quarta-feira, 13 de maio de 2015

A Toda Prova – Harlan Coben de novo


Se você nunca leu nada do Harlan Coben, você não é um leitor completo. O autor de livros policiais/suspenses psicológicos é um dos meus preferidos da vida e ele constantemente me tira o fôlego. Já li uma penca de obras dele (Jogue o nome dele aqui na caixa de busca do lado para ver o tanto de resenhas que aparece), mas ele acaba me surpreendendo em quase toda obra. Foi o caso do seu último lançamento, A Toda Prova, o terceiro livro da série do Mickey Bolitar.


O livro, que peguei em parceria com a Livraria Janina, tem menos ação que todos os volumes anteriores, tanto da saga do Mickey quanto do Myron. É mais introspectivo e de reflexão, mas não menos interessante. Acredito que o momento em que o protagonista estava pedia uma história assim, afinal, ele está tentando montar as peças de um quebra-cabeça para lá de complicado (Tanto que eu precisei reler trechos dos outros para lembrar tudo o que aconteceu. Um gap de um ano entre os lançamentos e leitura de dezenas de livros nesse meio tempo faz isso com você).

Se você não leu os livros anteriores da série, acho melhor pular os próximos dois parágrafos. Mas só eles, depois pode ler sem medo de ser feliz, tá?

Após todas as confusões de Uma Questão de Segundos, Mickey está cada vez mais convencido que seu pai está vivo, que a morte dele foi forjada pelo paramédico de cabelos cor de areia. Mas como provar? Como procurar mais pistas? Engatinhando nos mistérios que eram a vida do pai, Mickey se vê mais embrenhado na organização Abeona e com dona Morcega. Tudo parece ter uma relação e ele precisa descobrir qual é, isso se a doida da dona Morcega parar de falar em códigos com ele e seus amigos.

Harlan *carequinha* Coben
Enquanto pensa na busca pelo pai, sua amiga Ema precisa da sua ajuda. Seu namorado virtual desapareceu e ela está preocupada. Ema acredita que o Abeona tem algo a ver com isso também. Ao mesmo tempo, Troy, o babaca do capitão do time de basquete, pede a ajuda de Mickey para provar que um teste antidoping que o retirou da equipe foi adulterado. E, por mais incrível que pareça, esses três nós da vida do protagonista estão interligados.

Por ser com menos ação e mais reflexivo, A Toda Prova pode ser um pouco maçante lá pelo meio. Mickey matuta muito sobre os seus problemas e o leitor vai junto. Mas o final compensa qualquer coisa que possa ser remotamente tediosa na história. Como sempre, Harlan Coben soube terminar o livro de maneira que tudo o que você pode dizer é “Nãããããão acaba, escreve só mais um pouquinho!”.

Tem gente dizendo que A Toda Prova é o último livro da série do Mickey, mas acredito que tenha pelo menos mais um volume. Apesar de um dos maiores mistérios da trama ter sido esclarecido, tem muita, mas muita coisa em aberto ainda. Tenho certeza que o autor tem bastante surpresas reservadas para nós em próximos lançamentos.

Encontramos agora Mickey mais maduro e adulto. Com o passar dos três livros, vemos um garoto revoltado e triste se transformar num jovem muito equilibrado, inteligente e que se preocupa com aqueles que ama e mesmo com aqueles de quem não gosta muito. Mickey tem um coração de ouro e se parece muito com Myron, por mais que odeie admitir isso. Ema e Colherada são excelentes coadjuvantes. Aparecem nas horas certas e sempre roubam a cena. Muito amor pelos dois.

Harlan Coben, continue escrevendo muitos livros. Você é o meu carequinha preferido!

Compre um para você aqui na Livraria Janina.

Teca Machado 


17 comentários:

  1. ah bacana viu! eu sempre tive curiosidade em ler alguma coisa desse autor

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu iniciei a leitura de um livro desse autor, as não finalizei, não gostei. Ok, sei que você o adora e isso ficou bem claro na resenha, mas preciso dizer que não tem nada a ver com ele ou sua escrita, mas sim pelo gênero que ele escreve e não me agrada de forma alguma (pelo menos não até agora). Mas gostei da resenha.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inês, tranquilo, é só para quem gosta do gênero mesmo.
      Como eu adoro um suspense policial com uma pitada de humor, me sinto em casa.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  3. Oi!!
    Apesar de não conhecer os livros já ouvi falar desse autor e sempre seguido de elogio!
    Eu particularmente gosto aqueles livros que, de tão complexos, fazem a gente ler a mesma coisa algumas vezes pra absorver completamente!

    Beijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dele são bem mais simples.
      Tem mistério e reviravoltas, sim, mas dá de entender logo de cara na maioria das vezes.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  4. Olá blogueira(o),

    Ainda não tem o seu próprio marcador?

    Acesse o nosso site: http://loja.retratus.com.br/ecommerce_site/categoria_1405-1856_11656_Lembrancas-personalizadas-Marcador-de-paginas-personalizado

    e faça o pedido do seu marcador personalizado.
    Página do face: https://www.facebook.com/retratuslembrancas

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Então, eu tentei amar romance policial uma pancada de vezes e não consegui. Já até comprei livro do Harlan Coben de presente pra uma amiga que eu sei que ama o gênero e ela adorou, fiquei super feliz de ter acertado o presente mesmo sem ter lido. Acho que vou pegar um livro único do autor depois e dar uma chance, talvez eu esteja perdendo uma oportunidade de me apaixonar pelo gênero né?
    Obrigada pela dica!
    Beijos
    Paradise Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla!
      Se você não gosta do gênero, é difícil gostar.
      Mas dá uma chance. Lê dele o livro único Cilada. É maravilhoso.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  6. Oii, Teca.

    Sou apaixonada pela literatura do Harlan Coben. Sei que os livros são um pouco parecidos, com violência, ação e tal, mas sempre encontro em cada um algo mais de interessante. Sou louca por esse "carequinha" hahaha, e sua sobras que me deixam sem respirar do início ao fim.

    Ps. O livro que falei que me fez lembrar da personagem Alice, é Esse Amor que Me faz Delirar. É uma ótima leitura Chick-lit.

    beijos

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju!
      Um livro lembra o outro mesmo, mas como não amar o carequinha?
      Hahaha.
      Que bom que você gosta dele também.

      Ah, legal! Obrigada pela dica.
      Vou procurar.

      Beijooos

      Excluir
  7. Oi Teca,
    Estou me sentindo incompleta... nunca li nada do autor =/ Você me indicaria alguma livro específico para começar?
    Já tinha visto esse livro nas redes sociais, mas não sabia que ele pertencia a uma série.
    Que bom que você gostou!! Espero conhecer a escrita do autor em breve :D
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara!
      Claro que indico.
      Vou responder lá no seu blog, ok?

      Beijooos

      Excluir
  8. Oi, Teca! Tudo bem? "Se você nunca leu nada do Harlan Coben, você não é um leitor completo." Você já começa a resenha me dando um choque de realidade! rsrs Realmente não sou um leitor completo! EU PRECISO LER ALGUM LIVRO DO HARLAN COBEN PRA ONTEM! Eu meio que sinto isso mesmo (achar que não sou um leitor completo) por até então não ter lido nada do autor, mas vou mudar isso! Esse ano eu vou ler alguns livros do autor (na minha listinha se encontram os títulos Não Conte A Ninguém, Confie Em Mim, Desaparecido Para Sempre e Seis Anos Depois. Me indica mais algum?)! Ah, adorei a resenha! Fiquei curioso para conhecer o Mickey! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony!
      Relaxa. Acho que todo leitor compulsivo como nós sempre se sente meio incompleto porque não consegue ler tudo o que há no mundo. Droga, haha.
      Esses dele que você citou são maravilhosos. Faltou aí só o Cilada, que é incrível e um dos meus preferidos.

      Beijoooos

      Excluir
  9. Já li um ou dois livros dele e também gostei bastante. Com certeza vou querer mais pra minha humilde coleção... rs
    Ótima resenha!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mone, então você é do time que adora o carequinha!
      Hahaha.
      :P

      Beijooos

      Excluir