sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Esquadrão Suicida – Nossos vilões preferidos


As pessoas têm colocado pressão demais na DC para que os filmes sejam como os da Marvel. Mas precisamos ter em mente algumas coisas: 1) O estúdio começou há pouco tempo a investir nesse universo, 2) ele não tem a quantidade de filmes que a Marvel já criou e 3) o tom dessas histórias é diferente das animadas e cheias de alívio cômico de Stan Lee. Sabendo disso, enxergamos Esquadrão Suicida, do diretor David Ayer, como o que ele deveria ser: um blockbuster divertido, cheio de ação, com vilões carismáticos, ótimos efeitos especiais e um entretenimento muito bom.


Fui ontem ao cinema com baixas expectativas, depois de tantas críticas negativas, mas saí de lá tendo gostado muito da produção. Posso até entender muitas das críticas, já que realmente em alguns momentos o filme fica corrido ao explicar todos os vilões, suas motivações e suas histórias. Só que não acho justo o massacre que o filme tem sofrido. Principalmente quando dizem que a história só foca no Pistoleiro (Will Smith) e na Arlequina (Margot Robbie). Sim, os dois são os que têm o enredo mais desenvolvido e aparecem mais, só que todos os outros têm seu momento e tempo em tela. Até o Coringa (Jared Leto), que disseram que mal aparecia, tem bastante cenas, mesmo que os atores tenham dito que muito foi cortado. Por mais que a gente ame o Coringa e o Jared Leto, o foco do filme é o esquadrão, e a não a relação muito doida dele com a Arlequina.



Se você estava morando na Lua e não viu nenhum trailer de Esquadrão Suicida, vem cá que eu te conto a sinopse. Amanda Waller (Viola Davis), uma agente de alto escalão do governo americano, decide juntar uma força-tarefa com o pior dos piores vilões para combater as ameaças sobre-humanas que podem surgir no mundo. “E se o próximo Superman não compartilhar dos nossos valores?”, ela diz em certo momento. Então, vilões terríveis passam a ser comandados por ela numa missão perigosa que teve como origem a própria criação do esquadrão que saiu do controle. Se não colaborarem, os vilões morrem. Se fugirem, eles morrem. Se participarem da missão, provavelmente eles morrem. Então é realmente suicida e só os mais loucos e terríveis vão participar.



O elenco foi muito bem escolhido. Viola Davis é mais macho que todos os homens ali, além de interpretar uma personagem que, apesar de estar do lado do “bem”, é muito pior do que todo o esquadrão junto. É interessante ver os papeis de certa forma invertidos. A estrela do filme é, sem dúvida, Margot Robbie, como Arlequina. Os melhores momentos da produção são dela, assim como suas tiradas engraçadas, loucas e muitas vezes sem noção. Eu assistiria a um filme solo dela. Jared Leto faz um Coringa muito do psicopata, estranho e mafioso. É até quase incômodo olhar para ele. Só que ainda gosto mais da versão do Heath Ledger, achei mais crível e transtornado, esse é mais caricatunesco. 




Will Smith também merece reconhecimento. Seu vilão é mal, claro, mas não tanto, e os momentos de mais apelo emocional vem da sua relação com sua filha. É quase um anti-herói cheio de sarcasmo. Ainda vale lembrar Jay Hernandez como Diablo, com uma história bacana e bem desenvolvida, mesmo que não tão aprofundada, Jai Courtney como o australiano e bem humorado Boomerang, Adewale Akinnuoye-Agbaje como Crocodilo e Joel Kinnaman, o soldado Rick Flag, que lidera a missão do esquadrão e sua segurança Katana, interpretada por Karen Fukuhara. Só não acho que Cara Delevingne, que interpreta Magia e a Dra. June Moone, seja tudo isso que falam dela. A acho meio canastrona e sem sal.






Acho que o maior problema de Esquadrão Suicida foi, justamente, a missão. É legal e divertido ver eles se preparando, se encaminhando para a luta e tudo o mais, mas o clímax é um tanto sem graça e sem inspiração. Poderiam ter criado um vilão melhor com uma motivação mais bacana. Não é ruim, mas também não é a batalha mais louca e diferente que você tenha visto. No fim tudo sempre se resume a algo como Pink e Cérebro: tentar dominar o mundo.

Esquadrão Suicida dá continuidade aos filmes anteriores, passando logo após Batman Versus Superman, e é um elo com os próximos, principalmente com Liga da Justiça. Por falar nisso, fique quando os créditos começarem a rolar, há uma cena a mais.

Mesmo com muita gente criticando, não deixe que isso tire a sua vontade de ir ao cinema. Você pode se divertir bastante com Esquadrão Suicida.

Recomendo.

Teca Machado


12 comentários:

  1. ahhhhhh quero super assistir o filme! eu amo o jared letto, to doida pra ver a interpretação dele como coringa!!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou bem legal, mesmo com alguns problemas.

      Beijooos

      Excluir
  2. Teca, eu assisti o filme semana passada e tava igual a ti: com a expectativa lá em baixo por causa das críticas, mas sai amando o filme também! Ouvi falar que muitas das cenas do Joker foram cortadas pra por num dvd de versão estendida, mas tens razão, o filme é sobre o Esquadrão, e ele não faz parte.
    p.s: "Viola Davis é mais macho que todos os homens ali", só li verdades.
    Beijão
    radioactivebookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou também.
      Realmente, a Viola dá chutes nos peitos, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  3. Oi, Teca!!!!

    Concordo com você quando diz que não podemos comparar DC e Marvel. DC é muito mais dramática - sempre foi - e a Marvel sempre foi mais louca e cômica mesmo.
    Os heróis e anti-heróis são diferentes, mas interessantes mesmo assim.

    Eu quero muito ver esse filme porque adoro ver os filmes de qualquer forma. Hahahaha
    Mas não sei se vou conseguir por conta do trabalho e da Bienal... Está tenso nos últimos dias! >.<

    Enfim, estou animada para assistir!!! :D

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Se você ficar comparando coisas tão diferentes, vai ficar frustrado.
      Eu também veria mesmo todo mundo falando mal.
      Também amo filmes. :D

      Beijooos

      Excluir
  4. Oi, Teca.
    Sua crítica é a primeira positiva que leio, até onde me lembro. Apesar de preferir a Marvel, pretendo sim dar uma chance a esse filme.
    Sem assistir, só acho problemático essa sexualização da mulher que >SEMPRE< fazem. Tipo, os caras estão sempre super vestidos e as mulheres só não estão nuas porque daria problema na classificação indicativa ¬¬ como se os homens só gostassem das personagens femininas por elas estarem com micro roupas. Aff, acho isso ridículo!
    Enfim, o enredo é bacana e vou assistir quando tiver oportunidade, nem que seja só para criticar com propriedade hahahaha

    Beijos,
    Kemmy|Duas leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente não pode deixar de dar chance para filmes só por causa de críticas ruins.
      Às vezes a gente se surpreende.
      Realmente, é sempre assim, né?
      ¬¬

      Beijooos

      Excluir
  5. Oi Teca!
    Eu procurei essa postagem no seu blog, fiz questão de ler o que você achava de Esquadrão.
    Pois é, até sexta eu mesmo devo dar meu parecer sobre o filme para a LJB, no entanto posso dar alguns pareceres aqui.
    Há uma mudança irrefreável no universo da DC vindo aí e o nome dela é Geoff Joohns, não creio que os filmes da Detective serão como os da Marvel, mas certamente serão mais otimistas com certeza. O Esquadrão, para ser sincero, caiu no meu gosto, eu achei um bom filme, o maior problema ficou por conta do roteiro e dos vilões já que as missões do esquadrão costumam ser menores, uma vez que acho que todos os personagens foram bem montados e a responsa de carregar ficou nas costas de quem eram os donos da historia, o deadshot e a harley. E é aquela, eu adorei a Viola, pra mim num concurso de quem tem o membro maior ela só perde por Batman, porque meu Deus ele é o BATMAN!!! E aquele pós credito...
    Ouvi rumores que o próximo filme pode ser todos eles contra o Batman lá no Arkham e aí eu acho que seria sensacional, vamos esperar para ver.
    bjos LP
    http://quatroselos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHA
      Claro, nesse caso concordo porque É O BATMAN, ORAS!
      Adorei seu comentário, hahahaha.
      Realmente, esse seria um filme sensacional que eu não perderia por nada.

      Beijooos

      Excluir
  6. Eu fui ao cinema assistir esse filme e também gostei bastante!
    Achei bem injusto todas as críticas negativas que vi. As pessoas querem comparar duas coisas diferentes, aí fica difícil mesmo.
    Achei bem legal o gancho no início com Batman x Superman e o final em pro próximo filme da franquia. Já quero mais!
    E com certeza quero um filme solo da Harley! haha
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a trilha sonora do filme, embora eu sinta que eles criticaram isso também e eu, pessoalmente, se eu gostei muito! Quando vi o elenco de Esquadrão Suicida imaginei que seria um grande filme, li que o diretor é David Ayer, é um diretor dos mais talentosos de Hollywood. O filme superou as minhas expectativas, realmente o recomendo.

    ResponderExcluir