quinta-feira, 30 de junho de 2016

Chorona, eu? Claro! – Projeto Drama Queen #84


Eu sou uma das pessoas mais choronas que vocês jamais conheceram. Costumo dizer que os meus canais lacrimais vieram com defeito e eles funcionam na hora que querem, sem pedir a minha permissão. Tanto que a maioria das pessoas próximas a mim nem levam mais minhas lágrimas a sério.


Eu choro de tristeza, de raiva, de alegria, de rir, de frustração, de TPM, de emoção e de quase todos os outros sentimentos que existem. Às vezes é um tanto constrangedor.

Sim, é um alívio chorar, botar para fora aquilo que está explodindo por dentro, mas no fim das contas não é muito legal se você faz isso com frequência. Segue, então, uma lista dos maiores dramas de ser uma chorona assumida e inveterada:

1- Ouvir alguém falar “não chora”.

Aí, meu amigo, é que a gente chora mesmo! Usar essas duas palavras juntas é sinônimo de é-agora-então-que-eu-vou-abrir-as-comportas-e-desidratar. Não sei porque, mas essa pequena frase libera todas as lágrimas que existem dentro do meu ser.

2- Sentir vontade de chorar no ambiente de trabalho.

Seja porque o seu chefe é um babaca, seja porque alguém lá brigou com você ou seja porque você está passando por alguma situação difícil fora da empresa, chorar no trabalho pega mal. Mas tem dias que não dá, que a gente vai chorar. Aí precisa decidir se vai chorar virado para a tela do computador enquanto finge que trabalha, mas as lágrimas (e um pouco de catarro, claro) escorrem ou se vai ao banheiro chorar e se sentir no fundo do poço fazendo isso escondido e chorar mais ainda.

3- Não conseguir disfarçar a cara depois do choro.

Há anos eu tento técnicas de fingir que não estava chorando, mas não me aperfeiçoei ainda. As pessoas sempre sabem que eu chorei, por causa dos olhos vermelhos e brilhantes, o nariz fungando, a voz trêmula e as bochechas vermelhas (e as minhas ficam mesmo, eu tenho um pouco de rosácea, então quando eu estou estressada de algum modo, elas pipocam de vermelho e calor).

4- Chorar sozinha em público.

Toda vez que penso sobre isso, relembro o dia em que li o final do livro Melhor de Mim, de Nicholas Sparks, no avião. Eu chorava tanto, mas tanto, que o cara sentado ao meu lado perguntou se eu estava bem ou precisava de algo, porque tinha ficado preocupado comigo. E essa não foi a única vez em que isso aconteceu.

5- Não ter motivos, mas chorar mesmo assim.

Não sei vocês, mas isso às vezes acontece comigo, principalmente na TPM. Eu estou lá, tranquilona e feliz, e de repente bate aquela vontade louca de derramar umas lágrimas. Por que? Não sei. O problema é tentar explicar isso quando alguém pergunta o motivo de você estar chorando.

Eu na vida

*** 

E você? É chorona (chorão) também? Já passou por situações constrangedoras por causa de choro? Conta para a gente!

O Projeto Drama Queen é uma parceria bem divertida entre os blogs Casos, Acasos e Livros e Pequena Jornalista, que fala de maneira bem humorada sobre os dramas terríveis e nem tão terríveis da vida. Participe você também enviando um texto bem dramático.

Teca Machado

5 comentários:

  1. Oiii Tecaaaa!

    No período pré menstrual então!!! hahaha
    O jeito é deixar rolar e desabafar tudo o que tiver pra desabafar.. haha
    Pelo menos funciona comigo.
    Mas ser chorona às vezes dá a impressão para as pessoas de que somos frágeis ou fracas, o que não é verdade.

    Beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipo eu.
      Me esgoelo de tanto chorar!
      Mas estou longe de ser frágil.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  2. Hahahahaha! AMEI o gif!
    Super choro em vários filmes, desenhos, livros e quadrinhos!!

    Mas normalmente não sou muito chorona não. E minha cara não fica marcada de choro!! Então posso chorar e nem vão reparar!! Hahahaha
    Fico só imaginando você depois de assistir Como eu era antes de você! Hahaha

    Algumas vezes vale a pena chorar, né? Dá até um sentimento de alívio.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, a gente se entende!
      Só que eu sou chorona na vida, não só em filmes e livros.

      Beijooos

      Excluir
  3. Eu já fui muito chorona, mas acho que a vida congelou minhas lágrimas... hsuahsuahsua (olha só o drama...)
    Mas sério, hoje em dia não sou chorona assim mais não. Sei lá por que.
    Mas sempre existe um dia na vida da pessoa que dá tudo errado, né, nesses dias acaba acontecendo uma (ou todas) das situações acima, não tem jeito... rs
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir