segunda-feira, 25 de maio de 2020

Dia da Toalha


Não entre em pânico!

Eu sei, anda difícil não surtar nos últimos meses, mas, como dia diria o Guia do Mochileiro das Galáxias, não entre em pânico.

Hoje, dia 25 de maio, é comemorado o Dia da Toalha, também conhecido como Dia do Orgulho Nerd.

Foto: @casosacasoselivros


Se trata de uma homenagem a Douglas Adams, autor da série O Guia dos Mochileiros das Galáxias. A toalha, segundo o livro, é um item indispensável para quem vai fazer uma viagem pelo espaço.

A saga, que conta com cinco livros, é muito doida, interessante e, como não poderia deixar de ser, nerd. Adams tem um humor irônico, cheio de questionamentos do sentido da vida (que, por falar nisso, é o número 42), nonsense e é considerada uma das obras de ficção científica mais influentes da literatura.

No primeiro livro conhecemos Arthur Dent, um terráqueo como nós, que escapa do planeta pouco antes de ele ser destruído porque estava no caminho de uma nova rodovia espacial. Ford Prefect, um alienígena que vivia disfarçado entre os humanos, é quem o ajuda a fugir e sobreviver. Então, eles se tornam mochileiros da galáxia e conhecem criaturas de todos os cantos do universo.

Como parte da comemoração do dia, trouxe algumas frases icônicas da série para vocês:

“O Universo, como já foi dito anteriormente, é um lugar desconcertantemente grande, um fato que, para continuar levando uma vida tranquila, a maioria das pessoas tende a ignorar.”

“O Guia do Mochileiro das Galáxias já substituiu a grande Enciclopédia Galáctica. Em primeiro lugar, é ligeiramente mais barato; em segundo lugar, traz na capa, em letras garrafais e amigáveis, a frase NÃO ENTRE EM PÂNICO.


“Existe uma teoria que diz que, se um dia alguém descobrir exatamente para que serve o Universo e porque ele está aqui, ele desaparecerá instantaneamente e será substituído por algo ainda mais estranho e inexplicável. Existe uma segunda teoria que diz que isso já aconteceu.”

“Quando vocês souberem qual é exatamente a pergunta, vocês saberão o que significa a resposta.”

“A história de todas as grandes civilizações galácticas tende a atravessar três fases distintas e identificáveis – as da sobrevivência, da interrogação e da sofisticação, também conhecidas como as fases do como, do porquê e do onde.”

“Eu posso não ter ido onde gostaria, mas acho que cheguei onde deveria.”

“Vamos pensar o impensável, vamos fazer o impossível. Vamos nos preparar para lidar com o próprio inefável, e ver se não podemos expressá-lo depois.”

“Apenas uma criança vê as coisas com perfeita clareza, porque não desenvolveu todos os filtros que nos impedem de ver as coisas que nós não esperamos ver.”



***

Quem aí já leu O Guia do Mochileiros das Galáxias? Ou pelo menos viu o filme de 2005 com Martin Freeman?

Você consegue encontrar os livros avulsos ou essa edição da Editora Arqueiro que conta com os cinco volumes da saga, publicados num livro único.

Teca Machado

4 comentários:

  1. Oi, Teca tudo bem? Sabe que eu não li este livro, apesar de ter muita curiosidade em ler essa obra. Presumo ser uma leitura cheia de questionamentos. Li outros livros de Douglas Adams e gostei. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi linda, li esse livro mês passado é muito bom mesmo.. super recomendo!

    Meu Blog: Apostando na Loteria

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li o livro e nem vi o filme, mas dizem mesmo que O Guia dos Mochileiros das Galáxias é incrível!
    Tenho até uma amiga que é tão fã da história que tatuou a frase "don't panic" no braço hehe.
    Adorei seu blog ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir