sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Crônicas para aquecer o coração: No Meio do Caminho Tinha Um Amor


No Meio do Caminho Tinha Um Amor. Só de ler o nome do livro já me dá vontade de suspirar!

Livro recebido em parceria com a Editora Sextante

Que lindeza, gente! O livro de Matheus Rocha, autor do blog Neologismo, foi recebido em parceria com a Editora Sextante. Posso dizer que suspirei durante quase toda a leitura. Ele é uma coletânea com crônicas que falam sobre amores, desamores, quase amores, amizades, relacionamentos como um todo, inclusive consigo mesmo, modo de enxergar a vida e muito mais.

Um dos pontos que mais chamam a atenção na escrita de Matheus Rocha é a sua sinceridade quase crua. Ele não tem medo de dizer o que precisa, mesmo que muitas vezes seja algo contra si mesmo. E são tantas as situações sobre as quais ele fala que é impossível você não se identificar com o texto e com os sentimentos pelo menos algumas vezes. Afinal, quem nunca teve um coração partido? Quem nunca se sentiu inseguro? Quem nunca se apaixonou? Quem nunca teve o coração acelerado por causa de um outro alguém?



E é tudo muito poético, mesmo sem ser poesia. Posso dizer que é um tanto lírico. Os sentimentos estão ali, expostos, sem medo, para qualquer um enxergar.

As crônicas começam pelo fim. O livro é dividido em três partes, começo, meio e fim, só que ao contrário. No início, que é o fim, vemos o coração destruído, as esperanças destroçadas, o crédito do amor em baixa. E então, vamos nos recuperando, com o meio. Não estamos curados, mas prontos para enfrentar a vida. A fase de luto passou, mas ainda nos sentimos triste, meio ressabiados. É uma fase longa, a mais longa. E, enfim, voltamos a ser inteiros no começo, quando o coração recomeça a bater, a ser forte e se abre sem medo para o desconhecido, para outras pessoas, para si mesmo.




No Meio do Caminho Tinha Um Amor é cheio de frases maravilhosas, do tipo que você quer levar para a vida. Dá vontade de grifar o livro inteirinho. E você, na verdade, deve fazer isso. O autor fala nas primeiras páginas que a obra precisa ficar com a sua cara, com as suas anotações, com os seus sentimentos. Ele deixa de ser um livro do Matheus para ser um livro seu.

A capa da obra é maravilhosa, assim como toda sua identidade visual, sua tipografia e a diagramação como um todo, mas o que dá um toque muito mais especial são as ilustrações de Phellipe Wanderley. No meio de cada crônica há uma imagem que remete o que foi escrito por Matheus, sempre muito colorido e estilo aquarela. Perdi as contas de quantas páginas eu fotografei com vontade de compartilhar com todo mundo.


Se você tem coração (e eu sei que você tem), não deixe de ler No Meio do Caminho Tinha Um Amor. É aquele tipo de livro que você vai querer deixar por perto para ler, reler e ler mais algumas vezes durante anos a fio.

Recomendo muitão.

Teca Machado

11 comentários:

  1. Friend, to tão curiosa para ler esse livro. ♥ Realmente, só pelo título a gente já imagina o que vem pela frente. E adorei a história do início, meio e fim! Louca para tê-lo aqui na minha casinha!! Acho que vou fazer igual a você: querer registrar tudo!!!

    Beijocas,
    Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Friendoca, esse livro é uma lindeza sem fim!
      Conhecendo bem você, tenho certeza que vai adorar e se identificar.
      :D

      Beijoooos

      Excluir
  2. Belo título e ótima diagramação, pelas fotos. Gostei da dica!
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Nana,
      A diagramação do livro é uma arte a parte!
      Conteúdo e visual lindo. Tem coisa melhor?

      Beijooos

      Excluir
  3. Adorei a resenha, Teca!! Muito apaixonada!!!
    Você se encantou com todos os livros, né? Hahahaha

    Adorei as ilustrações diferenciadas entre os textos e as mensagens bonitas.
    É o tipo de livro que faz o coração inchar, né? <3

    Bjs!!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Carol, tenho o sério problema de entregar facilmente meu coração para livros maravilhosos, hahaha.
      Sim, meu coração ficou grandão.
      Acho que você vai gostar muito também.
      <3

      Beijooos

      Excluir
  4. Tequinha, estou doida para ler esse livro.
    Eu amo crônicas, contos e afins.
    Acho que irei me apaixonar.
    Acho não, tenho certeza.
    Acredito que vou grifar o meu livro todinho, todinho.

    Beijos, Lu Arantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luzinhaaaaaaa
      Seu livro vai ficar como o meu, então: Mais grifado do que não grifado, hahaha.
      :P

      Beijooos

      Excluir
  5. Esse livro é muito lindo, né, Teca?
    Eu já comprei o meu e engoli em duas noites.
    Até tentei ler mais devagar para não acabar, mas não rolou, kkkkk.
    É agora livro de cabeceira, está sempre do meu lado.

    Bjs

    Meg's Army Book Club

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo é pouco, Meg's!
      É muito difícil não ler ele rapidinho.
      <3

      Excluir
  6. Parece ser um livro bem leve e bonito.
    Ótimo pra ler naqueles momentos de bad... ^^
    Dica anotada!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir