segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

P.S. Ainda Amo Você – Sequência de Para Todos Os Garotos Que Já Amei: Crítica do filme


Impossível ler/assistir P.S. Ainda Amo Você, segundo livro/filme da trilogia Para Todos Os Garotos Que Já Amei e não ficar dividido entre Peter K. e John Ambrose. Sei que eu fiquei no livro e fiquei mais uma vez no filme da Netflix, que está no catálogo desde o último dia 12 de fevereiro. A produção, do diretor Michael Fimognari, é fofa. Mas só isso. Perdeu um pouco da doçura e encanto do primeiro filme e foi muito apressada em relação ao clímax.


Em Para Todos Os Garotos Que Já Amei, Lara Jean (Lana Condor), uma romântica inveterada, viu sua vida virar de ponta cabeça quando sua irmã Kitty (Anna Cathcart) envia as cartas de amor que escreveu anos antes para cinco garotos para quem foi apaixonada. Agora em P.S. Ainda Amo Você, Lara Jean está feliz e namorando com Peter K. (Noah Centineo), mas o último garoto a quem escreveu responde: John Ambrose (Jordan Fisher). Insegura sobre o seu relacionamento com Peter, de quem é tão diferente, e reencontrando um amor de infância que tem gostos tão parecidos com os seus, a garota vive um triângulo amoroso.

Quem leu o livro percebe o quanto o filme perdeu em relação ao original. Além de ser diferente em vários aspectos – a começar com o reencontro de Lara Jean e John Ambrose. A obra de Jenny Han P.S. Ainda Amo Você mantém a mesma fofice de Para Todos Os Garotos Que Já Amei e amarra bem todos os acontecimentos. O filme, infelizmente, foi inferior ao anterior e ao livro. O roteiro correu muito e ficou difícil se conectar até mesmo com Lara Jean, que parece mais inocente e insegura que o normal. Peter K. não age tão babaca quanto no livro, apesar de aparentar indiferença em vários momentos e a briga do casal parece boba e apenas uma desculpa para que Lara Jean possa se interessar por outra pessoa. A relação dela com John Ambrose que é tão linda no livro perdeu muito, assim como a amizade com Stormy (Holland Taylor). A percepção da protagonista de sobre quem é o seu grande amor é apressada e sem tanta reflexão. Até mesmo a narrativa do pai dela (John Corbett) se apaixonando pela vizinha (Sarayu Blue) foi apressada e perdeu o charme.




Talvez por o roteiro ter apostado mais em querer fazer humor, no estilo comédia romântica clichê, tirou o foco do que realmente importava: as relações de Lara Jean com aqueles à sua volta. Kitty continua o alívio cômico dos filmes e é sempre uma delícia/irritação quando aparece. A gente tem vontade de matar, ao mesmo tempo que quer cuidar dessa criatura.

O elenco é um ponto muito positivo nessa franquia. Lana Condor é a perfeita Lara Jean, assim como Noah Centineo é a personificação de Peter K. Só acho que com o tempo que passou do primeiro filme Noah ficou com cara de homem já, enquanto Lana continua parecendo uma adolescente. Minha mãe estava ao meu lado enquanto eu assistia e disse que ela parecia uma criança. A excelente adição ao grupo foi Jordan Fisher. No primeiro filme teve uma cena pós-créditos em que John Ambrose aparecia e era um ator loiro com cara de almofadinha bom moço (e pelo livro era como eu imaginava o personagem), mas que bom que mudaram para Jordan Fisher. Juro que quando ele sorri a gente sorri junto. Carismático, lindo e educado, dá para entender o motivo de Lara Jean ter ficado tão dividida.



Esse foi o primeiro longa de Michael Fimognari como diretor. E talvez seja por isso que o filme perdeu em relação ao primeiro. Ele é conhecido no meio cinematográfico por ser diretor de fotografia, inclusive foi o responsável por esse filme, pelo anterior e por produções como Dr. Sono, A Maldição da Residência Hill, Antes Que Eu Vá e outros. É engraçado olhar a lista do que já fez e perceber que trabalhou na fotografia majoritariamente de produções de terror, mas ter esse olhar doce que Para Todos Os Garotos Que Já Amei pede. E disso não podemos reclamar: P.S. Ainda Amo Você continua visualmente lindo.


Recomendo o filme para quem assistiu ao primeiro e para aqueles que gostam de comédias românticas adolescentes.

Teca Machado


14 comentários:

  1. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Porque sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

    Meu Blog: Resultado Loterias

    ResponderExcluir
  2. Oi, Teca como vai? Este filme me parece ser bom de ser visto, embora eu não tenha o hábito costumeiro de assistir a filmes, preferindo os livros, este longa metragem parece valer a pena. O livro muito me agradou quando o li, agora resta-me assistir ao filme e tirar minhas conclusões sobre ele. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano!
      Ele é bonitinho, mas o livro é bem melhor, como sempre acontece.
      Se você leu o livro, vale a pena assistir.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu amo a trilogia, li todos os livros e gosto muito dos filmes. Eu achei que o filme foi bem corrido e nesse filme o Peter K não me fez passar tanta raiva como fez no livro. Realmente, o livro é bem mais amarrado que o filme. E nele nós temos muito mais da Stormy que no filme. Que é uma personagem incrível. E tem muitas outras coisas que eu queria falar, mas seria muito spoiler caso alguém não tenha lido kkkk
    Ainda assim, é um filme maravilhoso, eu amei demais.
    Beijos
    Apaixonada por Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lara!
      Realmente, eu fiquei com pouca raiva do Peter no filme, pq no livro eu queria simplesmente MATAR, hahahahaha.
      E que falta fez a Stormy no filme!

      Beijooos

      Excluir
  4. Deve ser muito legal a história, ainda não li a obra e nem vi o filme.

    Pode fazer uma gentileza, respondendo a minha PESQUISA DE PÚBLICO do blog?
    Obrigada!

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  5. Oi, Teca
    Eu adoro essa trilogia, e é um dos meus livros YAs preferidos. Eu gostei do filme, achei leve e divertido, mas concordo que o roteiro foi rápido e que nada teve grande aprofundamento. Eu senti muita raiva da Lara nesse livro, achei que ela trouxe muitas inseguranças pro relacionamento desnecessariamente, mas mesmo assim é um dos meus preferidos.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mika!
      Essa trilogia é muito amorzinho, né?
      Como não amar (apesar de toda raiva que sentimos da Lara Jean e do Peter, haha).
      Só não li o último, acredito? Preciso urgente!

      Beijooos

      Excluir
  6. Eu assisti e me diverti, mas realmente perdeu um pouco em relação ao primeiro. Quero ler os livros para ver a diferença na história.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Monique!
      Até que o primeiro não é tão diferente do livro, mas esses segundo é bastante.
      Leia, você vai gostar.
      É muito bonitinho.

      Beijooos

      Excluir
  7. Oi Teca!
    Eu prefiro os livros, hahah. Mas o primeiro filme foi muuuito bom e teve seu encanto, coisa que esse segundo filme, apesar de continuar fofo, deixou a desejar. Tbm achei corrido e com falta de profundidade.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Ah, a gente sempre prefere, né?
      Sim, o primeiro filme foi MUITO fofo, pena que esse segundo perdeu um pouco do encanto.
      Agora é esperar o terceiro.

      Beijooos

      Excluir