quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Dia Nacional do Livro


Você sabia que ontem, dia 29, foi o Dia Nacional do Livro?

E eu amo tanto essas histórias incríveis que decidi que tentaria levar para outras pessoas os sentimentos maravilhosos que tenho ao ler uma obra que mexe comigo.

Por isso me joguei no mundo da literatura e me tornei escritora, além de ser uma leitora compulsiva.

Já tenho publicado as comédias românticas I Love New York e Je T’aime, Paris, além do conto Conversas Literárias na antologia Blogueiras.com e o livro infantil A Revolução da Rapunzel, como parte do projeto A Revolução das Princesas, da Plan International.

Foto @casosacasoselivros



Estou produzindo Te Quiero, Madrid, terceiro livro da série de cidades, e um outro projeto que ainda não posso divulgar.

Conheça um pouco mais de cada um:

I Love New York

Alice cresceu apaixonada por Nova York. Mas sempre que tentava ir à Big Apple acontecia algo para atrapalhar seus planos. Quando um vídeo na internet fez com que ela virasse a piada de sua cidade e também do país, largou tudo e finalmente foi para Manhattan passar um tempo e tentar ser “esquecida por todos”. Estudando numa universidade americana, com novos amigos, um lindo namorado e um apartamento de cair o queixo, Alice pensou que tinha deixado o passado um tanto comprometedor para trás. Só que não foi bem assim que aconteceu. Ela não era mais anônima nem mesmo na nova cidade".

Je T’aime, Paris

Com um pai milionário encrencado com a Justiça e seus bens bloqueados, Ana Helena precisa aprender a viver com poucos recursos e decide se refugiar em Paris. Peraí! Como viver com pouco dinheiro em Paris? Não tem jeito! Arles acaba sendo a alternativa mais modesta. Mas a tranquilidade dessa pacata, porém charmosa, cidade do interior da França logo dá lugar a um turbilhão de acontecimentos envolvendo um novo amor, obras de arte importantes e homens tão ambiciosos que farão de tudo para colocar as mãos no que desejam.

A grande aventura leva Ana Helena de volta a Paris, com perseguições alucinadas, romance, estratégia, muita ação, drama e reviravoltas.

O que você faria para salvar um grande amor e alguns milhões de euros?

Blogueiras.com

Oito histórias. Oito protagonistas. Uma paixão em comum: blogar!
Nas páginas desse livro, você conhecerá oito garotas diferentes com um sonho em comum. Seja falando de livros, música, comportamento ou viagem, tudo o que elas querem é compartilhar interesses e fazer novos amigos. No caminho, contudo, elas descobrirão que a blogosfera tem muito mais a oferecer. Embarque com elas nessa aventura e viva o sonho intensamente. Bárbara, Amanda, Mafalda, Valentina, Lilia, Helena, Aline e Clara vão te surpreender.

A Revolução da Rapunzel

“Príncipes são sempre os heróis.” “Princesas nunca fazem nada, são frágeis e fracas.” Essas são frases de meninas e meninos na faixa dos sete anos e suas percepções refletem o que crescem ouvindo. Já era hora de atualizar essas histórias que pararam no tempo, trazendo uma perspectiva mais inclusiva para as crianças.

A convite da Plan International Brasil, escritoras e ilustradoras recriaram as histórias de Ariel, Bela Adormecida, Rapunzel e Cinderela com o objetivo de inspirar meninas a serem as heroínas de suas vidas. Nessas versões modernas, as princesas não são nada indefesas. São heroínas fortes e corajosas que montam em seus cavalos, lutam contra bruxas e dragões e salvam príncipes, que também precisam de ajuda. 

***



Se interessou por algum? Você pode comprar as versões digitais aqui ou as físicas comigo. É só dar um alô no meu instagram: @tecamachado e @casosacasoselivros.

Para comemorar o Dia Nacional do Livro, que tal me contar qual é o seu preferido ou aquele que te fez gostar de ler?

Teca Machado

4 comentários:

  1. Oi, Teca como vai? Muito bacana esse seu post. Eu li quase todos seus livros, exceto A Revolução de Rapunzel que presumo que seja muito bem escrito por você. Sobre sua pergunta ao final da postagem, sobre suas obras a que eu preferi foi Je T'Aime Paris. Sobre o livro que me fez me aventurar nessa fantástica fábrica de sonhos que é a literatura não me recordo qual foi, mas me recordo que eu comecei a ler primeiramente foi os gibis da Turma da Mônica que meu pai me deu. Posteriormente li os "clássicos" que o colégio me obrigava a ler, depois daí não parei mais. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do artigo de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui e te agradeço por compartilhar...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: dicasdaweb.net

    ResponderExcluir
  3. parabens por todas as suas publicações, tbm amo demais esse universo mágico que a leitura nos proporciona

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  4. Seu blog homenageá muito esse universo literário, sou apaixonada pelos infinitos sentimentos que um livro nos causa!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir