito das suas ações. A protagonista não chega a ser uma pessoa amargurada, mas tampouco é feliz. Vive de forma plácida e sem graça, um dia atrás do outro de forma a passar anos sem grandes emoções. Até que Brandon chega e dá um chacoalhão em Kat que a desperta. Ambos os personagens são muito bons, assim como o vilão, que não posso dizer quem é, mas quem ler o livro vai saber de quem estou falando.

As primeiras páginas são um tanto chatas, confesso. Não é um livro que começa frenético. Ele vai ganhando corpo aos poucos, o que é natural em livros policiais. O caso vai sendo montado com informações esporádicas. Não cai tudo no colo do leitor de uma só vez – até porque se fosse assim, qual seria a graça? Muitas vezes você fica se perguntando como todas as pontas serão amarradas. Mas não se preocupe: elas se amarram. Coben não é autor de deixar nada em aberto quando falamos de livros solos, como é o caso de Que Falta Você Me Faz. 

Esse é aquele tipo de leitura em que você mergulha. E sente raiva quando precisa pausar por algum motivo sem graça (tipo ir dormir!). O terço final da obra, principalmente, é extremamente interessante, até mesmo com cenas de tortura física e psicológica, extorsão, violência, perseguição e mais. Típico de Coben. Mas não é nada forte do tipo que vai assustar leitores mais sensíveis.

Uma discussão bacana que o livro traz são os perigos dos encontros virtuais. Claro que não é assim com tudo mundo, mas há inúmeros casos de golpes e problemas que surgem em sites de relacionamentos. E o autor levou isso a níveis altíssimos, com uma rede de crimes mirabolante, diga-se de passagem.

Que Falta Você Me Faz não é o meu livro preferido do escritor (se você está se perguntando qual, é Cilada e Não Conte a Ninguém), mas é muito bom, no nível dos seus melhores trabalhos, num enredo instigante e criativo.


Não é de se admirar que eu recomendo.

Teca Machado

4 comentários:

  1. Olá, Teca como vai? Harlan Coban é um escritor de mão cheia não é mesmo! Já li várias obras dele, inclusive esse que você resenhou, gostei da leitura. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Teca.
    Harlan Coben é muito bom.
    Já li dois livros, inclusive Não conte a ninguém, que é um dos seus favoritos.
    Ele tem um dom de manter o suspense e no caso desse livro, que parecia de romance ou drama pelo título, esse lance de desaparecimento e encontros virtuais deve ser bem interessante.
    Ótima indicação e bela resenha.
    Abraços.
    Diego || Visite Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  3. Oi Teca!
    Do Harlan só li há um tempinho atrás Desaparecido para sempre e gostei muito, mas não amei, e queria um dele pra amar, hahah. Acho q vai ser Não conte a ninguém, é o próximo dele q quero ler. Mas Que falta você me faz tbm está na minha listinha pra conferir futuramente!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. sempre quis ler alguma coisa desse autor, os livros parecem bem bacanas, adorei conhecer mais esse

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir