sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Meu Sócio Me Odeia - Resenha


Lá em 2017 fiz aqui a resenha de Minha Chefe Me Odeia, romance nacional da Olivia Molinari, amiga minha. No ano passado ela lançou a parte 2, chamada Meu Sócio Me Odeia, mas como eu estava no meio do Desafio 1 Ano Sem Comprar Livros, só pude ler mês passado. Estava morrendo de ansiedade, porque ela nos deixou com um cliffhanger absurdo no livro 1, e agora pude me aventurar mais uma vez no romance de Edward e Elizabeth.

Foto @casosacasoselivros

Se você não leu Minha Chefe Me Odeia, o próximo parágrafo pode conter spoilers (mas pode ler o resto da resenha sem problema nenhum):

Depois que Edward e Elizabeth terminam de um jeito abrupto e sofrido, o inglês volta despedaçado para casa e para as atribuições de membro da Família Real britânica. Enquanto isso, a CEO da Adams Corporation vive seu inferno pessoal. Seu noivo a chantageia a todo instante e nem mesmo os negócios, que antes a faziam tão feliz, conseguem alegrá-la. A verdade é que ambos estão quebrados por dentro. Até que uma reunião em Londres vai mudar o destino do casal, que precisa deixar de lado todas as mágoas e mentiras do passado para seguir em frente e fugir das ameaças de Michael.

Meu Sócio Me Odeia é intenso, cheio de reviravoltas e muitas emoções. A trama é envolvente e, apesar do livro não ser curtinho, a leitura é rápida, tão imerso você fica na história. E é aquele tipo de livro que te faz sentir amor, ódio, compaixão e muitos outros sentimentos por quase todos os personagens. Foi um desfecho bacana, ainda que de certo modo clichê (mas a gente ama clichês!), e que foi coerente com todo o enredo.

Olívia Molinari (Arquivo pessoal)
Elizabeth mudou muito de um livro para o outro. E isso é bom, mostra um desenvolvimento da personagem, que não fica parada no tempo. Ela já não é mais aquela mulher altiva e arrogante, mas muito mais doce, ainda que extremamente triste. Edward, assim como Elizabeth, mudou. Amadureceu e se tornou um homem. Não é nem de perto o garoto que era assistente da “megera”, mas o bom humor continua o mesmo. 

Dos secundários, continuamos com aquele amor profundo por Anthony - nosso alívio cômico preferido -, ódio eterno por Michael (agora mais ainda!) e conhecemos outros personagens ótimos, como Serena, amiga de Edward, e Becky, a sua irmãzinha que é uma fofa!

Pude notar uma evolução muito grande na escrita da Olívia e a senti mais madura e já com as “manhas” e confiança. E o que me incomodava no primeiro livro - uso de muitas expressões brasileiras na boca de personagens estrangeiros -, já não está mais lá, então sou só elogios.

E, como é de praxe, o que a autora fez? Nos deixou um cliffhanger absurdo mais uma vez. Ah, dona Olívia, por que faz isso com a gente? A história de Edward e Elizabeth parece ter chegado ao fim e agora teremos um livro do Anthony. Oba. Mal posso esperar.

Os livros da Olívia Molinari estão na Amazon e você pode lê-los comprando individualmente ou de forma gratuita se tem o Kindle Unlimited. Os títulos são:




Recomendo.

Teca Machado

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Teca como vai? Que resenha bacana! Eu não conhecia o livro e nem autora, mas fiquei curioso com a trama e ao ler sua resenha pude constatar que eu irei gostar da leitura. Vou na Amazon adquirir meus exemplares, embora seja e-book não deixa de ser um exemplar não é mesmo! É tão bom não é quando vemos evolução de um livro para o outro, principalmente quando são escritores(as) nacional. Eu particularmente já li muitas obras nacionais de escritores brasileiros, inclusive a sua que superam os escritores estrangeiros tanto na trama, como na escrita. Um forte abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir