segunda-feira, 27 de junho de 2016

The Ranch – Ashton Kutcher no Colorado


Pela primeira vez a Netflix produz uma série no formato de sitcom: The Ranch, com Ashton Kutcher. Mas, ao mesmo tempo que tem plateia em estúdio para rir, cenários pré-determinados, claquete sonora e todo o jeito do gênero que fez tanto sucesso principalmente nos anos 1990, The Ranch tem suas diferenças com as originais.


De acordo com os produtores, os mesmos de Two and a Half Man, e Ashton Kutcher e Danny Masterson, que são produtores executivos além de protagonistas, a série se diferencia na estrutura de enredo. Por exemplo, as cenas não acabam sempre em piada, como é normal nas sitcoms. Fora que também não é uma caricatura da vida americana num rancho ou da família disfuncional. Apesar de comédia, The Ranch tem bastante drama, brigas, arrependimentos, conflitos e emoções. Não é simplesmente para nos fazer rir (e ela faz em vários momentos), mas sim pensar nas nossas próprias relações desgastadas.

Não chego a exagerar dizendo que é uma série profunda, cheia de sentimentalismo e chororô, afinal, é de uma comédia que estamos falando e é do Ashton Kutcher, mas, na medida do possível, ela é sim diferente das outras comédias. Então, mesmo se você não seja muito fã do gênero, dê uma chance para The Ranch. Vai que você gosta da maneira como ela foi montada.

Kutcher e Masterson, parceria antiga

No enredo, Colt Bennett (Kutcher) volta para casa, um rancho no Colorado, após sair da sua cidade natal muito novo para jogar futebol americano. Apesar do sonho ser muito intenso, ele apenas conseguiu jogar na liga semi profissional do Canadá. Quando passa uns dias no rancho, onde seu pai Beau (Sam Elliot) ainda mora com o seu irmão mais velho Rooster - Galo (Masterson), Colt percebe que eles passam por sérias situações financeiras. Então decide deixar sua carreira um tanto fracassada de lado para ajudar sua família. Mas isso é muito difícil de se fazer, já que Beau e Colt não se dão bem de jeito nenhum e a mãe deles, Maggie (Debra Winger), mesmo separada do pai, está sempre no rancho ou tentando ajudar na relação do pai com os filhos.

É interessante ver a química e a dinâmica de Kutcher e Masterson, já que há 10 anos eles foram colegas de elenco em The 70’s Show (Eu amava!). Amigos desde então, eles são responsáveis hoje por The Ranch. É impossível ver os dois juntos em cena e não pensar em Hyde e Kelso.



Não nego que Ashton Kutcher é basicamente ele mesmo, como quase sempre. Apesar de que The Ranch tem uma carga dramática maior e ele não faz papel de burro ou idiota. Mesmo não sendo o ator mais espetacular do mundo, gosto muito dele como artista, porque muito mais do que interpretar, ele é um empreendedor, um homem de negócios, um produtor, um investidor de startups. Tenho a impressão que hoje ele só atua porque gosta, não porque precisa, já que soube trabalhar com a sua fama e seu dinheiro de maneira que poucos em Hollywood souberam.

Todo elenco se encaixa muito bem com The Ranch. Danny Masterson, além da dinâmica muito boa com Kutcher, tem o mesmo com Sam Elliot. Irônico e engraçadão, ele é aquele amigo que todo mundo tem, que a gente nunca sabe se está brincando ou falando a verdade. Sam Elliot, com sua voz grave e jeitão de cowboy, é sério, mas a gente sabe que no fundo seu coração machão é mole igual manteiga. E Debra Winger é um ótimo acréscimo ao quarteto, sempre com uma boa tirada engraçada.



A Netflix encomendou 20 episódios da primeira temporada de The Ranch divididos em dois blocos. Os 10 primeiros já estão no ar e no segundo semestre os outros 10 serão liberados. Com menos de um mês no ar, a segunda temporada já foi anunciada e deve ser lançada em 2017.

Recomendo.

Teca Machado

8 comentários:

  1. Oiii!!

    Teca, eu ainda não assisti essa série, na realidade, meu namorado já encheu o saco para começar, confesso que não sabia muito além do fato de ter o Ash no elenco, sua resenha me agradou.
    O problema é que agora ele tá sem PC e temos um combinado de assistirmos juntos. Então eu vou esperar um pouco para assistir :D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora já tem a parte 2 da primeira temporada.
      Você vai gostar!

      Beijooos

      Excluir
  2. Olá Teca, eu adoro séries.. mas confesso que há seis meses que não assisto série alguma, muito menos filmes: mudei de casa e estou morando com minha mãe desde então, até o casamento que in shaa Allah acontecerá o mês que vem... Sabe quando você não consegue se organizar com tempo e espaço? ahahahha
    Fiquei animada com essa série e vou colocar no topo da minha lista!
    Boa tarde,
    Vandira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Aminah, sei exatamente como você se sente.
      Foi assim comigo no ano passado!
      :D
      Já já você organiza sua vida de novo, tenho certeza.

      Beijooos

      Excluir
  3. preciso de mais tempo na vida pra ver series! eu adoro o ashton, fiquei interessada em acompanhar a serie sim!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lívia, tenho certeza que você vai gostar.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  4. Oi, Teca!!

    Eu vi muitas ações relacionadas a essa série, mas, para ser sincera, não fiquei com vontade de assistir não.

    Mesmo com sua recomendação, acho que não estou muito nessa vibe no momento.
    Quem sabe mais para frente, né?

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah, Carol, uma hora que você quiser uma série leve, você vai gostar.
      :)

      Beijooos

      Excluir