sexta-feira, 29 de março de 2019

Sejamos Todos Feministas - Resenha



Sejamos todos feministas.


É o que propõe Chimamanda Ngozi Adichie, uma grande voz pela luta de igualdade de gênero mundial.

Com vários livros de ficção lançados, sempre com o tema sendo explorado, a nigeriana fez uma palestra para o TED com esse título, que foi assistida por milhões de pessoas. Resultado: Virou um manifesto, que foi transformado em livro com o mesmo nome, publicado no Brasil pela Editora Companhia das Letras.

Foto @casosacasoselivros

Com apenas 64 páginas, letras grandes e uma linguagem fluida e intimista, é uma leitura para fazer numa sentada, em menos de uma hora. Mas isso não significa que seja um tema fácil. Falar sobre feminismo incomoda, podendo ser indigesto para várias pessoas. Ainda mais no mundo em que vivemos, onde parece que as mulheres estão em pé de igualdade com os homens, o que não é bem verdade.

Chimamanda conta sua trajetória se descobrindo feminista, mesmo quando ainda nem sabia o que essa palavra significava, e como foi abraçando essa definição, que tenta livrar de estereótipos. Segundo ela, você pode ser feminista feminina, feliz, sem odiar homens, usando batom e da maneira que quiser. A conotação ruim não está correta.


Então a escritora dá exemplos de situações que passou – e ainda passa – pelo simples fato de ser mulher e discorre como precisamos ajustar a nossa mentalidade e ensinar as crianças de outra maneira para que o mundo seja mais igualitário entre os gêneros.

Sendo mulher, é difícil não me identificar com vários dos acontecimentos da vida de Chimamanda, mesmo que o que passou seja na África ou com amigas americanas. Essa é uma questão que atinge o mundo inteiro.


Sejamos Todos Feministas é uma leitura necessária, que vai abrir sua cabeça e pode ser uma excelente introdução ao tema, se você ainda não tem muita familiaridade com ele. E, como o próprio título já diz, não é apenas para mulheres: é para todos. Afinal todos devemos ser feministas.

Recomendo muito.


Teca Machado


5 comentários:

  1. ah maravilhosa essa resenha! ja faz um tempo to ouvindo falar mt da chimanda, tem um livro dela aqui comigo na lista, adorei conhecer melhor esse tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oi Teca, tudo bem?
    Esse livro é tão didático, né? De um modo simples e fácil, a autora consegue exemplificar diversas situações de machismo que ocorrem tanto lá, no país dela, quanto aqui. Acho que todo mundo deveria mesmo ler esse livro pra abrir a mente e entender mais do feminismo!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oi Teca, tudo bem?

    Já li algumas resenhas bem positivas da obra, apesar de tentar sempre ficar atenta ao tema não me considero uma expert, acho que a obra vai ajudar bastante!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha Teca, ainda não tinha visto nenhum post sobre esse livro, mas acho que é um livro que todo mundo deveria conhecer!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Antes de ler o livro achei que fosse uma leitura densa e demorada, mas me surpreendi e muito quando vi que era bem pequeno e de fácil entendimento. Um livro que presentearia qualquer pessoa para entender um pouco mais sobre a causa.

    https://naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir