segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Ponte dos Espiões – Semana de maratona Oscar 2016


Como o Oscar é no próximo domingo, estou assistindo aos filmes concorrentes. Dos oito já foram cinco e esse é o quarto resenhado (Link para todas as resenhas ao final). Então, nos próximos dias vão ter muuuuuuitos posts de filmes para vocês. A começar hoje com Ponte dos Espiões.


No Brasil essa produção do diretor Steven Spielberg em parceria com o ator Tom Hanks e os roteiristas irmãos Cohen passou por pouco tempo no cinema e teve pouca divulgação. É uma pena, pena mesmo, porque dos filmes concorrendo à estatueta que já assisti, foi sem dúvida o meu preferido.

Ponte dos Espiões é uma ótima aula de História. Baseado em fatos reais, ele conta como um advogado de seguros participou de uma troca de reféns improvável na época da Guerra Fria. Jim Donovan (Tom Hanks) recebeu a ingrata tarefa da Ordem dos Advogados de ser o defensor de Rudolph Abel (Mark Rylance), acusado de ser espião dos soviéticos nos EUA. Para mostrar ao mundo que os Estados Unidos são justos e levam a sério o seu sistema judiciário, Jim precisou realmente se aprofundar no caso e acabou gostando muito de Abel, o que o levou a realmente lutar pelos seus direitos mesmo contra todas as chances.



Quando um tenente da Força Aérea é capturado pelos soviéticos e um estudante de intercâmbio é preso acusado de espionagem na Alemanha em plena construção do Muro de Berlin, a CIA pede a ajuda de Donovan para intermediar uma troca com essas duas potências, mesmo que sua vida fique em risco. Ambos querem Abel, mas qual dos dois americanos salvar?

Jim ganha nossos corações. Mesmo meio trambiqueiro, já que é um advogado que não gosta de perder e usa de raciocínio lógico e legal, mas não totalmente moral, para conseguir o que quer, ele tem uma simplicidade, um carisma e senso de dever que nos conquista. E grande parte desse feito vem de Tom Hanks, é claro. Se fosse outro ator, Jim poderia ser meio caricaturado ou simplesmente maçante. O mesmo acontece com Abel, interpretado brilhantemente por Mark Rylance, tanto que está concorrendo ao Oscar pelo papel. Sereno, calmo, tranquilo, ele opõe tudo o que pensamos sobre os espiões soviéticos.



Esse é outro acerto do filme. Spielberg mostra que nenhum dos três lados - EUA, URSS e Alemanha Oriental - é bom ou ruim. Mesmo que de relance, ele afirma que há maldade nos três, assim como bondade. Ele fugiu do normal de Hollywood de dizer que os americanos são super mocinhos e os soviéticos e comunistas uns monstros.

Com diálogos inteligentes, perspicazes e com ótimo equilíbrio entre o humor e o drama, Ponte dos Espiões ensina, diverte, entretém, faz pensar e por vezes se emocionar. Ele não é uma comédia, não é um filme engraçado, mas de certa forma é leve e forte.

A estética da produção é muito bonita. Claro, esse ano nesse quesito ninguém chega aos pés do lindíssimo O Regresso (Comentei aqui). Mas de uma forma bem diferente e bem Spielberguiana, Ponte dos Espiões é bonito de se ver, tanto na fotografia quanto no figurino, nos closes de câmera, na movimentação delas e dos atores. O apuro artístico está impecável, por isso está concorrendo ao Oscar de Melhor Design de Produção.



No início focamos apenas em Abel e Jim, mas do meio em diante três histórias se entrelaçam e é aí que o filme, que já era interessante, mostra porque é um dos fortes concorrentes em seis categorias, inclusive Melhor Filme e Melhor Ator Coadjuvante.

Recomendo bastante.

Filmes concorrentes ao Oscar 2016:

Ponte dos Espiões - Ok
Brooklyn
Mad Max
O Quarto de Jack
Spotlight

Teca Machado

15 comentários :

  1. hmmm legal esse filme hein, eu tbm to na vibe da maratona oscar,esse filme ainda nao tava na minha lista pra ver, mas já entrou!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oiii Teca!!

    Spielberg provavelmente é um dos meus diretores favoritos! E o Tom Hanks é com certeza um dos meus atores prediletos!
    Não assisti esse filme e realmente ele foi pouco divulgado. Mas gostei da estória e gostaria de assisti-lo sim!

    Beeijo

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raíssa, então como ter erro com dois dos seus preferidos?
      Hehehe.

      Beijooos

      Excluir
  3. OI BISTEQUINHAAAAAAAAAA

    Unindo Spielberg e Tom Hanks acho que não tem como dar errado! Apesar de não ser tão versátil como o johnny (sim, gosto de gente que a cada filme tá com uma cara diferente HAHAHAH), ele é incrivelmente talentoso!

    Eu geralmente assisto os filmes do Oscar bem depois do Oscar porque sou a burrinha dos torrents u.u HAHAHAHA mas já quero ver esse também!

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hellzzzz
      Eu também sou burrinha, sorte que o marido não é, hahaha.
      O Tom Hanks realmente não é lá muito versátil, mas é altamente confiável. Não tem muito erro.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  4. Olá ! Faz tanto tempo que não assisto filme, não ando tendo tempo ultimamente. Geralmente eu não assisto aos filmes do Oscar, alguns raros que me chamam atenção hahah Mas esse parece ser um bom filme, quando tiver um tempinho vou dar uma olhada nele *_*

    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sarah!
      Eu gosto de assistir tantos quantos der.
      :D
      E esse realmente é muito bom.

      Beijooos

      Excluir
  5. Oie Telma =)

    Vou confessa que não sou muito ligada nessa questão do Oscar, até por que acho que tem muito filme bom, as vezes até melhor que acaba não entrando na disputa.
    Normalmente acabo assistindo alguns filmes quando eles passam no Telecine, mas só quando um ou outro me interessa.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane!
      Eu tento ver tudo porque sou um poço de curiosidade e quero reclamar se o que eu gostei não ganhar, hahaha.

      Beijooos

      Excluir
  6. Oi Teca!
    Confesso que não li todos os seus comentários porque quero muito ver o filme, rsrs. Mas vi que, dos que você pode assistir até agora, é o seu favorito dos concorrentes ao Oscar. Eu até havia cogitado ler o livro, mas acho que é o tipo de história que fica mais interessante na adaptação cinematográfica, sabe?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana!
      Talvez esse seja interessante mesmo como filme do que livro. Porque o filme é muito bom!
      Eu adoooorei.
      Pode ficar tranquila que aqui no blog é sempre spoiler free.

      Beijooos

      Excluir
  7. Oi, Teca!

    Achei a história interessante, mas não tanto assim.
    Não chamou tanto a minha atenção - graças a Deus porque minha lista de filmes para assistir só aumenta! Hahahahaha

    Mas parece uma boa história. Acho que se eu assistir vou acabar gostando mais. Quem sabe?! Hahahaha

    Bjs!

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha.
      Ai, Carol, você é muito engraçada.
      Eu gostei para caramba.
      Dá uma chance, vaaaaai?

      Beijooos

      Excluir
  8. O filme parece mesmo muito bom! Já foi pra listinha!
    Confesso que fiquei bem curiosa quanto ao enredo. Espero poder assistir em breve ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir