segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Filmes para apreciar a vida


Alguns filmes são puro entretenimento, outros nos fazem pensar, refletir e, em alguns casos, dar mais valor a vida. Pensando nessas produções que mexem com o emocional e a maneira de enxergar nossa mera existência, o site Incrível.club fez uma lista com os 10 filmes dos últimos anos que nos ensinam a apreciar a vida. Eu ainda não vi todos, mas vários estão na minha fila de espera:

Nocaute


O protagonista é sortudo: tem uma bela mulher, uma filha maravilhosa e é campeão mundial de boxe. Mas, de repente, seu mundo ideal desmorona como um castelo de areia. Agora, ele terá de construir uma vida a partir do zero e conseguir ganhar, não importa o que aconteça. É um drama clássico que penetra nos seus ossos porque a vida do protagonista se projeta na do espectador.


Everest


Um grupo de homens corajosos liderado por um instrutor experiente embarca em uma jornada para conquistar o Everest, mas a natureza atrapalha seus planos. Passando muito frio nas encostas, os alpinistas lembram-se do mais importante: de suas casas e famílias. A última conversa do protagonista com a sua esposa não deixará indiferente nem mesmo o coração mais duro. A primeira coisa que você vai querer fazer depois de ver este filme será abraçar seus entes queridos. Baseado na tragédia real ocorrida em 1986 na montanha mais alta do Planeta.


Invencível


A Segunda Guerra Mundial invadiu a vida de milhões de pessoas, como a deste participante dos Jogos Olímpicos de Berlim de 1936, Louis Zamperini. Mas nem o terrível acidente de avião na frente da batalha, nem dezenas de dias à deriva numa jangada no Oceano Pacífico, nem as torturas infernais no campo de concentração japonês foram capazes de destruir sua humanidade e caráter. A história de Zamperini nos lembra que a vida é bela e vale a pena lutar.


Horas decisivas


O protagonista do filme, Bernard Webber, um membro da Guarda Costeira, é jovem, está apaixonado e se prepara para se casar. No entanto, em vez de ter a permissão de seu comandante para o casamento, recebe uma carta para resgatar um petroleiro que afundou durante uma tempestade. Os acontecimentos que se desenrolam na tela são impressionantes e dão razão para pensar: eu seria capaz de pôr a vida dos outros acima de minha própria segurança?


La Giovinezza (Youth)


Os melhores amigos, idosos, passam seus dias em uma casa de luxo projetada para a terceira idade, compartilhando seus problemas e tirando sarro um do outro. Eles também se lembram de sua juventude e invejam os jovens que têm muitos anos pela frente. Mas você tem de entender os protagonistas, porque eles só querem incentivar os jovens a serem mais corajosos, não ter medo de errar e viver a vida ao máximo, porque, caso contrário, só sobrará na velhice o arrependimento do que não se experimentou.


Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer


Os adolescentes Greg e Earl não são o melhor exemplo de pessoas extrovertidas. Seu passatempo favorito é ver filmes famosos. Sua vida fica cheia de outras cores quando em seu círculo aparece uma garota modesta, Rachel, que tem leucemia. O enredo do filme é típico, mas seus criadores não idealizaram a doença. Eles dizem abertamente que a morte de um amigo próximo é uma perda insuportável, mas temos de fazer todo o possível para que ele, em seu último ano, mês e até mesmo na última hora de sua vida seja verdadeiramente feliz.


Não olhe para trás


O famoso músico de rock Danny Collins vive uma vida de estrela comum. Tudo muda quando ele recebe em suas mãos uma carta antiga de John Lennon, no qual pede a Danny para não desperdiçar seu talento em besteiras. Neste ponto, o herói interpretado por Al Pacino percebe que os anos se foram em vão e decide corrigir seus erros. Depois de filmes assim, realmente vale a pena pensar: estou gastando meu precioso tempo em vão?


Ricki and the Flash: de volta para casa


Em sua juventude, Linda, interpretada por Meryl Streep, deixou o marido e os filhos para viver um sonho cheio de emoção: queria se tornar uma estrela de rock famosa. E, agora, depois de muitas tentativas para atingir o reconhecimento, retorna à família. Será que eles vão ser capazes de perdoar anos de indiferença? A história de Linda nos lembra que cada decisão tem consequências e que a família é a mais importante e maior felicidade.


Mama


A vida de Magda, uma professora de 40 anos de idade, está indo por água abaixo: divorciou de seu marido, perdeu o emprego e também descobriu que sofre de uma terrível doença em estágio avançado. Parece que é hora de desistir de tudo e aceitar o destino. Mas a heroína interpretada por Penélope Cruz decide o contrário. Este filme surpreende pelo amor à vida, nos ensina a aproveitar cada momento e viver, apesar de tudo. Para seu próprio bem e de aqueles que você ama.


Amy


Este filme, vencedor do Oscar, nos conta quão brilhante e curta foi a vida de Amy Wynehouse, uma cantora amada por milhares de pessoas. Durante 27 anos ela compôs muitas músicas sublimes e cometeu a mesma quantidade de erros irreversíveis. Nós só podemos aprender com eles: não nos dedicar à autodestruição e não perder tempo com aqueles que não merecem, mas, ao contrário, amar a si mesmo e apreciar cada dia.


Quais outros filmes vocês acrescentariam nessa lista?

Teca Machado


5 comentários:

  1. Oii Tecaaa!

    Nunca vi nenhum da lista. Shame on me. haha
    Mas sempre busco boas dicas, então já estou anotando!
    Gosto desse tipo de filme, que te dá uma energizada e emociona ao mesmo tempo.

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Teca!!

    Adorei as dicas e alguns já estão na minha lista também!! Espero conseguir ver todos!! Hahahaha

    Bjs!!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda assisto todos filmes que quero ver na vida, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  3. Não vi nenhum desses filmes ainda, mas coloquei todos na listinha! ^^
    Adorei as indicações.
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir