segunda-feira, 18 de maio de 2015

"The Cover That Judges You": um livro que vai julgar você pela capa! - Por Emily Antonetti


O ditado "não julgue um livro pela capa" possui um sábio conselho: você nem sempre pode avaliar o conteúdo de algo com base apenas na sua aparência externa. Mas, isso não impede que as pessoas continuem fazendo julgamentos precipitados e superficiais. É dessa forma que decidimos, muitas vezes, qual item comprar ou em que se aventurar. No entanto, se tratando de objetos inanimados, essa avaliação é unilateral. Afinal, não é como se um livro pudesse julgá-lo de volta. Ou pode?

O artista holandês Thijs Biersteker tem a resposta: sim, é possível! Em parceria com o estúdio de design Moore Amsterdam, ele criou "The Cover That Judges You" ("A Capa Que Julga Você") - um projeto experimental que tem como objetivo ajudá-lo a apagar esse pré-conceito ao se aproximar de um livro. O protótipo, que foi criado para o The Art Directors Club of Netherlands (ADCN), tem suas páginas preenchidas com os melhores trabalhos publicitários do ano. Porém, para verificar qualquer um deles, você tem que se provar digno. Enquanto você inspeciona a capa, o livro vai te encarar e decidir se você merece - ou não - observar o seu conteúdo. 

(Imagem: reprodução/Thijs Biersteker - "The Cover That Judges You")
Para abrir o livro você deve alinhar o seu rosto com a tampa robótica - uma espécie de iPad acoplado à uma gravura que reflete a sua imagem. Uma câmera na parte superior irá captar a sua posição facial para, então, um software Nxt processar os dados e fazer a avaliação de seu estado emocional. Se você está muito animado ou com uma expressão cética, o livro não será desbloqueado e a tela permanecerá vermelha. Já, se você tiver uma expressão neutra (sem julgamentos), o sistema irá enviar um comando de áudio para uma placa Arduino destravar a obra. A luz verde é o sinal livre para você desvendar os segredos do livro. Sinceridade é, literalmente, a chave aqui.    

(Imagem: reprodução/Thijs Biersteker - "The Cover That Judges You")
(Imagem: reprodução/Thijs Biersteker - "The Cover That Judges You")
Um julgamento nunca deve atrapalhar o entusiasmo incansável de se ver algo pela primeira vez. Com uma expressão neutra ou não, é a vontade de ser um juiz justo que faz o mundo ter zilhões de oportunidades para desbravar no futuro. O experimento "The Cover That Judges You" tem como pretensão abrigar novas obras em seu interior ao ceder uma cobertura projetada para acolher os novos títulos. Será que essa moda vinga? 

Emily Antonetti

18 comentários:

  1. Olha! Achei bem interessante o livro que julga kkkk Fiquei até com vontade de me aproximar da capa e saber se eu sou merecedora ou não de olhar o conteúdo do livro kkk.


    Bjinhos!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que seríamos merecedoras?
      :P
      Dá curiosidade, né?

      Beijooos

      Excluir
  2. This post is absolutely wonderful!

    ** I'm inviting you to join Love, Beauty Bloggers on facebook. A place for beauty and fashion bloggers from all over the world to promote their latest posts!


    xoxo;
    BEAUTYEDITER.COM

    ResponderExcluir
  3. Meu deusssss do céeeeeeeeeu, amei esse livro hahha
    Infelizmente ele não ia abrir pra mim, poruqe já fiquei super empolgada com essa ideia, não ia me conter na hora dele scanear minha cara hhahaha

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Barbara, hahaha.
      Eu ia ficar quicando de ansiedade.

      Beijooos

      Excluir
  4. Nossa, que loucura O_O
    Mas a ideia é sensacional mesmo, fiquei bem curiosa!
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Loucura, né?
      Tem gente doida e criativa no mundo, haha.

      Beijooos

      Excluir
  5. Uau, que proposta diferente de livro! Sério, achei bacana demais, super legal! Pelo titulo eu pensei "uai?" mas achei muito legal mesmo!

    Beijão!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando li a matéria, pensei a mesma coisa que você, mas o título me chamou a atenção demais.

      Beijooos

      Excluir
  6. Nossa, que diferente! É meio que um experimento, né. Acho que a moda não pega não, mas é bem legal!

    beijo
    www.belatriz.info

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, moda não vira, mas é bacanaaaa, hehe.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  7. Adorei isso Teca!!
    Se os livros me julgassem, acho que vários livros me rejeitariam... e eu ficaria muito mal por isso!! hauahuahua

    Adorei esse ... experimento... Acho que eu ficaria tão ansiosa para ver o conteúdo que ele não se abriria para mim! (Triste) Mas eu tentaria fazer uma poker face! Será que eu enganaria o projeto?
    Adorei... acho que a moda vira sim, vários curiosos gostariam de saber se o livro abre o não abre para eles!

    Bjinhos
    JuJu
    As Besteiras Que Me Contam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juju, eu também ia ficar ansiosa e ele não ia abrir.
      Acho que ele deveria abrir ainda mais para os ansiosos, prova que queremos muito, né? Hahaha.
      Poker face eu podia até tentar, mas certeza que ia rir horrores.

      Beijooos

      Excluir
  8. Gente que loucura. Eu acho que ele não abriria pra mim hahahaha'

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que não abriria para mim, porque eu estaria super ansiosa para abrir logo.
      :P

      Beijooos

      Excluir
  9. Gente.. que bacana! Muito interessante.
    Mas uma coisa desse tipo super encareceria um livro, por isso acho que essa moda não vinga não..
    Mas não deixa de ser curioso. Queria ter um por perto pra ver como funciona na realidade! ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pegar acho que a moda não pega, mas ia ser divertido, né?
      :D

      Beijooos

      Excluir