sexta-feira, 6 de março de 2020

O Príncipe dos Canalhas - Resenha


Quem é fã de romance de época e lê bastante o gênero, depois de um tempo e de muitos livros lidos começa a ver bastante similaridades entre as histórias. E mesmo que muitos dos fatos sejam parecidos e várias vezes encontremos clichês, continuamos amando. Mas não nego que é uma delícia infinita quando damos de cara com uma obra mais diferente, com um enredo inovador. E foi assim no caso de O Príncipe dos Canalhas, da Loretta Chase, publicado pela Editora Arqueiro.

Foto @casosacasoselivros

Já tinha visto inúmeras – inúmeras mesmo – resenhas positivas sobre o livro. E isso é bom ao mesmo tempo que é ruim. No que as expectativas vão lá em cima, muitas vezes não são superadas. Só que nesse caso foi. Encontrei uma leitura típica do gênero ao mesmo tempo que é divertida, emocionante, diferente, com personagens inovadores, bastante irônica e mesmo debochada. Me prendeu do início ao fim e eu simplesmente não conseguia parar de ler.

Sebastian Ballister, o marquês de Dain, é mais conhecido como lorde Belzebu. E gosta desse título. Depois de ter uma relação muito conflituosa com os pais e sofrer no colégio interno, ele se tornou o perfeito dos canalhas. Decidiu que por ser tão feio, uma mistura de ingleses com italianos, e com o diabo no corpo, segundo sempre disseram a ele, viveria de acordo. É inclusive o líder de um bando de libertinos e depravados que vive em Paris. Um deles é Bertie Trent, um tanto imbecil e que está jogando o nome da sua família no buraco. Mas sua irmã Jessica vai ao resgate para a todo custo tirar Bertie das garras de Dain. Diferente de outras damas que conheceu, Dain percebe que Jessica não se escandaliza com facilidade, não tem intenção de se casar, é inteligente e quer viver pelos seus próprios meios. Ele, que sempre se interessou só por prostitutas, percebe que está sem querer se entregando a uma mulher de sociedade, algo que ele sempre abominou.

Loretta Chase
Apesar da sinopse, O Príncipe dos Canalhas não é um livro sobre uma moça virginal que muda o coração de um cafajeste e o faz se apaixonar por ela. A relação deles é muito mais do que isso e é maravilhoso acompanhar como ambos vão derrubando os muros ao redor dos seus sentimentos, se conhecendo, brigando a ponto de quase se matar e se gostando. Dain é irritante e cabeça dura, mas a sua dor é compreensível. O abandono da mãe, a relação terrível com o pai, o preconceito contra a sua aparência fora dos padrões ingleses, a falta de carinho e amor pela qual passou a vida inteira. Ele é terrível e um canalha arrogante, mas que esconde inseguranças num nível muito profundo e tristezas em igual medida.

E Jessica é maravilhosa. Ela é diferente das outras mocinhas que já vimos. Claro que muitas delas são “rebeldes” e não querem seguir as regras impostas pela sociedade de 1830. Mas ela é realmente a frente do seu tempo e de forma muito natural. Perdeu os pais muito nova, aprendeu a se virar e vive com a avó que é tão doida quanto ela. É uma personagem cativante, irônica e de bom coração. 

E essa é uma das melhores qualidades de Loretta Chase como escritora. Além de romances de época que tem um cenário social diferente, criatividade com uma década já explorada por muitos autores, ela cria personagens maravilhosos. Cheinhos de defeitos, mas totalmente relacionáveis com o leitor. Dificílimo não os amar, ao mesmo tempo que queremos dar uma sacudida bem dada em cada um. Foi assim também com a sua outra série que li, As Modistas, que é excelente do começo ao fim.

E no fim das contas, um dos pontos mais positivos de O Príncipe dos Canalhas é mostrar que no fundo maior desejo de todos é ser amado, mesmo que seja algo que não externamos para o mundo. Além disso, fala que mesmo aqueles que são os mais terríveis (sim, Dain, estou falando de você) merecem uma chance e que alguém os veja por quem realmente são.

O Príncipe dos Canalhas faz parte da série Canalhas, que formam quatro livros independentes e um conto que podem ser lidos fora de ordem. Tanto que a Editora Arqueiro lançou o terceiro e o quarto, mas ainda não o primeiro e o segundo. Os volumes são:

1- The Lion's Daughter - Esme Brentmor e Varian St. George (Lord Edenmont)
2- Captives Of The Night - Leila Beaumont e Ismal Devina (Conde D’Esmond)
3- O Príncipe dos Canalhas (Lord of Scoundrels) - Jessica Trent e Sebastian Ballister (Marquês de Dain)
3.5- The Mad Earl's Bride - Gwendolyn Adams e Dorian Camoys (Conde de Rawnsley)
4- O Último dos Canalhas (The Last Hellion) - Lydia Grenville e Vere Mallory (Duque de Ainswood)


O Príncipe dos Canalhas foi uma leitura ótima e que se tornou um dos meus preferidos do gênero. Recomendo muito.

Teca Machado

8 comentários:

  1. Oii Teca, tudo bem?
    Não costumo ler romances de época, todos os que li não consegui finalizar, infelizmente. Mas é uma boa pedida para quem gosta de livros mais leves e românticos, certamente. Que bom que você curtiu a leitura, amei conferir as suas impressões!!
    Beijos
    Três de Dezembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria!
      Que pena!
      Eu gosto muito do gênero, mas ele pode ser bem igual às vezes, hehe.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  2. Oi, Teca como vai? Que bom que a leitura do livro lhe agradou. Para quem curte o gênero, presumo que seja uma leitura prazerosa. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Teca. Eu amo romances de época, mesmo quando viram clichês! A gente ama um clichê, né? Mas quando tem mais personalidade, digamos assim, aí que a gente se apaixona hahaha. Nunca li nada da autora e não sabia que eram livros independentes. Bom saber! Porque, às vezes, ler a série direitinho dá uma pequena preguiça, mas só às vezes. A ansiedade toma conta hahaha. Enfim, dica mega anotada! E tenho uma leve impressão de que vou morrer de amores por Sebastian. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Ah, esse é um dos melhores do gênero.
      Acho que você pode gostar.
      O Dain é malvadão, mas é bonzinho, haha.

      Beijooos

      Excluir
  4. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

    Meu Blog: Loterias

    ResponderExcluir