sexta-feira, 10 de abril de 2015

Sem Esperança – O complemento incrível de Um Caso Perdido


Um dos melhores livros que eu li no ano passado foi Um Caso Perdido, de Colleen Hoover (Comentei aqui). A história, que pela sinopse mais parecia um romance de adolescentes problemáticos que encontram um no outro a paz que procuravam e precisavam, se desenrola e vai muito, muito além disso. Ele é intenso, muitas vezes pesado, delicioso de ser lido e com personagens reais, cheios de defeitos, mas que nos fazem gostar deles e sentir compaixão pela sua situação extremamente complicada. Quando vi que haveria um segundo livro, chamado Sem Esperança, pensei que era continuação. Mas não. Esse volume é a mesma história do anterior, mas vista e narrada pelos olhos de outro personagem.


Sem Esperança, que peguei em parceria com a Livraria Janina, é tão incrível quanto o primeiro, eles se complementam. Não é necessariamente preciso ler Um Caso Perdido para entender esse volume, mas é preferível ler na ordem correta. Fora que muitos fatos perderiam o impacto se a leitura tivesse começado com Sem Esperança. A autora fez certinho a ordem de publicação.

Em Um Caso Perdido, Sky é a nossa protagonista, quem narra a história. Vamos descobrindo com ela todos os segredos e nuances do seu passado, além de ver o relacionamento com Dean Holder se aprofundando. Dessa vez em Sem Esperança, Dean é a bola da vez.

Quando criança, Holder viu Hope, sua melhor amiga, desaparecer sem deixar vestígios, o que quase o matou por dentro. Treze anos depois assistiu sua confidente e irmã gêmea Less tirar a própria vida, o que desestabilizou o rapaz mais ainda. Traumatizado e triste, Holder carrega o sentimento de ter falhado com as pessoas que mais amava. Culpa é a palavra que o define. Quando tudo parecia sem cor e sem sentido, ele conhece Sky, uma garota que pode finalmente ajudar a curar suas feridas, mas ela é tão destruída por dentro quanto ele.

Colleen Hoover
Como temos exatamente a mesma história do primeiro livro, achei que poderia ficar repetitivo, mas não. Mesmo quando as cenas são com Sky, ou seja, já lemos no livro anterior e sabemos exatamente como ela vai terminar, Colleen Hoover nos apresenta detalhes e fatos vividos por Holder que transformam a visão que temos de Um Caso Perdido. Fora os momentos de antes de conhecer Sky e um pequeno trecho a mais além de quando o primeiro livro acaba.

Com Sem Esperança percebemos que o Holder que conhecíamos da obra anterior é muito mais profundo, cheio de nuances, fantasmas do passado, culpa e dor do que a autora nos permite ver naquela primeira olhada. Ele não é um garoto problema, agressivo e rebelde com a sinopse mal escrita nos faz acreditar. Como o narrador é ele mesmo em primeira pessoa, temos acesso aos seus sentimentos, medos, frustrações e amor por Sky, Hope e Less. Holder tem um passado horrível, mas pode ter um futuro consertado e feliz, apesar das perdas irreparáveis e do choque inicial.

O interessante é que agora temos acesso mais fundo a alguns personagens que tiveram pouco destaque no primeiro, como Daniel, melhor amigo de Holder, a própria Less e os pais dele.

O livro é, mais uma vez, uma história de perdas, culpa, tragédias, mas também de perdão, amor e novos começos. Emocionante, delicado (mesmo sendo narrado por um rapaz), pesado e triste, Sem Esperança é o complemento perfeito para um livro que eu guardo no coração. Chorei, ri, me emocionei e torci desesperadamente por Holder e Sky, mesmo já sabendo o que ia acontecer no fim.

Quem gostou de Um Caso Perdido com certeza vai gostar de Sem Esperança, mas quem não curtiu o primeiro (Você é maluco?), pode passar a gostar, porque agora temos a história mais do que completa.

Espero ansiosamente por Finding Cinderella, o terceiro livro da série Hopelles que conta a história de Six, melhor amiga de Sky.


Colleen Hoover, eu te amo! Por favor, me deixa ler tudo o que você escrever na vida.

Recomendo demais.

Quer comprar? Tem aqui na Livraria Janina.

Teca Machado


16 comentários:

  1. Sou louco pra ler Um Caso Perdido! Agora to com mais vontade ainda. Adorei o post.*-*
    Bjos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Markus, leia o mais rápido possível.
      É incrível!
      *.*

      Beijooos

      Excluir
  2. Oi
    Eu estou louca para ler um caso perdido, pois muitos falam bem dele e gostei de ler sua opinião a respeito da visão do protagonista, parece um livro incrível.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, é muito incrível.
      Tenho certeza que você vai adorar!
      *.*

      Beijooos

      Excluir
  3. Sério que vai ter história sobre a Six? Não tava sabendo... e sinceramente nem sei se gostei muito da novidade. Existem histórias que ficam ótimas com um volume único, que nem Como eu era antes de você, que a autora inventou de fazer uma continuação de como a Lou ficou após tudo que ocorreu. Sabe, tem coisas que o bom é exatamente ficar só na nossa imaginação. E eu estava com um pé atrás pra ler Sem Esperanças justamente pelo que você comentou, de parecer repetitivo, maas como você falou que é acrescentado vários outros detalhes que fazem diferença, quem sabe eu acabe arriscando, já que Um caso perdido é realmente um livro mais do que maravilhoso

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem tag do skoob no blog, vem ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que tem um livro dois da Lou? Nem tinha ideia disso!
      Vou procurar, apesar de achar que sem o Will fica totalmente sem graça.
      Sem Esperanças não foi o caso. Foi incrível ler a visão do Holden. Tenho certeza que você vai gostar, se amou tanto o Um Caso Perdido.

      Beijooos

      Excluir
  4. Oi Teca, todos falam tão bem dessa série. Não vejo a hora de poder ler, adorei saber que no segundo volume, se passa no mesmo tempo que o primeiro, mas com os olhos de outro personagem!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kétrin, isso é o mais incrível desse livro.
      Achei que ia ser repetitivo, mas não é maravilhoso ver por outros olhos.

      Beijooos

      Excluir
  5. Oi Achei ótima sua resenha, achei muito incrível como agora que estou lendo estou assistindo o filme " E se eu fica " sei lá achei que me lembro bastante, parabéns pelo post achei ótimo ;)
    Abraços!!!

    http://www.pedrosanttos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Bom, não tem nada a ver com Se Eu ficar, mas é tão maravilhoso quanto.
      Se bem que esse é ainda melhor.

      Beijooos

      Excluir
  6. Oi, Teca!

    Ainda não li os romances de Colleen Hoover, pois nenhum me interessou de fato. Porém, que resenha convidativa! Fiquei curiosa para ler esse livro e o anterior, parecem ser envolventes, bem escritos e com personagens cativantes.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, as sinopses fazem ele parecer fraquinho, porque se você contar mais do que isso, vai ter muito spoiler e perder toda a graça do livro.
      Lê, prometo que não vai se arrepender!

      Beijooos

      Excluir
  7. E aí!!
    Esse não é o meu gênero predileto, mas sua resenha está excelente e despertou em mim uma certa vontade de lê-lo =)
    Abraços!!
    Enjoy The Little Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Guilherme!
      O importante é não deixar de ler mesmo não sendo o gênero preferido.

      Beijooos

      Excluir
  8. Oi tudo bom?
    Olha, eu não sou muito fan de new adult, eu confesso, mas essa autora me pegou de um jeito que até leio o que ela anota pra comprar no supermercado kkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, hahaha.
      Mas eu já sou fã do gênero, aí já viu, né?
      Morro de amores!

      Beijooos

      Excluir