segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Game of Thrones – Considerações do episódio final


Hey, já se inscreveu no canal do blog? Veja aqui o vídeo inaugural, inscreva-se e concorra ao sorteio de quatro livros e brindes!

Depois de míseros 7 episódios, que passaram voando, eis que chegou ontem o último episódio da penúltima temporada de Game of Thrones.

A temporada foi sofrida, foi corrida, foi cheia de revelações e, felizmente, com poucas mortes importantes (mas um delas foi de pegar o seu coração de dentro do peito, rasgar em 67 pedaços, e colocar de volta lá dentro todo destruído).

Estou arrasada que aparentemente só teremos a oitava – E ÚLTIMA, AI, MEU DEUS – temporada em 2019. O que vamos ficar fazendo até lá?

Então vamos a algumas considerações (se você não assistiu ontem, não continue, tem spoilers por aqui hoje!):

1- Jonerys is real


Aquele momento pelo qual todos esperávamos – mesmo sendo errado, afinal estamos falando aqui de tia e sobrinho – chegou: Casal Jonerys (Jon + Daenerys) finalmente se concretizou! A temporada toda foi cheia de olhares, palavras carregadas de significado e aquela certeza de que dois corações feridos iam se encontrar (falei bonito agora, hein?). E na pegação rolou até a bundinha do Jon para todo mundo ver, haha. Só fico com dó do Sor Jorah. O bichinho moveu céus e terras pela Khaleesi, até se curou daquela coisa, e viu ela pegar outro cara DE NOVO, um homem que até o pai dele gostava mais do que do próprio filho. É, não tá fácil para o Jorah.


2- Linhagem Snow


Desde que li o primeiro livro falei “O Jon não é filho do Ned. O Ned é muito correto para ter tido uma amante”. E aí li teorias sobre a linhagem do nosso querido bastardo e queria muito que fosse verdade que ele fosse filho da Lyanna Stark e do Rhaegar Targaryen. E eis que temporada passada TCHARAAAAAAAAAAAAAAM, meus sonhos se realizaram. E muita gente ficou meio confusa com aquelas cenas não muito explicadas vistas por Bran, mas agora – AGORA – juntamos o conhecimento de Bran e de Sam e temos a linhagem toda explicadinha em detalhes e eu fiquei toda pulando na cadeira de empolgação. E acredito que o Jon vai querer morrer quando descobrir que pegou a tia e a Daenerys vai querer morrer quando descobrir que o verdadeiro herdeiro do trono é o Jon, não ela, como acreditou toda vida.


3- Mindinho is gone and Sansa is the queen


Aquela praga que devia ter morrido várias temporadas atrás teve um excelente final! Quis colocar irmã contra irmã, MAS AQUI NÃO, QUERIDO. A temporada inteira ficamos com ódio da sua conspiração quando finalmente Arya e Sansa se reencontraram e ficamos achando que elas eram bem burras de acreditar nele. Mas eis que o bom senso reinou e Sansa mostrou que ter sofrido nas mãos de psicopatas deixou ela forte, maravilhosa e com o coração quase de pedra e Arya badass não tem medo de ninguém. N-I-N-G-U-É-M.


4- Cersei mad queen


Que a Cersei é uma vaca que amamos odiar e odiamos amar sabemos desde a primeira temporada, mas agora ela se superou. Ficou mexendo com meus sentimentos durante o episódio. No começo achei que ela aceitou a trégua bem demais, aí resolveu que não ia aceitar, de repente o Tyrion – maravilhoso, sempre – fez sua mágica e ela aceitou de novo, até que ela se mostrou a Cersei de sempre. Só que dessa vez ela se deu mal gostoso porque se tem alguém que precisava sair correndo sem olhar para trás era o Jamie. Juízo ele até já tinha criado desde que passou uma temporada com a Brienne e perdeu a mão, mas os sentimentos pela Cersei falavam mais alto, mas ainda bem que ele se mostrou um homem de palavra e deixou a nossa quase mad queen sozinha.


5- Adeus, muralha!


Era bem óbvio que de uma maneira ou de outra a muralha ia ser destruída, cair, ganhar um buraco, o que fosse. O Rei da Noite não ia chegar na porta dela e simplesmente tocar a campainha pedindo para passar. Mas foi traumático, foi trágico e foi insano. COMO ASSIM NOSSO DRAGÃO ESTÁ CUSPINDO GELO TODO MALVADÃO? COMO ASSIM O TORMUND MORREU? Ele precisa ter bebês gigantes com a Brienne, ora essa! Espero muito que ele esteja debaixo dos escombros de gelo vivinho só esperando a oitava temporada. Enquanto isso, o exército dos mortos, depois de oito temporadas, chegou a Westeros e a gente vai ficar aqui se coçando de medo por Winterfell e pelo Norte.

***

Agora que a temporada acabou e vai demorar muito para lançarem a nova podemos dizer que o inverno da longa espera chegou.

Teca Machado

2 comentários:

  1. Caramba! Socorro! Não posso ler ainda, porque estou vendo a temporada agora (depois de acabar - porque não aguento ficar esperando semanalmente, rs). Deixei nos favoritos para ler tudinho!

    semquases.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Teca, tudo bem?

    Bom, pela tua análise, percebi que deve ser vidrada nas Crônicas de Gelo e Fogo como eu. Sempre é legal trocar umas ideias com quem ama o assunto.

    Sobre a temporada num geral, teve vários momentos de perder o fôlego, mas acho que a qualidade caiu bastante. Agora que eles não tem mais os livros pra se basear, apesar q o George Martin já contou pros produtores qual é o final da história, parece que perdeu um pouco daquela imprevisibilidade que tinha. As coisas aconteciam de soco, sem tu esperar, e nessa última tava tudo meio na cara, só ficava a dúvida de em que capítulo iria acontecer. Fora o fato das viagens "fast and furious", corvo whatsapp e talz... deram uma forçadinha, na minha opinião.

    Sobre o último capítulo:

    - Jonerys: tinha um monte de gente achando forçado, mas eu acho um casal massa. Pena que quando eles descobrirem a verdade da linhagem do Jon, vai ter treta certamente.
    E quanto ao Sor Jorah, vai ser eternamente o Cavaleiro da Friendzone, o Não Amado, Aquele que Segura Vela, Damo da Honra da Khalesi. Pobre desse homem...

    - Linhagem Snow: eu também tive essa impressão quando li o primeiro livro. Quando tu avança na história e passa a conhecer bem o Ned Stark, fica difícil acreditar numa pulada de cerca do cara.

    - Mindinho: também acho que esse cara já tava fazendo hora extra na série. Não é possivel, com tudo que ele aprontava, se safar sempre. E eu cantei a pedra pra Raquel que a Sansa e a Arya tavam só se fazendo, entrando no joguinho dele. Foi uma das cenas mas deliciosas de assistir de esse último capítulo. Só teria sido mais foda ainda se a Arya usasse o rosto da Sansa pra matar ele, mas pra isso ela teria que matar a irmãzinha né, aí não rolou...

    - Cersei: muito previsível que ela ia dizer que ajudaria só da boca pra fora. A questão toda é se Tyrion e a Daenerys vão acreditar e esperar alguma ajuda dela. Se bem que o Jaime tá indo pro norte, ele vai avisar sobre a traição da Cersei...

    - A queda da muralha: QUE CENA!!! cheguei a catar na internet e assistir repetidas vezes, aquilo foi de encher os olhos. E está havendo uma discussão sobre o que o dragão cuspia, para mim foi fogo mágico, porque não parecia gelo, eu tenho a impressão de ter visto labaredas. Ele não se afeta, já ficou óbvio, só não sei se não afeta os outros white walkers... vamos descobrir na proxima temporada.
    E acho que o Tormund não morreu não! Parece que numa parte da cena ele o Beric meio que se esquivam da parte destruida da muralha, e ficam nuns escombros de gelo. Acredito que ainda veremos o Ruivão lançando seu olhar 43 para a Brienne!

    É, a longa espera vai ser de matar, porque parece que talvez fique para o inicio de 2019 a última temporada!

    Abraço!
    Marcelo
    Leitura Kriativa
    https://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir