sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A Bíblia em imagens

Eu costumo dizer que quando morrer e chegar ao Céu, vou fazer várias perguntas para Deus sobre os mistérios da humanidade: “Como o Universo é infinito?”, “Como o Senhor é infinito?”, “A Terra é o único planeta habitado?”, “Quantos grãos de areia têm na praia?”, “Como é ser onisciente?” e muito mais. Acho que vou começar a anotar num caderninho, pois as dúvidas são muitas. Mas outra coisa que vou pedir a Ele é o que eu chamo de Cine Céu. Quero “assistir” as histórias da Bíblia como elas realmente aconteceram numa espécie de cinema, fora que desejo muito conhecer os homens e mulheres que fizeram parte da história da humanidade.

Enquanto isso não acontece (Já que por mais que eu queira ir para o Paraíso, ainda quero passar muitos anos aqui na Terra), fico satisfeita com a série televisiva criada pelo History Channel chamada A Bíblia.


Uma produção de Mark Burnett (De Survivor, The Voice e The Apprentice) e Roma Downey, A Bíblia conta com 10 episódios baseados (E praticamente fieis) nas Escrituras Sagradas. O primeiro, é claro, mostra a criação do homem, com Adão e Eva (Em cenas extremamente bem feitas e com ótimos efeitos especiais), e o último conta o que aconteceu com os discípulos e apóstolos de Jesus depois que Ele ressuscitou e ascendeu aos Céus outra vez.

Adão e Eva

Segundo Mark Burnett, foi escolhido um elenco com integrantes de várias nacionalidades e nenhum realmente famoso para “evitar distrair o público com celebridades reconhecíveis”. Para ele, o foco são as histórias.

Davi na sua batalha contra Golias

Um dos destaques de A Bíblia é Diogo Morgado, ator português que faz o papel de Jesus. A serenidade dele é algo impressionante. As cenas da crucificação são de partir o coração. Uma das melhores sequências de todos os episódios é quando Jesus conhece Pedro e lhe chama para ser seu discípulo. Quando o pescador pergunta “Mas, Jesus, o que nós vamos fazer?”, ele, com o rosto mais tranquilo que existe, responde “Mudar o mundo”. Simples assim. Ótimo ator, Diogo Morgado é provavelmente uma das apostas de Hollywood para novos galãs (E olha, ele é muito bonito!).

Diogo Morgado, como Jesus

Em entrevistas, Mark Burnett e Roma Downey (Que, além de produtora, faz o papel de Maria, mãe de Jesus), afirmam que todo o sucesso mundo afora foi por causa de Deus, que manteve a Sua mão sobre eles durante todo o processo. Michael Davis, também um dos produtores e responsável pela divulgação da série no Brasil, comenta que são fatos de conhecimento universal, por isso tentaram ao máximo seguir o original, mesmo que dando um pequena modernizada nos textos. “Não importa se a pessoa é evangélica ou católica, a série abrange um número enorme de pessoas. É a minissérie que mais vendeu na história da televisão”.

Jesus e seus discipulos

A Bíblia é uma excelente produção, que foi exibida nos Estados Unidos em março de 2013. Teve no primeiro capítulo uma audiência de 13,1 milhões de pessoas e o ritmo se manteve até o final. Eu assisti em DVD há duas semanas, mas a boa notícia é que no Brasil a Record comprou os direitos e vai exibir a série a partir de 16 de outubro, com uma apresentação semanal todas às quartas-feiras.

João Batista batizando Jesus

Posso dizer que A Bíblia é, definitivamente, de fazer emocionar, chorar e sorrir,  mostrando o amor de Deus pela humanidade. Além disso, se a sua anda abalada, com certeza os episódios (Principalmente os com Jesus), vão te incentivar a fazer as pazes com Deus.

Recomendo como nunca.

Teca Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário