sexta-feira, 26 de julho de 2019

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar - Resenha


Depois de um livro tão pesado quanto Objetos Cortantes, da Gillian Flynn (resenha aqui), decidi que era o momento de ler algo mais leve. Então qual gênero? Um romance de época, é claro. Depois de três anos, tirei da estante Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, de Sarah MacLean, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. E essa foi uma ótima escolha.

Foto @casosacasoselivros

Na obra, conhecemos Calpúrnia Hartwell. Aos 28 anos é considerada uma solteirona. Apesar de ser filha de um conde e ter uma reputação imaculada, não atende aos padrões de beleza da Inglaterra de 1830, então sempre foi deixada de lado. Com o tempo se conformou com o papel que a sociedade lhe deu. Até que escuta dizerem que é uma mulher passiva e sem graça. Sem nada a perder, Callie decide listar tudo o que gostaria de fazer, já que passou da idade de encontrar um marido e a reputação não ter tanta importância mais. Para completar a lista ela conta com ajuda do marquês de Ralston, Gabriel, o seu objeto de adoração há 10 anos e um dos maiores libertinos de Londres. Em troca, Callie vai ajudá-lo a inserir sua meia-irmã na alta roda da aristocracia londrina. Mas, é claro, o acordo entre eles toma outro viés e eles descobrem que quebrar as regras juntos é muito mais divertido.

Apesar de ouvir muitos elogios à MacLean, ainda não havia lido nada da autora. E agora percebi que as pessoas têm razão. Ela é ótima! Sua escrita é envolvente e seus personagens altamente carismáticos, não só os protagonistas, mas também os secundários – dois dos quais têm livros focados neles. Capúrnia é maravilhosa. Apesar de no início não ter autoconfiança e deixar que as pessoas a diminuam, a cada regra que ignora e parte em suas aventuras, fica mais independente, poderosa e linda. Algo dentro de si muda e ela passa a brilhar. O leitor que já gostava dela, se apaixona pela sua nova versão. Assim como Gabriel. 


E por falar no marquês, que homem! É o tipo de mocinho de romance de época que nos faz suspirar. É um libertino com péssima reputação, mas na verdade não é tão ruim quanto as pessoas pensam, porque vive um trauma. E, apesar de sangue quente, é leal com aqueles que ama, ousado e muitíssimo bem-humorado (além de um sem-vergonha, no melhor sentido da palavra).

Um dos pontos mais interessante de Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar é que Callie passa por um processo de autodescoberta e de liberdade recém-adquirida e encantadora. Além disso, questiona privilégios masculinos e todos os itens da sua lista revertem a algo que só homens são autorizados a fazer, como beber uísque, fumar charuto e montar de pernas abertas. Callie é, no fim das contas, feminista e luta para viver intensamente, como acredita que o outro sexo faz.

A narrativa em terceira pessoa ora traz a visão de Callie, ora a de Gabriel. E Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar é divertido. As aventuras de Callie para poder riscar os itens da sua lista são super gostosos de acompanhar e nos deixam com um sorriso no rosto, torcendo para que ela consiga viver intensamente depois de tantos anos deixada nos cantos dos salões de baile.

Além disso, o livro é caliente. Callie e Gabriel vivem alguns momentos bem intensos. E o bacana é que MacLean não é pesa a mão. E apesar de as cenas eróticas poderem durar páginas, a autora faz de uma maneira sensual e que não fica cansativo. Fora que também não exagera na quantidade delas. 

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar é primeiro volume da trilogia Os Números do Amor. Os outros são Dez Formas de Fazer um Coração Derreter e Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir. Todos são livros independentes, mas é sempre bom ler na ordem.

Série Os Números do Amor


Recomento muito.

Teca Machado

5 comentários:

  1. Oi, Teca Como vai? Excelente sua resenha, apesar de eu não ter o hábito de ler esse gênero literário. Entretanto para quem gosta parece ser uma obra de elogios! Abraços!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Tecaaaa
    Eu amo demais esse livro, a Sarah é uma das minhas autoras favoritas e eu amei conhecer a Callie. Saudades da escrita dela.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito bom, Teca!
    Mas confesso que estou fugindo de séries/trilogias por não ter tempo de acompanhar.
    Dá pra ler esse livro sem precisar da continuação? haha

    https://naoseavexe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Já vi várias resenhas boas sobre esse livro mas nunca li
    Parabéns pela resenha
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Teca!
    Já tem um tempão que quero ler esse livro e conhecer a escrita da Sarah, mas ainda não consegui adquiri-lo!
    Tem tudo pra eu gostar da história e dos personagens! 😍
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir