sexta-feira, 20 de maio de 2016

Vamos ler mais? – Dados de pesquisa revelam que brasileiro lê menos do que 5 livros ao ano


Se você é um leitor que vive nessa realidade literária de blogs, eventos, Bienal e livrarias, pode até achar que o brasileiro lê muito, que a leitura no país cresceu. Não deixa de ser verdade. Cresceu mesmo. Essa semana saiu o resultado da Pesquisa Retratos da Leitura do Brasil, grande fonte de informação sobre o tema, e ela afirma que de 2011 para cá o número de leitores no Brasil cresceu 6%. Só que isso ainda está longe de ser grande coisa. Antes 50% da população era considerada leitora (leu pelo menos um livro nos últimos 3 meses), agora é 56%.


Você sabia que a média de livros que o brasileiro lê por ano é de 4,96? Se você parar para pensar, é pouquíssimo. Eu geralmente leio mais do que isso num mês. Tudo bem, não sou muito padrão porque eu sou meio louca por leitura, mas, ainda assim, quase 5 livros por ano é muito, muito pouco.

E, segundo a pesquisa, não são nem 4,96 livros lidos inteiros. Eles consideram obras lidas pela metade ou apenas partes. Segundo dados apresentados, 2,43 livros foram terminados e 2,53 foram lidos em parte. OU SEJA: Esse número, que já não é lá bom, nem pode ser considerado por inteiro, já que livros lidos de verdade são menos de 50% dos 4,96.

Dados alarmantes da pesquisa indicam que 30% dos entrevistados, que englobam estatisticamente 93% da população do país, nunca, repito NUNCA, comprou um livro. Enquanto isso, 73% das pessoas não comprou e nem se interessou por uma obra nos últimos 3 meses.

Os dados também informam que 67% da população nunca teve quem os incentivasse a ler, e dos que tiveram 33%, foram principalmente levados a ler pela mãe ou outra representante do sexo feminino da família e também por professores.

E por falar em mulheres, nós somos maioria quando o assunto é leitura: 59%. E entre os jovens de 18 a 24 anos ouve um aumente significativo de gente que lê por prazer, de 53% em 2011 para 67% em 2015.



A Pesquisa Retratos de Leitura do Brasil também descobriu outros fatos interessantes, como que o que mais chama atenção dos leitores num livro é o tema (30%), seguido pelo autor (12%), dica de outras pessoas (11%), pelo título (11%), pela capa (11%), dicas de professores (7%), resenhas/críticas (5%), publicidade (2%), editora (2%) e redes sociais (2%).

E sabe os que não leem? Usam como justificativa falta de tempo, falta de gosto pela leitura, não ter paciência para sentar e ler um livro e prefere outras atividades.

Muitos desses dados me deixaram triste, mas nenhum pouco surpresa. Eu vivo num ambiente de literatura desde que nasci, sempre muito influenciada a ler e também a escrever, tanto que tenho esse blog há quatro anos, um livro publicado, um em processo de edição e um sendo escrito. Mas fiquei muito chateada ao saber com a pesquisa que nem os professores do país leem. Quando questionados sobre qual livro haviam lido nos últimos 3 meses, mais da metade respondeu que nenhum. NENHUM. E dos 50% restante, 22% disseram que só leram a Bíblia, o que nesse caso é mais por fé e religião do que gosto pela leitura propriamente dita. Aqueles que mais deviam influenciar a ler, não deram exemplo.

O objetivo desse post é mostrar para vocês que o Brasil ainda tem muito a crescer quando o assunto é literatura. Para vocês terem noção nos EUA a média é de 10 livros por ano e na Suécia e Dinamarca 15. Na Índia a média de horas de leitura por semanas é de mais de 10 horas.

Então é possível ver a importância de incentivar a leitura, já que a maioria dos brasileiros nunca teve alguém que os desse um empurrãozinho. Não preciso falar aqui dos benefícios de ler um livro tanto no âmbito pessoal quanto no da sociedade porque acredito que quem passa por aqui está mais do que careca de saber.

Vamos melhorar esses índices e ler mais?

Teca Machado

15 comentários:

  1. é super pouco né! eu amo ler e quero ler cada vez mais, apesar de estar cada vez com menos tempo, hehe , mas sempre tem algum livro na minha bolsa pra ler em qq tempinho livre, principalmente na condução, to lendo dois livros simultaneamente no momento ;)

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito pouco!
      Mas o importante é querer, é tentar.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  2. Olá Teca, tudo bem?

    Muito triste com os dados dessa pesquisa. Sempre tive noção de que as pessoas não são muito chegadas a leitura, mais tomando por base meu círculo de convivência mesmo, mas não tinha noção de como isso era geral no país.

    Eu sempre fui tarado por livros, desde que aprendi a ler. Inclusive eu enchia o saco da tia da biblioteca, porque podíamos pegar apenas um livro por semana, e geralmente eu terminava o meu antes do fim de semana e já queria trocar!

    Na medida do possível eu sempre tento incentivar a leitura entre meus amigos e familiares. Não sou muito adepto de emprestar meus livros, o ciúme bate forte hehe, mas sempre puxo assunto sobre os que as pessoas estão lendo, comento minhas leituras, quando saem filmes baseados em livros eu aviso as pessoas (muitas não sabem que há livro da maioria dos filmes).

    No mais é isso, aos poucos vamos tentando mudar essa realidade!

    Abraço!
    Marcelo Brinker
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcelo!
      Bom saber que tem gente como você no mundo.
      Fico feliz!
      Eu também tenho ciúmes dos livros, só empresto para quem eu sei que cuida e devolve.

      Beijooos

      Excluir
  3. Oii!

    Com as pesquisas do TCC eu fico cada vez mais impressionada. Vivo rodeada de leitores então, sempre que leio isso percebo que é bem maior do que imagino.
    É uma pena que isso aconteça e acho que estamos de uma forma ou outra fazendo nossa parte em propagar a leitura.
    Adorei! a postagem e vale como um aviso!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente vive numa bolha literária, na verdade.
      Mas ainda vamos ver isso mudar.

      Beijooos

      Excluir
  4. Eu vi essa matéria e infelizmente é isso mesmo...
    Uma pena que nossa situação seja essa. Eu tenho a clara impressão de que se as pessoas recebessem mais educação e lessem mais o nosso país não estaria nessa situação...

    Beijuuu

    ResponderExcluir
  5. Chegamos a conclusão que: não somos brasileiros hahaha é uma situação complicada, mas bem que eu tenho visto uma quantidade maior de pessoas lendo nos ônibus do que antes, e é algo que me deixa bem feliz. De pouco em pouco conseguimos espalhar a cultura e o hábito de ler por aí

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem crescido. Aos poucos, mas tem!
      Vamos ser confiantes!

      Beijooos

      Excluir
  6. Oi, Teca!!

    Faço das suas as minhas palavras, como sempre. Penso da mesma forma.
    Uma vez meu pai disse que não gostava de ler e eu respondi a ele "todo mundo gosta de ler, as pessoas apenas não descobriram ainda o que elas gostam de ler".

    No Japão, em vez de obrigar as crianças com leituras obrigatórias, os professores fazem uma lista com vários títulos que os alunos podem escolher. Depois eles deverão fazer um trabalho explicando a obra que leram. É assim que se incentiva a ler. Deixe as crianças escolherem o que preferem! É algo bem simples na verdade.

    Imagina, em casa (quando não faço nada) leio um livro por dia, pelo menos. E na maioria das vezes leio porque tenho vontade de ler.
    Enfim, o Brasil tem muito a crescer e a melhorar. A educação, assim como todos os outros setores importantes, precisa de mudanças e mais investimento.

    Espero que um dia melhore.

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, que bonito isso que você falou.
      Gostei muito!
      E essa ideia do Japão é maravilhosa. Podíamos fazer assim.

      Beijooos

      Excluir
  7. Realmente Teca, esses dados são muito tristes. Na minha opinião, o ideal era que cada pessoa pudesse ler pelo menos um livro por mês. Pena que isso é algo tão pouco incentivado por aqui.
    Claro que nós fominhas por leituras acabamos lendo muito mais do que isso, mas precisamos saber que isso é a minoria, infelizmente. Quem sabe não conseguimos pensar numa forma de incentivar as pessoas a lerem mais, né!? ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso seria tão bom, né?
      <3
      Somos minoria, mas podemos mudar tudo.

      Beijoos

      Excluir