quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Esperando Por Doggo – Quem vê a cara do cachorro, não vê o coração


Livros sobre cachorro geralmente são bem tristes, por isso algumas pessoas até se mantém afastadas do gênero, mas garanto que Esperando Por Doggo, de Mark B. Mills, que recebi em parceria com a Editora Novo Conceito, passa longe disso. A obra é divertida, irônica, leve e muito fofa, o que na primeira página já nos conquista e nos faz acreditar que essa será uma leitura para esquentar o coração.

Livro cedido pela Editora Novo Conceito

Em Esperando Por Doggo conhecemos Daniel. Logo no começo ele já passa por um baque: Sua namorada, com quem morava junto, foi embora. Sem nenhum aviso, ela simplesmente juntou suas coisas, escreveu uma carta, pegou um avião e se mandou para algum lugar que não disse onde era. Daniel já não estava feliz por estar desempregado e agora isso acontece. Para piorar, Clara, a ex, deixou para trás um cachorro que ela adotou semanas antes e com quem Daniel não tem nenhum tipo de relacionamento ou amor. O cãozinho, que está longe de concursos de beleza, está há tão pouco tempo com eles que nem nome direito tem, simplesmente o chamam de Doggo (que acredito ser um apelido com relação a Dog).

Clara aconselha Daniel a devolver Doggo para o abrigo, mas ele muda de ideia. E a partir daí o seu dia a dia muda, pois passa a incluir o cachorro em sua rotina, o que altera a sua maneira de enxergar o mundo e de ser enxergado. Doggo ensina muito para Daniel e acredito que o contrário também acontece, já que a amizade entre eles floresce pouco a pouco e ambos se adaptam um ao outro.

Mark B. Mills
Esperando Por Doggo é um livro otimista, divertido e cheio de diálogos rápidos e recheados de ironia. Os personagens são simples e cativantes, principalmente Daniel e Doggo. O cachorro não fala, óbvio, mas ele conversa com seu amigo e com as outras pessoas ao redor por meio de olhares, gestos e ações, o que faz com que o leitor saiba exatamente o que ele está sentindo ou querendo dizer. Outra personagem importante e que nos faz gostar dela é Edie, dupla criativa de Daniel no novo emprego numa agência de publicidade. Espirituosa, um tanto ousada e divertida, a garota é um ótimo acréscimo na história.

Daniel é o protagonista, assim como Doggo, mas nem por isso eles são os mocinhos incríveis perfeitos. Pelo contrário, são cheios de defeitos, além de qualidades, o que os torna humanos e nos fazem identificar com eles. Eles têm seus momentos de raiva, de tristeza, de vingança, de dúvida, de insegurança, mas nem por isso deixam de ser mais incríveis.

Narrado em primeira pessoa, temos o ponto de vista de Daniel sobre o mundo. Mesmo que ele esteja passando por um momento difícil, o bom humor nunca o abandona e esse é um dos pontos que deixa a leitura ainda mais gostosa. Com ele aprendemos a rir de nós mesmos e a enfrentar o mundo com outra atitude.

Além da mensagem de que amar um cachorro pode mudar a sua vida, Esperando por Doggo tem como lição que a beleza está nos olhos de quem vê. Doggo é feinho, muito feinho, mas tem um coração e um amor incrível que poderiam ter sido deixados de lado se as pessoas não o quisessem baseadas na sua aparência.

Esperando Por Doggo é um livro que me fez sorrir o tempo todo durante a leitura.

Recomendo bastante.

Teca Machado


11 comentários :

  1. Olá!

    Quero muito ler esse livro! Ainda mais por ter um cachorro protagonista e porque os personagens são gente como a gente, as situações podem acontecer com qualquer um de nós. E sem falar que é linda a capa!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamila, é exatamente isso que você falou.
      Eu também achei essa capa tão linda, tão simples.
      O livro todo é lindo e simples. Como não amar?

      Beijooos

      Excluir
  2. ai amei! eu ainda nao conhecia esse livro, mas parece msm incrivel! eu adoro historias com cachorros

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lívia, esse é um dos melhores de cachorros que eu já li.
      É muito muito amoooooooor!
      Mesmo quem não gosta do tema vai se apaixonar.

      Beijooos

      Excluir
  3. Ah, Teca, que coisa mais cuticuti!
    Eu adoro todo tipo de livros de cachorros, seja triste, seja feliz, seja otimista.
    E esse parece uma graça! Tenho uma queda por cachorrinhos feios e que ninguém gosta. Meu coração é mole, então já gostei do Doggo. Vou chamar ele de Dogginho, kkkk.

    Beijos, Lud Arantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luuuuuuud
      Sei bem que você gosta de cachorrinhos feios, haha, já conheci vários seus.
      Sei que você vai amar esse livro.
      Corre para a livraria!

      Beijooos

      Excluir
  4. Ai, que resenha mais fofa, Teca!
    De derreter os corações mais frios.

    Cachorros são considerados os melhores amigos do homem porque são incríveis mesmo.
    Hoje a minha já está velhinha e estamos gastando loucamente com remédios para que ela continue aqui por mais alguns anos pelo menos. Rsrs
    A gente pega amor pelo animal e aí já era. Não tem como abandonar, devolver ou deixar sofrendo.

    Usar um cachorro feio é ótimo porque quantas pessoas só analisam a beleza, não é mesmo?! Não só em relação aos animais, mas com relação à tudo.

    O livro deve ser muito interessante de fato. Vou ficar de olho nele e nos valores do momento. ;)

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caroooool
      A gente se apega e apaixona, né?
      Depois chooooooora até quando morrerm :(
      Esse livro derrete até os corações de pedra de tããããão amor que é.
      Sei que você vai adorar.

      Beijooos

      Excluir
  5. Tecaaaaaaaaa
    Que lindezinha fofa!
    Desde Marley & Eu, que amei, estou meio traumatizada, com medo de ler outro livro de cachorro que morre, mas como você falou que esse é feliz, acho que posso tentar vencer meu trauma, huahua.
    Parece muito amor esse livro. Vou anotar na wishlist.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não ficar traumatizada com Marley & Eu?
      Sei que eu fiquei, hahaha.
      Mas Esperando Por Doggo é muito feliz e fofo.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  6. Adoro livros de animais.. mesmo os tristes.. eles sempre nos ensinam tanto... ^^
    Com certeza esse vai pra minha wishlist!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir