quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Da fama ao esquecimento: Fenômeno de um Sucesso Só

Já está participando do sorteio do livro Como Passar em Provas e Concursos, de William Douglas? Saiba como aqui, no post de ontem!

Quer me deixar feliz (Ou qualquer outra pessoa maníaca por leitura)? Então dê um livro de presente. Seja no Natal, seja no aniversário, seja porque é terça-feira. Simples assim. Se for um livro que eu quero, ótimo. Se for um livro que eu nem conheço, ler e amar, melhor ainda. Esse foi o caso de um dos últimos que li, chamado Fenômeno de um Sucesso Só: A História de Bee Bearhorn, de Lisa Jewell (Por falar nisso, muito obrigada pelo livro, Dudu!).


A história não é real, mas bem que podia ser. Muitos músicos já passaram por isso, estão passando ou vão passar. Bee Bearhorn foi uma cantora londrina dos anos 1980 que fez um sucesso estrondoso com uma única canção. Quando o seu segundo álbum foi lançado, ninguém gostou. Quando chegou a vez do terceiro, ela já tinha caído no esquecimento. O que era glamour, virou apatia e Bee se viu sozinha, sem dinheiro e abandonada por todos, a não ser por dois ou três amigos mais próximos. Tinha um péssimo relacionamento com a mãe, quase não via a irmã e cuidava do pai doente. Nenhum dos três estava por perto na época da sua queda.

Aos 36 anos, Bee morreu. Sozinha. Só foi encontrada dias depois. Virou responsabilidade da sua meia-irmã Ana ir até o apartamento recolher suas coisas e liberar o imóvel. Ana teve pouquíssimo contato com Bee, era totalmente retraída e deprimida, morava no interior da Inglaterra e que não tinha senso nenhum de moda. Totalmente o oposto da irmã mais velha.

Ao remexer nos pertences de Bee, Ana descobriu um lado da irmã que nem mesmo os seus amigos íntimos conheciam. Ana, então, teve como meta pessoal desvendar os segredos e mistérios da antiga cantora e, com isso, foi descobrindo a si mesma, mudando a sua opinião e seus conceitos sobre ela própria.

A autora Lisa Jewell

Fenômeno de um Sucesso Só: A História de Bee Bearhorn é um livro divertido e bem fácil de ler. A linguagem é simples, sem palavras difíceis. É dividido em capítulos da atualidade e de flashbacks com a época de Bee ainda viva (Que eu achei bem mais divertidos, já que a Ana era bem bocozona). 

Quando comecei a ler, nao imaginava um desfecho como o que foi escrito. Tinha algumas ideias de quais eram os segredos de Bee, mas a autora me surpreendeu. Foi algo diferente. Gosto de livros que fazem isso comigo (Ainda mais porque eu fico sempre tentando adivinhar o enredo e acerto até com frequência). 

Confesso que achei Fenômeno de Um Sucesso Só comprido demais. Podia ter umas páginas a menos. Não que eu tenha preguiça de ler, longe de mim, mas de vez em quando a obra se arrastava em detalhes superficiais que não faziam a diferença na história. Dava para ter cortado umas 30 páginas facilmente. Outra coisa que achei exagerada foi a quantidade de palavrões. Em quase todas as frases, o tempo todo. 

Recomendo.

Teca Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário