sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Prometo Falhar – Arrebatou meu coração


“De tudo o que eu amo é você o que mais me apaixona”.

Pedro Chagas Freitas, autor português, arrebatou o meu coração com essa frase, simples assim, logo de cara, na primeira página do seu livro Prometo Falhar, da Editora Novo Conceito. Se bem que já na capa eu tinha sido fisgada pela diagramação linda e pelo subtítulo que diz “O amor acontece quando desistimos de ser perfeitos”

Livro cedido pela Editora Novo Conceito

Não esperem uma resenha imparcial, porque eu amei tanto que vai ser difícil isso acontecer.

Com melancolia, delicadeza, sagacidade e sensibilidade na medida certa, o poeta (Sim, o que ele faz é poesia e beleza pura, me recuso a chamá-lo de mero escritor) vai envolvendo você num cobertor aconchegante e quentinho cheio de amor em crônicas, passagens, textos curtos de uma, duas, três, quatro páginas que poderiam muito bem descrever a sua vida.

Prometo Falhar, essa lindeza, fala sobre amor. Mas não só amor romântico que deu certo e é idealizado. Fala sobre amores falhos, amores roubados, amores de amantes, amores platônicos, amores de mãe, de pai, de filho, de avô e todos os outros tipos que esse sentimento pode tomar forma. Mas, como várias vezes Pedro Chagas Freitas fala, não vale amor insosso, amor sem graça, amor que não arrebata. Se é amor, tem que tirar os pés do chão, abalar as estruturas, perder o rumo da vida e estar mais do que feliz por essa bagunça toda. Afinal, em certa página ele diz:

“A vida é pequena demais para perdemos tempo gastando energia em algo que não envolva amor”.

Acho que estou meio apaixonada por ele. Poeta e gracinha!
E não é que ele tem razão?

E como você provavelmente já amou pelo menos uma pessoa na vida, tipo a sua mãe, o livro é para você. É impossível não se identificar com quase tudo algum texto ou enxergar pessoas que você conhece naquelas linhas. Pedro Chagas Freitas escreve para mim, para você, para a sua vizinha, para si mesmo, para todos aqueles que têm um coração.

Prometo Falhar te faz ficar com vontade de chorar, de rir, de gritar, de ligar para as pessoas que você ama, de pedir perdão, de dar perdão, de correr gritando na rua “Eu amo você”, de viver intensamente. Quando terminei a leitura, fiquei abraçada ao livro pensando “Graças à Deus essa coisa linda caiu nas minhas mãos”, e olha que eu não sou muito de crônicas e poesias.

As crônicas não tem título, não tem número, não tem identificação. A pontuação não segue as normas comuns, às vezes temos um texto inteiro com ponto final apenas na última linha. E mesmo assim, sendo diferente do que estamos acostumados, a leitura flui e te arrebata. 

Meu livro ficou todo grifado. A cada citação ou frase que mexia comigo lá ia eu com a canetinha cor-de-rosa marcar. Se pudesse, grifava o livro inteiro. É uma obra para deixar num local de fácil acesso e reler textos sempre que sentir vontade.

E a Editora Novo Conceito mandou para os parceiros um pacotinho com mensagens curtas num cartão. Todos os dias, tiro uma e leio. Com tanta coisa linda, o dia fica até mais bonito.



Agora é torcer para a editora publicar todos os 21 livros de Pedro Chagas Freitas. Sei que eu gostaria de ler.

Recomendo um monte.

Teca Machado

12 comentários:

  1. Olá!

    Estou louca pra ler esse livro! Em breve, o autor vem pro Brasil e eu não vou poder ir :'( A parte ruim desse livro é que, certeza, está em português de Portugal, o que, meio que perde um brilho, porque mesmo sendo o mesmo idioma, há muitas palvras que lá é uma coisa e aqui é outra. Mas não acho que isso da língua vai tirar o amor envolvido nesse livro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kamila!
      Esse livro é amor demais.
      Fica tranquila que a editora fez algumas alterações para o nosso português, então é na nossa língua.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  2. Oi Tecaaa!
    Primeiro desculpa pelo sumiço estou tendo problemas para entrar e alguns blogs e agora que consegui entrar no seu bora aproveitar hahaha
    Aliás, parabéns pelo casamento. Vi as fotos e achei liiindo demais!!
    Quanto ao livro já achei a sinopse logo de cara legal. Quero ler sim, estou bem entusiasmada e assim que der eu leio!!
    Que bom que se identificou tanto com essa leitura!

    Beijooos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa!
      Muito obrigada :* Sou suspeita para falar, mas foi lindo mesmo, haha.

      Então, que bom que gostou da sinopse e ficou com vontade de ler.
      É de uma lindeza suprema Prometo Falhar.

      Beijoooos

      Excluir
  3. Eu quero!!! Nunca ouvi falar do livro ou do escritor mas sua resenha me deixou apaixonada pelo livro!!!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, que bom que te apresentei Prometo Falhar, então.
      Espero que leia e se apaixone tanto quanto eu.
      *.*

      Beijooos

      Excluir
  4. Oi Teca,
    Ah terminei de ler esse ontem...fiquei apaixonada, reflexiva, com sorriso bobo no rosto...
    Acho que foi a experiência mais bacana que tive com crônicas.

    E essa caxinha de mensagens? Muito amor.

    Socorro, vinte um livros! Quero amar todos.

    bjs e tenha um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, se continuar nesse nível, certeza que vou amar todos!!!
      *.*
      Como não ficar alucinada por esse livro? Como?
      Eu juro que abracei o meu livro no final e fiquei sorrindo igual bocó, haha.

      Beijoooos

      Excluir
  5. Que sugestão bacana, Teca!

    Vi que você gostou muito do livro mesmo. Eu achei muito interessante, mas confesso que tenho algumas barreiras levantadas porque já livro com o português de Portugal e não entendia todas as palavras e meu dicionário não me ajudava porque era português do Brasil e fui péssima na interpretação de texto. :(

    Desde então eu costumo tentar fugir de livros em português diferente do brasileiro... Hahahaha

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina!
      Se esse é o problema, pode ficar tranquila.
      A editora adaptou as expressões e frases muito portuguesas.
      O livro é basicamente todo no nosso português.
      Dá uma chance, sei que você vai adorar.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  6. Não tinha ouvido falar do livro ainda, mas depois de uma resenha tão apaixonada, como ficar indiferente?
    Já quero! rs
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que consegui essa reação de você, Mone!
      Como ficar indiferente? Não dá!
      *.*
      Espero que leia e goste tanto quanto eu.

      Beijooos

      Excluir