quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Liga da Justiça


Esse é um post da Liga da Justiça dos Blogs!


E eis que chegou o dia tão esperado por muita gente (eu, inclusive): o lançamento de Liga da Justiça. Assisti semana passada, mas ainda não tinha tido tempo para escrever uma resenha digna do filme. Tá, eu sei, ele tem os seus problemas – afinal, é da DC que estamos falando e, tirando Mulher Maravilha, sempre temos inúmeros problemas -, mas eu gostei bastante da produção que enfim juntou vários heróis da minha infância. Não sei vocês, mas quando criança eu assistia ao desenho de Liga da Justiça, aquele antigão em que a Mulher Maravilha pilotava uma nave invisível, tinham os Super Gêmeos e o Aquaman não era nem de longe tão gostosão.

Depois da morte do Superman (Henry Cavill), o mundo perdeu a esperança. Por mais que Batman (Ben Affleck) e Mulher Maravilha (Gal Gadot) tentem segurar as ondas de violência, o caos está se espalhando, ainda mais com a chegada do Lobo da Estepe (Ciarán Hinds), uma terrível ameaça à Terra que eras antes foi derrotado pela humanidade e pelos heróis. Batman resolve então juntar uma liga de pessoas com poderes para lutar contra essa ameaça, e entra no time Arthur Curry, o atlantis conhecido como Aquaman (Khal Drogo Jason Momoa), Barry Allen, que se tornou o Flash (Ezra Miller) e o roboticamente modificado Victor Stone, o Cyborg (Ray Fisher).



Liga da Justiça foi dirigido primeiro pelo Zack Snyder, muito conhecido no mundo da DC por O Homem de Aço e Batman Versus Superman, e em seguida ele se retirou da produção devido ao suicídio da sua filha. Então a direção ficou a cargo de Joss Whedon, que por ter um estilo de direção e roteiro parecido com Snyder foi o escolhido, mas várias cenas foram refeitas. Esse talvez tenha sido um dos maiores problemas do filme, porque em certos momentos pareceu uma “colagem” de roteiros diferentes. Não é algo que chega a incomodar quem está querendo entretenimento e um ótimo filme de heróis, mas os verdadeiros fãs sentiram.

Além disso, teve o fatídico episódio do bigode do Superman. Henry Cavill – que não é segredo para ninguém tem seu personagem ressuscitado – estava filmando com um senhor bigode Missão Impossível 6 durante a pós-produção de Liga da Justiça. Ele teve que refazer algumas cenas, só que por contrato a Paramont proibiu-o de tirar o bigode. Solução: A Warner teve que retirar digitalmente o bigode. Isso custou U$ 25 milhões e ficou esquisitíssimo! Eu sou fã ferrenha do Cavill, acho ele o homem mais lindo do mundo, mas assumo que em algumas cenas ficou estranho, hahaha. Imagino o pessoal lá da Paramont numa reunião dizendo: “Ei, vamos trollar a Warner? Vamos proibir o Cavill de raspar o bigode. É muito mais fácil usar um bigode falso do que retirar o dele digitalmente, mas vamos brincar com eles!”.




Mas não podemos reclamar do elenco. Liga da Justiça tem um senhor elenco! Fui uma das críticas de Ben Affleck como Batman, mas desde Batman Versus Superman já tinha superado. Ele ficou um ótimo Bruce Wayne. Gal Gadot dispensa elogios, já que fiz todos na crítica de Mulher Maravilha e ela sempre rouba a cena. Henry Cavill também tem toda aura de o grande salvador que Superman pede. Ezra Miller, Jason Momoa e Ray Fisher também são muito bons, mas infelizmente subaproveitados. Ezra é a cota de piadinhas, Fisher do dramático e Momoa de descamisados. Um coadjuvante de luxo. Fiquei sabendo que a muitas das cenas dele e de Mera (Amber Heard) foram cortadas. O que é uma pena, porque ele ficou um Aquaman totalmente badass. Ainda temos os excelentes J. K. Simmons, Jeremy Irons, Diane Lane, Joe Morton e Amy Adams.

Se tem algo de que não podemos reclamar são as cenas muitíssimo bem coreografadas de lutas. São tranquilas de acompanhar – nada mega confuso estilo Transformers – e os efeitos especiais estão muito bem feitos. Eu vi em 3D, mas acredito que ele seja dispensável.





O que me incomodou um pouco no enredo foi que criaram um super problema e que foi resolvido de forma relativamente simples e rápida. O filme poderia ter tido um tempinho a mais para ser melhor trabalhado, principalmente a história dos outros integrantes da liga que não têm filme solo. Mas, pelas cenas pós-créditos, imagino que a sequência tem muito potencial.

De toda forma, eu gostei MUITO do filme e espero que a DC faça muitos outros, no melhor estilo Mulher Maravilha.

Recomendo bastante.

Teca Machado


7 comentários:

  1. Apesar de ser um universo que não estou muito familiarizado, tenho muita curiosidade em ver este filme! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  2. Oi
    apesar do filme ter pecado em algumas coisas, pelo menos ele te agradou e eu quero muito assistir e parece ser legal.


    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Teca!
    Ainda n assisti o filme! :'(
    Mas tô chocada com esse dinheirão td só pra tirar o bigode! hahahah
    A maioria dos comentários q tenho visto são positivos! Gosto muito das cenas de ação da DC *-*
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Get cheap Website Design company in India. ITSWS Technologies provide E-commerce Website, Search Engine Optimization (SEO), Website Design & Development at the affordable price. For more information please visit to www.ahmedabad.itsws.com

    Cheap Ecommerce Web Design Company

    ResponderExcluir
  5. Tô doida pra assistir :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Teca, eu tb curti só achei mesmo que o vilão foi fraco né? Então concordo com vc tb em relação ao bigodinho do Cavill, triste demais hehehehehhe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir