quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Quem, afinal, é a pessoa certa? - Ame O Que É Seu

Uma das maiores qualidades da autora Emily Giffin, para mim, é conseguir escrever sobre situações normais e cotidianas, do tipo “isso poderia acontecer comigo”, e não deixar chato, maçante ou moralista. Mesmo sendo sobre fatos comuns, ela não fala com o leitor de maneira comum. Sempre dá o seu toque diferencial sem deixar a história irreal. Eu tive essa sensação com o livro Questões do Coração (Comentei aqui) e agora com Ame O Que É Seu, que li semana passada.


Na obra, Ellie é uma recém-casada feliz. Tem um apartamento lindo, vive em Nova York, conseguiu uma carreira de sucesso, sua cunhada é sua melhor amiga desde a faculdade e o marido Andy, que ela ama de paixão, é quase o homem perfeito: faz de tudo e mais um pouco para fazê-la feliz. Até que um dia, exatamente 100 dias após o seu casamento, num cruzamento qualquer de Manhattan, em plena chuva, ela esbarra com Leo, seu ex-namorado por quem era loucamente apaixonada e que lhe deu o fora anos antes.

Um simples encontro orquestrado pelo acaso, transforma a cabeça e o mundo de Ellie. Por mais que ame Andy, seu coração (E seu corpo) ainda sente algo por Leo, já que eles não tiveram um ponto final definitivo. Ellie perde o rumo e coloca em xeque todas as decisões amorosas e de relacionamentos da sua vida.

Será que Andy é mesmo o homem certo para ela? Será que Leo é o amor da sua vida? Será que o seu casamento é perfeito mesmo? Será que ela apenas de acomodou com Andy ou invés de amá-lo verdadeiramente? Essas dúvidas e muitas outras passam pela cabeça de Ellie. E passariam pela sua cabeça também se acontecesse com você. 

Essa é outra capa. Acho que aquela primeira é de uma edição anterior

Ellie foi uma personagem bem construída pela autora, é bem humana. Acerta, erra, tem pensamentos horríveis e também alguns muito bons. O leitor fica com raiva dela em alguns momentos. Como que ela pode pensar em deixar seu lindo e doce marido por um cara que partiu seu coração em 23746503 pedaços? Mas ao mesmo tempo que a odeia e critica, o leitor se identifica, pois os sentimentos de Ellie são tão bem explicados e reais que é impossível não sentir empatia por ela. Mas, confesso, fiquei o tempo todo apreensiva pela decisão que ela precisava tomar. Eu, óbvio, estava torcendo pelo Andy.

Os outros personagens do livro também foram bem construídos, principalmente Andy, Leo, Margot, irmã de Andy e melhor amiga de Ellie, e Suzanne, irmã da protagonista. Apesar de conhecermos só os pensamentos de Ellie, as suas observações sobre os outros são bem incisivas. Todos têm seu lado bom, seu lado ruim, fraquezas e influenciam a vida de Ellie de alguma maneira.

Ame O Que É Seu é escrito em ordem cronológica, começando com o encontro de Ellie e Leo no cruzamento, mas é recheado de flashbacks do passado para mostrar como foi a vida da protagonista desde a infância difícil com a morte da mãe até os seus primeiros dias de casada.

Emily Giffin. Acho ela tão bonita!

A obra não é só sobre amor e relacionamentos. É também sobre amizade, irmandade, decisões difíceis e sobre luto, pois constantemente Ellie fala sobre o falecimento prematuro da sua mãe e como isso influenciou no seu caráter e da sua irmã.

Uma leitura leve, por vezes intensa, e completa sobre o drama do coração que vive rodeando a humanidade desde os tempos mais antigos: Quem é a pessoa certa para a sua vida?

Recomendo.

Teca Machado

P.S.: Obrigada por me emprestar o livro, Marcinha! Adorei! ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário