sábado, 10 de setembro de 2016

A Última Carta de Amor – Jojo Moyes sendo Jojo Moyes


Se tem uma autora que sabe tocar até o coração mais gelado do mundo é a Jojo Moyes. Com o sucesso de Como Eu Era Antes de Você, a Editora Intrínseca passou a publicar suas outras obras nos últimos anos. Já li também A Garota Que Você Deixou Para Trás e Um Mais Um. E agora na lista está também A Última Carta de Amor.


A Última Carta de Amor é um livro doce, emocionante, lindo e que nos dá vários nós na garganta. Não é tão trágico quanto Como Eu Era Antes de Você, mas, como tudo que a Jojo Moyes escreve, tem uma alta dose de drama e tristezas. Dessa vez não chorei, mas senti um aperto no peito várias vezes, além de compaixão pelos personagens.

Temos duas protagonistas nesse livro: Ellie e Jennifer, duas mulheres de décadas diferentes, com problemas diferentes, mas de certa forma iguais. Ellie vive nos dias atuais. É jornalista, independente, tem amigos e vive um caso com um homem casado. Já Jennifer é uma mulher “perfeita” dos anos 1960. Linda, casada com um rico empresário, é fútil, superficial, tem o armário recheado de vestidos maravilhosos, mas vive uma vida vazia, sem realmente amor.

Em 1960, Jennifer acorda no hospital após um acidente de carro. Sua mente ficou embaralhada, ela não se lembra de basicamente nada do que aconteceu nos últimos anos. Mesmo que todos digam que ela é casada, feliz e tem uma vida maravilhosa, a qual ela tenta se adaptar, Jennifer sente que algo está faltando. Até que ela encontra cartas de amor endereçadas a ela por um tal de B. Mesmo sem saber quem é esse homem e como terminou (ou não) o caso deles, a mulher percebe que tinha um amante e que estava disposta a largar tudo para ficar ao seu lado.

Quarenta anos depois, Ellie encontra no arquivo do jornal onde trabalha as tais cartas. Com a intenção de saber o que aconteceu aos amantes, a jornalista começa uma busca pelos protagonistas dessa história. O que ela não sabia é que nessa procura ela pode encontrar as respostas para os seus próprios problemas.

Jojo Moyes
Mesmo que no começo seja um pouco confusa a leitura, já que Jojo Moyes não deixa claro sobre quem é o capítulo e qual a data dele, você logo se vê totalmente fisgado pelo enredo. Isso foi uma sacada muito interessante da autora, já que esse fato nos cria algumas surpresas, ao pensar que algo está acontecendo em determinado período, mas é outro.

É “chover no molhado” dizer que a escrita de Jojo Moyes é maravilhosa, que a leitura flui muito rápida, que ela é criativa e que ninguém nesse mundo sabe despedaçar nosso coração como ela. Mas não custa repetir. Então aqui vai: A Última Carta de Amor é incrível, assim como todos os livros da escritora. A narração é em terceira pessoa, com os pontos de vista de Jennifer; Moira, secretária do seu marido; Anthony, jornalista que entrevista seu marido; e Ellie. Tantos personagens nos dão uma visão mais geral da história.

Mas um dos pontos que mais me chamaram a atenção foi o fato a temática do livro: duas protagonistas envolvidas com adultério. Esse é um assunto em que todos nos dizemos contra e que odiamos. Mas nem tudo é preto no branco, como parece a primeira vista. Sim, é errado, é imoral e é condenável, mas a situação tanto de Jennifer quanto de Ellie nos faz meditar sobre o assunto, ainda mais porque ambas sabem que o que fazem não é correto. 

Não fiquei a favor da traição, longe disso, mas não vou ser falsa moralista de dizer que não torci por Jennifer e seu misterioso B (já por Ellie e seu amante não). Vi muitas críticas com pessoas dizendo que não se identificaram com as personagens por causa disso, que não gostaram de nenhuma das duas, mas não creio que seja verdade. Nosso coração é tocado pelo drama, pela tragédia, pelos encontros e desencontros. No fim das contas, são histórias de amor. Histórias que não começaram certo e que não poderiam dar certo, mas que mexem com você.

Entre cada capítulo tem um trecho das cartas de Jennifer e B. e de outras pessoas, tanto de amigos de Jojo Moyes quanto de personagens de livros ou pessoas famosas, como a Rainha Elizabeth I. Isso deu um toque todo especial a mais para a diagramação.

A Última Carta de Amor é mais um livro sensacional de Jojo Moyes e que vai ficar por muito tempo com um espaço especial entre os meus preferidos.

Recomendo um monte.

Teca Machado 

P.S.: Meu novo livro Je T’aime, Paris está participando de um projeto de financiamento coletivo no Catarse. Quer ajudas? Entre aqui e conheça um pouco mais sobre o assunto.

9 comentários:

  1. Oiiii Tecaaaaa!

    Nossa já li tantas coisas boas sobre esse livro que só me dá mais vontade de lê-lo.
    Por enquanto está meio complicado comprar livros novos. Mas com certeza vou manter esse título na minha mente! haha

    Beijão!
    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito maravilhoso, Raíssa!
      Você vai amar!

      Beijooos

      Excluir
  2. Oi Bistequinha!

    acredita que sou a diferentona que ainda não leu nada da Jojo? Pois é! HAHAH Mas tô exatamente com esse livro aqui pra ler. Depois te conto o que achei <3

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hellz, como assim?
      Leia logo, mulher!
      Você vai amar!

      Beijoooos

      Excluir
  3. Jojo sempre arrasando♥
    Esse título eu ainda não li, mas irei adquirir, gostei muito da descrição.
    Comecei a gostar do gênero através das leituras dos livros da Jojo.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre arrasando,
      Você vai amar, tenho certeza.

      Beijoooos

      Excluir
  4. Oi Teca,

    Acho que sou uma das poucas pessoas que não conhece a Jojo e não tem tanto interesse assim em conhecer. O coração gelado é para mim, com certeza. Livros muito dramáticos não são a minha praia, por isso não leio. Sei que ela tem fãs muito apaixonados, mas eu prefiro não ler. No futuro, quem sabe. :/

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Que pena!
      Mas quem sabe em breve você acaba lendo e gosta.
      Nunca se sabe.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  5. Até hoje não li nada dessa autora, mas tenho certeza que do jeito que sou chorona, qualquer um dos livros dela vai me fazer derramar algumas lágrimas.. rs
    Esse da resenha de hoje parece ótimo e confesso que fiquei bem curiosa quanto ao desfecho das duas personagens que tem suas vidas interligadas meio que de repente.. ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir