sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Aí você apareceu...



A vida andava boa, andava normal, andava até plena. Eu estava feliz. Ou pelo menos tinha a sensação de que estava bem feliz. Não saía por aí cantando com passarinhos, como é feito em desenhos da Disney e em musicais, mas não vivia nenhum drama, só chateações comuns do dia a dia. O trânsito ruim, um trabalho da faculdade que eu podia ter feito melhor, um arranhãozinho no carro do meu pai ao sair da garagem de casa que foi culpa da minha completa e total falta de percepção de espaço. Aí você apareceu e, por mais brega que isso pareça, revirou meu mundo de cabeça para baixo.

O dia tinha sido mais corrido do que o normal, apesar de ser um sábado: Aula de redação jornalística II de manhã, aula de espanhol à tarde, um chá de mulheres organizado pela minha mãe no final da tarde e, logo em seguida, o aniversário de uma das minhas melhores amigas, mais precisamente o 20º aniversário dela que comemorávamos juntas. O tempo naquelas 24 horas mais do que voou, foi em velocidade da luz. Aí você apareceu e, por mais brega que isso pareça, o tempo parou.

Eu estava distraída, batendo papo. Por causa do dia cheio de compromissos, fui a última a chegar e me sentei na ponta da mesa. Tinha um lugar vago ao meu lado. Não lembro bem sobre o que eu falava com meus amigos, mas estava contando alguma história do nosso passado adolescente não tão longínquo assim. A gente ria e comentava sobre o mesmo caso, mas cada um com o seu ponto de vista. Aí você apareceu e, por mais brega que isso pareça, me deixou sem fala.

A frase ficou no meio e o fio da meada ficou tão perdido que não achei até hoje. Sentou-se na cadeira vaga bem perto de mim. Os olhos azuis me cativaram, apesar de pequenos, em contraste com os meus grandes, quase como de mangás. Era de um tom diferente do que o que estava acostumada a ver. Não era azul claro, como a cor do céu de dia. Estava mais para o azul do alto mar num dia um pouco tempestuoso. Aí você apareceu e, por mais brega que isso pareça, senti que encontrava o lar.

Assunto vai, assunto vem, assunto ficou. Um bom tempinho passou. Corações foram roubados, devolvidos, despedaçados, remendados e, enfim, compartilhados. Nesse meio tempo algumas lágrimas foram derramadas, só que a quantidade de sorrisos, abraços e beijos foi infinitamente maior. Nem todos os dias foram flores, mas não tem problema, até mesmo a primavera precisa de um descanso de vez em quando. Choveu, caíram tempestades, mas depois ficou tudo bem, só um pouco molhado. Aí você apareceu e, por mais brega que isso pareça, trouxe cor para os meus dias, trouxe o arco-íris.

Cincos anos passaram. 
60 meses passaram.
260 semanas passaram. 
1.820 dias passaram.
43.680 horas passaram.
2.620.800 minutos passaram.
157.248.000 segundos passaram.
E mesmo assim, sempre que você aparece, por mais brega que isso pareça, meu coração ainda dispara.

Teca Machado

10 comentários:

  1. Pode chorar agora?? Que texto mais lindooo. Sou definitivamente sua fã

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, obrigadaaaaa! Vc sempre me incentivando a escrever cada vez mais. Eu que sou sua fã ;**

      Excluir
  2. Ohhhh amiga!!! Pode chorar????????????????????? Que coisa mais linda!!! Li seu texto em voz alta para o Ricardo!!!! quase chorou!!!! UAUUUUUUUUUUUUU!!! Seu livro vai dar o que falarrr heim, com esse teu jeito INCRÍVEEEEEEEL e empolgante de escrever!!!! Fico tao tao feliz em fazer parte da sua história!!! Em fazer parte desse amor tao lindo!!! SOU TAO TAO FELIZ POR SERRRR A AMIGA DO ANIVERSÁRIO DE 20 ANOS QUE VC CONHECEU O MEU PRIMO CAIO! MUuuUUUUUUUuuuito feliz!!! ORGULHO sabe?!?!!?!? me sinto até meio responsável hahahaha!!! ou total!?!? naooo... vcs é que se viraram pra fazer acontecer. E COMO SE VIRARAM!! Acompanhei bem essa trajetóooooriaaaaaa árdua! Mas ainda bem que tbm teve uma formatura de uma amiiiiga, da mesma amiga, pra oficializar tudo de vez :)
    Amei seu texto!!! NICOLA SPARKA! hahahahahaha
    amiga linda, vidas entrelaçadas! Parabéns pelo texto!!
    Vou passar o dia do meu aniversário mais feliz ainda depois de ler isso.
    Um beijo pra vc e outro para o "Cara de olhos azuis do alto mar num dia um pouco tempestuoso"(uiiiii)!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaaaaa, que bom que vc gostou e o Ricardo tb! E que bom que vc colocou seu primo para sentar justamente do meu lado, hahaha. Já pensou se fosse do lado de outra??? Hahahahaha. Pode se sentir responsável siiiiiim, é claro. Afinal, foi na sua casa que eu conheci, no seu aniversário, na sua formatura que comecei a namorar, no seu casamento que eu peguei o buquê, hahahaha.
      As nossas vidas, definitivamente, são entrelaçadas, não importa onde do mundo morarmos. E, olha, nossa volta ao mundo está mais do que de pé, haha. Preciso conhecer os lugares para poder escrever livros sobre eles.
      E, de novo, feliz aniversário, sua linda! Love u!
      Manda um beijo para o meu "irmão meio panamenho", hahaha

      Excluir
  3. Teca, comentei no face e comentando aqui... nossa, muito muito muito fofo mesmo seu texto :3 Não tem nada melhor do que estar apaixonada né? Se eu escrevesse algo assim para meu namorado num blog ele ia achar brega, mas se eu tivesse feito um texto bom como o seu ia postar msm assim kkkk (escrevo cartinhas td mês para ele, mas ninguém mais lê).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dudiiiii, que bom que vc gostou! É como eu disse no Facebook, vindo de vc fico ainda mais feliz, já que vc é uma leitora compulsiva como eu, hehe.
      Eu fiquei com medo de ele achar brega, por isso tentei deixar sem nomes, sem melação, sem nada explícito. Pode reparar, no meu Facebook dificilmente tem algo assim. Diz ele que adorou, hehe. Ufa!
      E, relaxa, eu tb mando carta direto, daquelas bem bregas, hahaha.
      ;**

      Excluir
  4. TECA!!!!
    NAO CONSIGO PARAR DE ARREPIAR!!!!
    e nem sei o que falar do texto....
    lindo assim como vc!!!
    beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mimiiii, sério? Que linda você! Hehehe.
      Obrigada, obrigada, obrigada!
      ;**

      Excluir
  5. Que liiiindooo!! Ameeeii!! Que coisa mais linda, vc arrasa na escrita né? ;))) Se o Caio não é tão fã de coisas melosas, eu AAAMMOOO!! kkkkkkk Quanto mais meloso, melhor! kkkkk..
    Muitos mais "por mais brega que isso pareça" pra vcs!!! ;***

    ResponderExcluir
  6. Rêêêê, que bom que você gostou. Adorei o seu comentário. O Caio não gosta muito de coisas melosas, mas eu tentei fazer o mesmo meloso e escorrendo mel possível, hahaha. Acho que ficou até legal. Muito mais amor para todos nós ;**

    ResponderExcluir