quinta-feira, 16 de abril de 2015

O drama de ser baixinha (e ter voz de criança)! Projeto Drama Queen #26 ♥ - Por Carol Daixum



- Identidade, por favor! 
- Claro, aqui. 
- Arnaldo, vem cá! Essa baixinha aí acha que engana a gente. Minha princesa, a matinê não é hoje!
- Desculpa, não entendi a piada.
- Aqui não entram menores de idade.  
- E qual é a parte do ano do meu nascimento "1986" que você não entendeu? 
- Identidade verdadeira, por favor! 
- Amigo, você está com ela. 
- Não complica, a fila está grande. Está atrapalhando o meu trabalho. 
- O senhor que está atrapalhando a minha noite. 
- Só entra com identidade verdadeira!
- Que está na sua mão!
- Vou ser bem claro com você: aqui só entra a partir dos 18 anos.
- EU TENHO 28 ANOS!
- 28 anos? Sério?
- Não, eu adoro ficar em fila de boate mentindo a minha idade. 
- Não precisa partir para ironia não. E desculpa, mas quanto a senhora mede? 
- Não é da sua conta! Eu só queria saber onde está escrito que maiores de 18 tem de ser troglodita igual ao senhor.  
- Ei, não precisa partir para a ignorância não.
- Senhor, eu só quero entrar e me divertir. Já basta o bullying que eu sofro no meu dia a dia. Outro dia, um funcionário do Burger King perguntou na fila se eu não queria a coroa, todas as crianças estavam ganhando uma especial. - contei segurando o choro, mas acabou caindo uma lágrima. 
- Ô moça! Chora não, sou troglodita, mas sou sensível. Continuo achando que você não tem 18, mas vou deixar entrar, ok? E pode beber um refrigerante por minha conta. Arnaldo, deixa a chaveirinho entrar aí.

Óbvio que a minha vontade era de voar na cara dele, mas contei até três, respirei fundo, ajeitei a coroa e acabei agradecendo ao segurança. Tem uma mãe de uma amiga que fala "isso é um elogio". Tudo bem que agora parece mais uma ofensa do que outra coisa, mas quem sabe um dia eu levo a sério esse conselho. É, gente! Vida de baixinha não é fácil. É boate, PP que parece mais um GG. E não basta ser pequena, tem que ter voz de criança. Daquela que telemarketing liga e quando você atende pede para falar com algum "adulto". A sorte deles é que eu sou educada! Claro que ser baixinha tem as suas vantagens. Por exemplo, na muvuca de um show eu fico em qualquer cantinho e passo entre as pessoas sem aperto. As pessoas te tratam com mais carinho e se eu quiser eu posso ficar alguns centímetros mais alta. E não querendo causar a discórdia: os homens preferem as baixinhas. Ok, vou parar por aqui, antes que altas se vinguem dessa parte do post. Tudo brincadeirinha, gente. Sem drama! hahaha ;-) 

Agora contem aí: alguém já sofreu um draminha por ser mini ou giga? Podem falar à vontade! 

**

Lembrando que o Projeto Drama Queen é uma parceria entre o Pequena Jornalista e o blog Casos, Acasos e Livros. Toda quinta um texto mega dramático e com uma dose extra de exagero. Que participar dessa coluna? Envie um e-mail para projetodramaqueen@gmail.com 

Beijos,
Carol. 

P.S: Crédito da imagem - Fan Page Disney Irônica! 


20 comentários:

  1. Oi Teeeeeeca!!
    Só para não perder o costume... AMO ESSE PROJETO DE VCS!!!

    Olha, já passei por isso na balada, mas nem conta tanto a altura, pq não sou baixinha... mas acho que era a cara e a roupa... se você encontrar uma menina de tênis na balada, essa menina sou eu! Salto nem pensar, aí os seguranças me achavam menininha...
    Justamente por ser altinha, devo concordar com a Carol.. . eles preferem as baixinhas... mas nós preferimos os diamantes, então está td certo!!! rsrsrs

    Bjinhos
    JuJu
    As Besteiras Que Me Contam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jujuuuuuuuuuu, que bom que gosta do projeto.
      HAHAHAHA, amei a sua frase final! Prefiro diamante total, hahaha.
      Eu também sou altinha, não passo pelo mesmo que a Carol, que além de tudo tem voz de menininha.
      :P

      Beijooos

      Excluir
  2. hahahahaha..... morri aqui... tadinha de você...
    poxa.. eu passo por dramas assim sempre que resolvo colocar um salto, mas no meu caso é porque eu sou muito alta.. (e eu amo saltos bem altos...) se vou sair de metrô por exemplo, tenho que tomar cuidado pra não bater a cabeça na porta na hora de sair ou entrar. Praticamente nunca tem alguém mais alto do que eu. As pessoas ficam olhando tipo 'pra quê isso tudo' e ainda se acresce tudo isso ao fato de eu ser desastrada, imagina o que fica parecendo, uma girafa recém nascida ou um boneco de Olinda destrambelhado... kkk
    Enfim, adorei o texto...
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha.
      Mone, estou mais vivendo o seu problema do que o da Carol.
      Sou alta e fã de um salto.
      Mas por causa do noivo meio pequenininho virei adepta de sapatilhas. :)

      Beijoooos

      Excluir
  3. Oii Teca.

    Sofro até hoje com essa história de ser baixinha e parecer mais nova... e eu adoroo. Claro, tenho 25 anos e dizem que pareço ter 19 ou 20. Qual mulher não gosta disso? Eu adoro.

    Mas quando era mais nova ficava difícil até para ir em uma festa e ficar com algum gurí. Claro, todos achavam que eu era criança hahaha. Mas hoje eu curto muito ser baixinha com 1,55 de altura.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    Ps. Lembrei de ti depois de ler um novo chick lit. Sim, identifiquei a Alice e o namorado em cada página dessa nova história da autora Dayane Ribeiro.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juuuuu, você é pequenininha, não sabia.
      *.*
      Então você e a Carol se identificariam total. Eu sou mais alta. Bem mais alta, haha.

      Sério??? Que livro?
      Não conheço, mas já quero ler.

      Beijooos

      Excluir
  4. Oie,
    Ri muito com seu texto. rs
    Eu entendo o drama oposto. Sou bem alta, ou seja, mais alta que a maioria de minhas amigas, e que alguns amigos também. Sabe o que significa ser mais alta do que um homem? Sair de salto com um cara mediano é quase uma ofensa. E não é nem mais uma suposição, é um fato, homens tem medo de mulheres altas. Nós os intimidamos. Ou seja, super entendo seu drama reverso! Quanto a voz de criança, entendo também!!

    Beeijo!!
    meusantidotos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazy, a Carol é pequena, mas eu como alta te entendo.
      É um saco às vezes se sentir uma girafa perto das amigas anãs, mas eu prefiro um pouco mais alta do que mais baixinha, hehe.
      E entendo totalmente o fato de usar o salto e os homens se sentirem intimidados.

      Beijooos

      Excluir
  5. Olá!
    Adorei seu texto, muito engraçado, eu já passei por isso várias vezes...
    E nunca acreditam na minha cara, falam que tenho cara de criança :/
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é o que eu sempre digo: Melhor parecer mais nova do que mais velha.
      Daqui uns anos isso vai te fazer muito feliz, haha.

      Beijooos

      Excluir
  6. Carol... o sonho da minha vida era ser baixinha, fofinha, bonitinha... ACREDITE! quando na escola, eu passava por mais velha e não ganhava sacolinha nas festas das criancinhas. SOu traumatizada e hoje eu vivo roubando sacolinha das festas de crianças da família HAHAHAHAH

    Hoje tenho 22 e vivo ganhando 17. Nesse caso, eu adoro <3 nunca senti ter saído dessa idade mesmo. HAHAHAH

    BEEEEEEEEIJO
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hellllllz, hahahahahaha.
      Eu também roubo sacolinhas. TE ENTENDO.
      Também passo longe de pequenininha, mas adoro meu tamanho.
      Sabe a Forever 21? Acho que deveríamos abrir uma editora chamada Forever 17, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  7. Tb sou baixinha e ninguém dá a idade que eu tenho hehehe
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  8. Nossa tadinha, vendo sua situação realmente não é fácil, mas olha, vou te contar uma coisa, meu sonho de vida é ser baixinha, sério, sonho ! Odeio ser alta, é ruim pra caramba por vários motivos, você tem que se abaixar para não bater a cabeça naquela parte mais baixinha do ônibus , garotos sempre preferem meninas baixinhas, eles gostam de ficar zoando , de falar que é mais, de fazer bullyng , mas eles amam. Acho pessoas baixinhas fofas, porém bravas, mas é meu sonho mesmo ser baixinha :) Mas não fui agraciada com isso.

    simplesgarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, também sou do time das altas e AMO.
      Vejo mais vantagens do que desvantagens, hehe.

      Beijooos

      Excluir
  9. ♡ ❤ AMEI O BLOG! TUDO PERFEITO ! ♥ ♡ ❤
    SE PUDER OLHE O MEU ,E SE GOSTAR DE ALGO ,
    ✦ ✧COMENTA LÁ ! VLW !✦ ✧
    http://mestrelato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hahahhaha que texto legal. Também sou baixinha, mas não tanto a ponto de passar por essas situações hilárias hahahahha Como eu gosto de andar sempre de salto, sempre aparento ser uma das mais altas da minha turma de amigas hahahaha Para você ver, como um salto alto é capaz de enganar ;) Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós, mulheres, sempre conseguimos dar um jeitinho, né?
      Hahaha.
      :P

      Beijooos

      Excluir