sábado, 26 de setembro de 2015

Isla e o Final Feliz – Ah, Stephanie Perkins, que saudades!


Se têm dois lugares nesse mundo que posso considerar os meus preferidos são Nova York e Paris. Se tem uma autora que posso considerar uma das minhas preferidas é Stephanie Perkins. Então, quando esses três ingredientes estão juntos, BUUUUUUM, receita certa para a felicidade da Teca! E foi isso que aconteceu com o livro Isla e o Final Feliz, que peguei em parceria com a Livraria Janina.


Seguindo a mesma linha dos meus favoritos Anna e o Beijo Francês (Comentei aqui) e Lola e o Garoto da Casa ao Lado (Aqui), Isla e o Final Feliz é lindão. Não supera os dois primeiros volumes da série, que são totalmente awesome na vida, mas é muito muito bom também. Continua sendo um livro independente dos demais, mas nos mostra o que aconteceu com os personagens dos anteriores (E, olha, vou falar para vocês, a parte em que todos aparecem é sensacional e Anna e Étienne roubam a cena total. Foi um final simplesmente incrível!). Pode ler fora de ordem, mas é tão melhor se ler na cronologia certa.
Isla e o Final Feliz é também um conto de fadas moderno, mas um tanto mais denso do que os outros. Isso acontece porque segundo o que pesquisei a autora demorou anos escrevendo esse romance numa fase difícil de depressão profunda e acabou colocando muito disso no texto e na história. Enquanto o primeiro é fofo e o segundo é ousado, esse terceiro é mais reflexivo e talvez até mesmo mais real, menos idealizado.

Isla sempre foi apaixonada por Josh, que estuda na mesma escola que ele, mas nunca teve coragem falar com ele. Nas poucas vezes que ele puxou assunto, ela respondeu com sons estranhos que nem podem ser considerados palavras. Nas férias de verão em NY, Isla arrancou os dentes siso e tomou analgésicos fortes que a deixaram meio valente. Ao encontrar por acaso Josh numa cafeteria, finalmente criou coragem e conversou com ele, mesmo que dopada. Receita para o desastre.

Stephanie Perkins. Dá vontade de ser amiga dela, né?
De volta ao colégio interno em Paris (*.*) para o último ano de ensino médio, eles se aproximam cada vez mais e um relacionamento muito doce entre eles cresce. Mas o futuro é incerto, afinal, Isla não sabe o que quer fazer de faculdade, Josh já tem todo seu caminho escolhido, dramas familiares aparecem, inseguranças dão as caras e muito mais. O tal do final feliz não é tão simples quanto parece, no fim das contas, e eles precisam aprender isso.

Isla é uma fofa, mas não é uma personagem tão marcante quanto suas predecessoras. Anna era corajosa e divertida, já Lola criativa e única, mas Isla é tímida, quieta, sem uma personalidade que a faça sobressair. Suas atitudes por vezes foram infantis, mas é completamente compreensível por causa da idade e por tudo o que ela passou. Já tivemos um vislumbre dela no livro da Anna, mas foi um trecho muito pequeno, eu nem lembrava. 

Josh é um querido, um personagem apaixonante. Um artista um tanto solitário e rebelde, com um histórico familiar meio complicado. Mesmo amando ele, Étienne e Cricket, os meninos dos livros anteriores, ganharam mais meu coração. Para quem não lembra, o Josh era do grupo de amigos de Anna e Étinne, só que um ano mais novo, por isso enquanto todos já se formaram, ele ainda está na escola com Isla.

O livro fica entre Paris e Nova York, nos dando vislumbres das duas cidades maravilhosas enquanto o amor entre os protagonistas vai crescendo. A escrita da Stephanie Perkins continua fácil, divertida, fluída e muito deliciosa. Leio fácil até a lista de compras dessa mulher, minha gente. E por mais que o livro seja um romance, longe dela ser meloso. 

A capa de Isla e o Final Feliz é diferente das demais porque mudou a editora. Antes da Novo Conceito, agora é da Intrínseca, que segue o padrão de identidade dos livros dos EUA. Não sei de qual eu gosto mais.


O fim dessa trilogia maravilhosa já deixou um buraco no meu coração. Preciso que eles virem filme! Precisoooooooo!

Recomendo muito.

Compre todos os livros da Stephanie Perkins aqui na Livraria Janina.

Teca Machado

14 comentários:

  1. Heey!
    Acredita que eu nunca li nada da Stephanie Perkins?! Pelo visto seus livros são excelentes e eu vou seguir sua dica, vou lê-los na ordem cronológica correta haha.
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme!
      Os livros dela são tããããããão bons!
      E que legal que você quer ler na ordem certa. É melhor.
      :)

      Beijoooos

      Excluir
  2. Olá!

    Quero muito ler Anna e o Beijo Francês. Não sabia que era um trilogia, logo, agora já quero todos! Das capas, a da Intrínseca é, de longe, a mais bonita. Não sabia que a Perkins tinha sofrido de depressão, o que com certeza, deu um toque muito pessoal à trama. Parabéns pela resenha!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kamilla!
      Que bom que gostou da resenha e que ela te incentivou a ler mais ainda.
      Os livros são maravilhosos!
      Você vai gostar.
      :)

      Beijoooos

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Isla e o Final Feliz tem a capa mais bonita da trilogia, mas me pareceu ser o menos empolgante. A protagonista me pareceu um pouco apagada e eu não sei se iria curtir isso. De toda forma, talvez dê uma chance à trilogia.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, das protagonistas a Isla é a mais apagadinha.
      Mas ela é legal também, apesar de não ser a Anna e nem a Lola.
      :)

      Beijooos

      Excluir
  4. Eu li Lola antes de ler Anna e nem percebi que eram os mesmos personagens, ainda bem né? Acho que foi porque eles não aparecem muito no livro da Lola, ou porque Anna é um nome comum e eu estava mais interessada nos protagonistas, acho que meu cérebro amado não me deixou lembrar, então como eu amei o livro fui lá e comprei o Anna só pela autora, sem sabia que era um tipo de trilogia e enquanto eu lia eu pensava "nossa com essa autora gosta do nome St.Clair", a ficha só foi cair quando eu reli Lola e eu fiquei tipo "O QUE????" daí tive que prestar mais atenção neles pra ver como os meus amores estavam hahaha. Quando eu vi que iriam lançar o Isla eu corri pra comprar, mas diferente dos outros que eu não conseguia largar esse eu não terminei ainda, cheguei até a parte que eles voltam de viagem, e agora lendo sua resenha tive vontade de terminar ele, não sabia que a autora tinha passado por essa fase complicada e acho que isso influenciou para que o livro se tornando um pouco mais pesado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isa!
      Sério que você nem percebeu? Hahaha.
      Mas que bom que releu e soube que eram os mesmos.
      Termine Isla porque no final todos os personagens aparecem e é liiiiiiiiiiiiindo de doer.
      Vale a pena!

      Beijoooos

      Excluir
  5. Oi, Teca!

    Sempre tive muita vontade de ler esses livros, mas confesso que ainda não tive a oportunidade de pegar nenhum deles. As histórias parecem ótimas e só ouço elogios.

    NY também é um dos meu lugares favoritos! <3
    Mas ainda não conheço Paris, quem sabe em alguns anos, não é mesmo?!

    Espero conseguir pegar esses livros pelo menos. ;)

    Bjs
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, eles são lindões!
      Dá uma chance para eles assim que puder.
      E Paris é uma maravilhaaaaaaa!

      Beijooos

      Excluir
  6. Oi Teca!
    É..nesse caso fica bem difícil o resultado da mistura não te agradar em cheio, rsrs
    Não li nenhum dos livros, mas gosto dessas trilogias cujos livros são independentes.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!
      Eu também gosto de quando são ligados, mas independentes.
      Você não fica tão refém dos lançamentos, né?
      :)

      Beijoooos

      Excluir
  7. Anna e o Beijo Francês eu já li e achei super amor! Mas não sabia que era uma trilogia e ainda tinha mais dois livros da série! *-*
    Que bacana! Adorei saber disso! Depois vou procurar esses outros dois e aproveitar pra reler o primeiro... ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mone, eles são todos incríveis.
      Você morre de amor pela trilogia toda.
      Se você gostou de Anna, vai gostar dos outros.

      Beijooos

      Excluir