quarta-feira, 15 de junho de 2016

Don’t Trust The B*** in Apartment 23 – Comédia nonsense e divertida


Hey, você tem até o meio dia de hoje para participar do sorteio em comemoração aos 4 anos do blog e ao meio milhão de views! Corre aqui!

*** 

Passear sem muito compromisso pelas listas de séries da Netflix pode ser uma experiência interessante. Ao mesmo tempo que você pode achar produções bem chatas, também pode dar de cara com coisas maravilhosas. São várias as séries que não fizeram muito sucesso, mas que você deveria ter assistido, como o caso de Don’t Trust The B*** in Apartment 23.


Com apenas duas temporadas, sendo que a primeira tem só sete episódios, Don’t Trust The B*** in Apartment 23 gira em torno de June (Dreama Walker) e Chloe (Krysten Ritter, a Jessica Jones), duas colegas de apartamento que não poderiam ser mais diferentes. June é a garota fofa do interior que após terminar a faculdade conseguiu um emprego numa multinacional. Mas ao chegar em NY para começar a trabalhar, a empresa fecha e ela precisa encontrar uma casa. Ao responder um anúncio de uma garota que procura colega para dividir um apartamento, para seu grande azar (ou sorte) June conhece Chloe. 

Chloe não quer mesmo alguém para morar com ela e sim aplicar golpes em meninas inocentes e assustar a nova moradora até que ela desista e fuja correndo. Mas, apesar de otimista e boazinha, June é diferente das outras colegas que Chloe teve e assim começa uma amizade bizarra e muito divertida que surpreendentemente é boa para as duas.


Ao invés de fazer uma resenha normal, vou listar aqui motivos pelos quais você deveria assistir essa comédia divertida que beira o nonsense:

1- Chloe. Krysten Ritter dá vida à personagem mais calhorda, cafajeste e bitch de todo universo de seriados. Mas é carismática, divertida e tem uma noção tortíssima de moralidade que de algum modo dá certo. Por mais que seja impossível confiar nela, é uma pessoa da qual é inevitável querer ser amiga.


2- June. A protagonista de Dreama Walker é fofa, engraçada, louca e certinha. A combinação parece meio estranha, mas é totalmente crível. Os seus ataques e otimismo com Chloe são alguns dos melhores momentos da série e a gente acaba se identificando com seus dramas.


3- James Van Der Beek. O ator consagrado por Dawson’s Creek fez um incrível papel de si mesmo. Ele brinca o tempo todo com o fato de que é apenas lembrado pelo seu sucesso dos anos 1990, é totalmente sem noção, tão calhorda quanto a sua melhor amiga Chloe. Fora que é fantástico o modo como o ator aceitou fazer uma versão tão bizarra de si mesmo.


4- As situações absurdas que Chloe vive. É tudo tão louco e não realístico que é impossível acreditar que alguém viva como Chloe, mas é tão legal que você realmente deseja que tudo aquilo fosse real.

5- O vizinho pervertido que conversa com elas pela janela. Eli (Michael Blaiklock) vive no apartamento em frente à Chloe e June e vive dando palpite na vida delas. Até aí tudo bem, se ele não fosse um tarado completo que faz coisas inomináveis enquanto conversa com naturalidade com as garotas.


6- As tiradas e perólas de sabedoria de Chloe. O roteiro é cheio de conversas rápidas e cheias de duplo, e até mesmo triplo sentido, que você precisa estar muito atento para não perder. E mesmo recheado de falas sobre sexo, nada é explícito (Nem mesmo quando Chloe pega o noivo de June em cima do seu bolo de aniversário). É muito difícil você não rir pelo menos uma vez por episódio.

"Se eu tivesse tempo para me preocupar com toda pessoa que me admira, imita ou persegue, eu não teria tempo para ser a fabulosa pessoa que sou."

7- O apartamento 23. Ele é uma gracinha, do tipo que você totalmente iria querer morar nele em sua fabulosa vida de Nova York. Tudo bem que é muito irreal que uma garota que trabalha num café e outra que mal trabalha consigam pagar por ele em plena Manhattan, mas tudo bem. Releve.

8- A música de entrada. Ela só tem três versos, mas gruda na sua cabeça com sua aura de fofa, mas que não é. “I’m not perfect, I’m no snitch. But I can tell you she’s a bitch” (Eu não sou perfeita, eu não sou dedo duro, mas posso te dizer que ela é uma vaca).


9- As referências. Cheio de referências do mundo pop dos últimos anos (principalmente de Dawson’s Creek), até mesmo atores aparecem fazendo papel deles mesmos, sempre de forma bizarra, como James Van Der Beek.

10- Todo mundo é meio pirado. Todos os personagens, todos mesmos, até os que aparecem em apenas um episódio, são loucos, nada normais e sem medo de serem surtados, o que é ótimo para a comédia.



Viu como essa é uma série que você deveria dar uma chance?

Recomendo.

Teca Machado

11 comentários:

  1. Aaah eu gosto muito dessa série, confesso que fui assistir sem muita animação, imaginei que fosse ser chato. Mas como virei fã da atriz Krysten Ritter depois de assistir Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e desde então não me arrependi de nenhum filme ou série com ela no elenco.
    Mas a série já me prendeu desde o início, ela é viciante, só fiquei triste porque são poucos episódios.
    Gostei muito do post, descreveu muito bem sobre a série.
    Bjoes ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram muitos poucos, né?
      Quero mais!
      Me diverti para caramba com a série!
      Ela é realmente maravilhosa.

      Beijooos

      Excluir
  2. e tinha visto o comercial na tv antes de começar a exibir, parece ser bem engraçado
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  3. EU AMO ESSA SÉRIE E AINDA NÃO SUPEREI O CANCELAMENTO,
    Ela é tão hilária e tão boa <3 E eu acho maravilhoso o James interpretar ele mesmo SHUASHASA
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não superei, Mandy!
      Era tão boa e o fato do James ser o James era o melhor, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  4. OI BISTEQUINHA
    ADOOOOOOOOOOORON séries, filmes ou livros em que as pessoas são meio piradas HHAHAH então agora tô morrendo de vontade de assistir *-* as férias tão chegando e to ficando pronta pra dar cabo em TUUUUUUUUDO de legal do netflix *-* mais uma anotadinha pra lista!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hellz, nessa são completamente piradas!
      Hahahahahahahahahaha
      Assista, você vai adorar!

      Beijooos

      Excluir
  5. ADOREI!!!!!!!
    Não fazia ideia que essa série existia, mas você já me convenceu a assistí-la, Teca! Hahahahaha
    Preciso de tempo para assistir, mas vou conseguir!! Hahahaha
    Espero que não tenha sido cancelada ainda porque ela parece ótima e hilária! xD

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito legaaaaaaaal!
      Mas foi cancelada. Foram só 2 temporadas, sendo que a primeira foi bem curtinha.
      :(

      Beijoos

      Excluir
  6. Já tô rindo aqui só com os motivos, imagine com a série... rs
    Fiquei super afim de ver. Quem sabe, né, já que amo comédia... ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir