sexta-feira, 17 de julho de 2015

Eu Te Darei o Sol – Uau!


Quando comecei a ler Eu Te Darei o Sol, de Jandy Nelson, enviado pela Editora Novo Conceito, achei que ia gostar, mas não imaginava a maravilhosidade que essa obra na verdade é. O livro é de uma delicadeza, de coração aberto e de sensibilidade que poucos são os autores que acham esse equilíbrio perfeito do drama sem chegar ao melodramático.

Livro cedido pela Editora Novo Conceito

Em Eu Te Darei o Sol, Jude e Noah é um casal de gêmeos que tem uma ligação emocional e mental muito forte, mas que compete ferozmente pela atenção e amor dos pais. Noah é um artista, um pintor de proporções épicas, um revolucionário, um espírito livre. Só que tudo isso faz com que ele seja considerado esquisito pela maioria das pessoas. E Jude é uma garota popular. Loira, linda, surfista, cheia de amigos, mas também tem uma veia artística com as incríveis esculturas de areia que faz. Noah é mais próximo da mãe, uma professora de arte, e Jude do pai, um médico machão. E ambos os gêmeos sentem um ciúme doentio do outro em relação a isso. 

Num momento complicado da vida, a adolescência, Noah e Jude precisam descobrir quem são, como aceitar isso, principalmente sua sexualidade latente e recém-descoberta, e ainda por cima aprender a lidar com fatos fora do seu controle, como a separação dos pais e ambos estarem apaixonados por Brian, o novo vizinho.

Eu Te Darei o Sol mostra como uma série de pequenas e grandes mentiras, mal entendidos e problemas de comunicação podem separar e acabar com o amor, mesmo que o sentimento seja extremamente forte, como entre irmãos gêmeos. As consequências são cruéis, transformando pessoas em cascas ocas e vazias.

Jandy Nelson
A maneira como Jandy Nelson trata do tema homossexualidade é muito natural e doce. Impossível não se apaixonar por Noah e por sua história com Brian, o garoto que gosta de meteoritos, joga beisebol e é popular em sua cidade. Noah é uma alma artística que enxerga em cores e movimentos e pinta retratos em sua mente. E Jude era uma garota feliz, supersticiosa e meio piriguete (Desculpa, Jude, mas você era :x, haha), mas que se torna confusa desde que passou por um abuso sexual e resolveu vestir um manto de invisibilidade e fazer um boicote contra meninos. Até que aparece Oscar, uma confusão ainda maior do que ela, uma tormenta em formato de gente.

A narrativa é fácil e muito interessante, quando você percebe, opa, acabou! E a autora alterna capítulos entre Jude e Noah, com Jude tendo um pouco mais de espaço que o irmão. Mas o diferente da escrita é que Noah narra os fatos da época em que ambos tinham 13 anos e Jude já com 16 anos. Apesar do tempo ser diferente, as informações e as lacunas vão sendo esclarecidas no momento certo e o leitor se situa em tudo o que aconteceu nesse intervalo.

Enxergo Eu Te Darei o Sol como uma história sobre destinos cruzados, sobre pessoas que devem e vão se encontrar em algum ponto do caminho, independente se a história de vida seguiu rumos contrários ao que se esperava, se ela foi rompida em algum ponto. Uma obra extremamente bonita, tocante e que vai deixar o seu coração morrendo de amor pelos personagens extremamente cativantes, confusos e estranhos (No bom sentido, claro).

Algo que achei muito bacana é que a Novo Conceito enviou junto com o livro um livreto de ilustrações da história para colorir! Como Noah é um artista e sempre cria retratos e autorretratos enquanto conversa com as pessoas, a editora mandou alguns deles para nós. 

Olha o meu sobre Jude amarrar garotos no cabelo.


Recomendo demais.

Teca Machado


3 comentários:

  1. Parece um livro incrível!
    Fiquei morrendo de vontade de ler!
    Com certeza vou procurar um pra mim depois! ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mone, é incrível mesmo!
      *.*
      Eu amei de paixão.
      Espero que leia e que adore tanto quanto eu.

      Beijoooos

      Excluir
  2. Eu sempre quis uma irmã gêmea, então acho que vou adorar o livro, kkkk.
    Ok, brincadeiras a parte, adorei a resenha. O livro parece ser super interessante e diferente.
    Se você recomenda e ficou toda apaixonada, vou querer.
    Achei o título tão legal. Me chamou a atenção.
    Xoxo, Tiana Moraes

    ResponderExcluir