quinta-feira, 7 de abril de 2016

A barata ousada: Uma história de terror – Projeto Drama Queen #73


Essa é uma história de terror envolvendo uma barata. Se você não tem estômago para isso, não leia.

MUAHAHAHAHA (Isso é uma risada maléfica, caso vocês não saibam)


Lá estava eu, toda feliz e saltitante no meu ritual pré-dormir. Tomei banho, escovei os dentes, lavei o rosto, passei creme para cuidar da pele, coloquei aquele pijaminha macio, liguei o abajur, apaguei a luz, peguei meu livro e me deitei com o ar-condicionado gelando.

Ah, delícia!

Mal sabia eu que o horror em breve começaria.

Como estava só com o abajur ligado, o quarto estava um pouco na penumbra. Pelo canto dos olhos senti um movimento no teto. Olhei para cima e não vi nada. Dei de ombros e continuei a leitura. Quando isso aconteceu pela segunda vez, virei a cabeça para cima e o que vejo?

Uma baratona monstra voando.

Não satisfeita em estar só voando no teto do MEU quarto, quando percebeu que eu tinha notado a sua presença, ela deu um voo rasante em minha direção. Não tive tempo de desviar e ela grudou no meu cabelo.

A DESGRAÇADA GRUDOU NO MEU CABELO!

Eu não mato baratas. Tenho nojo de matar com chinelo e tenho alergia aos venenos de borrifar. Então eu sempre chamo alguém para fazer o trabalho sujo para mim. Mas dessa vez eu fiquei TÃO indignada com a ousadia da barata de grudar no meu cabelo, que minha fúria apareceu. Depois de bater no meu cabelo até que ela saísse dos meus fios, sai correndo gritando:

- AGORA O NEGÓCIO FICOU PESSOAL! EU VOU MATAR VOCÊ, SUA CRIATURA DOS ESGOTOS!

E comecei uma guerra no quarto para trucidar a barata, jogando vários chinelos onde quer que ela pousasse ou voasse. 

O escândalo que eu fiz foi tanto que o meu pai saiu do quarto dele desesperado para saber o que tinha acontecido.

- Pai! A barata grudou no meu cabeloooooooooooooooo!
- Só isso? Eu achei que tinha entrado um bandido aqui ou algo assim.
- Só isso? Só isso? Pai, você não está entendendo, ela GRUDOU no meu cabelo. Você sabe o quanto isso é horrível?
- Você pelo menos matou ela?
- Siiiiiiim! – Apontei para os seus restos mortais nojentos e esverdeados espatifados no canto da parede e no meu chinelo. – Agora você pode limpar essa meleca para mim?


*** 

É, gente, viram que história de terror? Barata abusada essa, né? Até hoje não me recuperei desse golpe, hahaha.

O Projeto Drama Queen é uma parceria entre os blogs Casos, Acasos e Livros e Pequena Jornalista de todas as quintas-feiras com listas, histórias e relatos de dramas comuns (ou nem tão comuns assim) do dia a dia. É uma forma de rir e deixar a vida mais leve. Mande seu depoimento para a gente também.

Teca Machado

11 comentários :

  1. HAHAHAHAH isso sim é emoção de verdade pras drama queens, hahaha mt bom!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, emoção demais para o meu coração!
      Hahahaha.

      Beijooos

      Excluir
  2. Já tomei o maior tombo por causa de uma história semelhante.
    HAHAHAHHA.
    Pavor de barata.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha.
      Baratas malandrinhas!
      :P

      Beijooos

      Excluir
  3. Vou te dizer uma coisa, já matei barata com um mini dicionário Aurélio.Eu tenho pavor de barata voadora e fiquei com um mega medo de jogar o chinelo nela, então peguei o dicionário, subi em cima do sofá e joguei.Ela morreu HAHAHAH, mas até hoje essa foi a maneira mais bizarra de matar baratas que eu fiz.

    Beijos!

    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha. Que horror, Gabi!
      Com certeza essa é a maneira mais bizarra de matar baratas.
      Pelo menos foi uma maneira educativa, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  4. TÃO indignada com a ousadia hahahaha eu ri!
    Esse projeto é super bacana, tô com vários textos salvos nos favoritos pra ler mas não tenho tempo :( vou fazendo aos poucos.

    PS: eu mato todas essas criaturas do esgoto sem dó nem piedade, tendo elas grudado em meu cabelo ou não kkk

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras|Vem participar da resenha premiada e top comentarista de abril ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito indignada! Hahahaha.
      Você é corajosa, te invejo.
      :P

      Beijooos

      Excluir
  5. MEU DEUS!!! QUE MEDO!!!!
    Tenho pavor de baratas e teria uma crise e acho que não conseguiria mais dormir na mesma noite!
    Pelo menos deu para matar e levar o corpo embora, acho que o pior é quando a barata desaparece. Aí é um terror sem fim para descobrir onde ela irá aparecer!
    Hahahahahahaha

    Bjs!!

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Carol!
      Ousada, né?
      Hahahahaha.
      Realmente, quando não achamos o corpo é o pior de todo.
      :P

      Beijooos

      Excluir
  6. Ai que horror... eu odeio barata com todas as minhas forças...
    Também tenho uma história de bichinho ousado, mas no meu caso foi um morcego... qualquer dia te conto.. rs
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir