segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Sea Prayer – Novo livro ilustrado de Khaled Hosseini


Não sei vocês, mas se tem alguém que já me fez chorar nessa vida é o Khaled Hosseini. Chorei várias vezes com O Caçador de Pipas (apesar de ter detestado o final), chorei algumas vezes com O Silêncio das Montanhas e me desidratei de tanto chorar com A Cidade do Sol. E eu nem li o novo livro dele ainda, mas já sei que esse homem vai me fazer – adivinhem! - chorar de novo.

Housseini lançou há menos de 10 dias Sea Prayer, seu primeiro livro ilustrado. Ele é inspirado naquela tristíssima foto de 2015 do garoto sírio que morreu afogado no Mar Mediterrâneo enquanto sua família refugiada tentava escapar do país. Segundo o autor, esse é uma obra como se fosse o ponto de vista do pai do garoto. 


Sea Prayer foi escrito em formato de carta. Trata-se de um diálogo entre pai e filho às vésperas de uma jornada importante, de vida ou morte. Housseini comentou ao New York Times que ele começou a escrever e a história, assim como a voz dos personagens, simplesmente surgiu de forma simples e, ele espera, melódica.

Quem ilustrou o livro foi o artista Dan Willians. Ele usou principalmente aquarela para evocar um sentimento universal de compaixão e sensibilidade. Ele brinca muito com a luz, que segundo ele é um elemento importante da obra, porque traz esperança. Pouco foi divulgado do lado de dentro de Sea Prayer, mas pela capa podemos ver que é lindíssimo.


Já quero chorar com essa imagem.

Hosseini disse que ele escreveu o livro não apenas para manter viva a memória de Alan Kurdi, o garotinho sírio, mas também para fazer um tributo aos milhares de refugiados que perderam suas vidas no mar. “Que isso seja um lembrete do enorme desespero que força as pessoas a arriscar tudo o que têm”. 

O dinheiro arrecadado com a venda do livro será revertido para a Agência das Nações Unidas para os Refugiados e à Fundação Khaled Hosseini. A ideia é financiar os esforços de socorro aos refugiados em todo o mundo.

"Tudo o que eu posso fazer é orar"

A Globo Livros já comprou os direitos de publicação de Sea Prayer, mas ainda não há notícia do título em português e nem da data de publicação. Só se sabe que ele terá uma edição especial colorida e de capa dura.

Preparados para chorar?

Teca Machado



8 comentários:

  1. Oi, Teca
    Eu não fazia a menor ideia de quem era o autor, acredita? Nunca li nada dele mas já vi que esse livro vai mexer com as nossas estribeiras. Achei lindas as ilustrações e quero conhecer sua narrativa.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura?
      Bom, ele anda meio sumido, mas na época de O Caçador de Pipas e Cidade do Sol só se falava nele.

      Beijooos

      Excluir
  2. Oiii Teca

    Só do dinheiro ser arrecado para uma causa tão nobre já vale super a pena. Tb chorei igual criança com O Caçador de Pipas, é duro demais, brutal demais e eu tb detestei aquele final. Já assistiu a adaptação? Tb é de chorar de triste.
    Sea Prayer vai pra lista, só essa imagem do pai e do bebê já emociona mesmo.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!
      Siiiim!
      Lindo, né?
      Aff, aquele final é de matar de ódio.
      Sea Prayer com certeza vai para a lista, mas já estou me preparando psicologicamente para chorar, haha.

      Beijooos

      Excluir
  3. Oi, Teca!

    Nossa, que demais! As ilustrações são lindas e caprichadas, e a história então é de apertar o coração.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, meu coração já está doendo só de pensar já!

      Beijooos

      Excluir
  4. nossa que coisa mais linda! essa historia ja é super emocionante por si só, com essa delicadeza e sensibilidade na hora de ilustrar achei ainda mais lindo!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, vai juntar emoção demais em uma coisa só!

      Beijooos

      Excluir