sexta-feira, 13 de julho de 2012

Voz de veludo e músicas com glamour dos anos 1950

Em 2008 eu estava no avião voltando para casa depois de uma viagem para Minas Gerais para visitar minha família. Na falta do que fazer (já tinha terminado o meu livro) coloquei o fone de ouvido e escutei a rádio do avião, coisa que nunca faço. De repente, escutei uma música tão linda e animada que decorei uns trechos para jogar no Google quando chegasse em Cuiabá. Nasceu aí o meu amor pelo cantor Michael Bublé.

Você deve estar pensando: "Quem? Como?"

Cantor canadense, aqui no Brasil ele não é muito conhecido, mas é famosinho. Só que mundo afora ele faz bastante sucesso. Já vendeu mais de 35 milhões de cópias dos CDs.

Aposto que você já ouviu músicas do Michael Bublé sem saber que era ele. Motivos:

- Muitas das suas músicas já foram temas de novela da Globo várias vezes.

- Ele canta muitas canções do Frank Sinatra, algumas do Queen e de outros grandes nomes como Nat King Cole (e todo mundo já ouviu eles pelo menos uma vez)

- Se você é meu amigo, COM CERTEZA já me ouviu cantando, falando dele ou escutando em toda altura no som do meu carro ou em festa na minha casa.

A sua é voz aveludada e as músicas geralmente remetem ao glamour dos anos 1950, 1960, ao mesmo tempo em que é moderno. Por isso alguns amigos meus costumam dizer que é música de velho, mas NÃO é.

Ele me faz suspirar. Eu viajo escutando as suas músicas e elas me acalmam mesmo quando o dia está péssimo. Esse é o efeito dele sobre mim. Fora que ele é bem gatinho e charmoso, ha ha ha.

Eu comprei todos os CDs do Michael Bublé (originais! Dá para acreditar que alguém ainda faz isso?), menos o de tema natalino. O de Natal foi lançado em setembro do ano passado e vendeu tanto que nos EUA e na Inglaterra ficou atrás apenas da Adele.

Seus álbuns são:

1-      Michael Bublé
2-      It’s Time
3-      Call Me Irresponsible
4-      Crazy Love
5-      Christimas

Tem também 3 DVDs de shows ao vivo:

1-      Come Fly With Me
2-      Caught in the Act
3-      Meets Madison Square Garden (e esse eu tenho)

Esse ano realizei um sonho: fui ao show do Michael Bublé no Rio de Janeiro no dia 31 de março. Foi um dos melhores dias da minha vida, fora que a companhia era ótima.

O show foi lindo e ele cantou quase todas as minhas músicas preferidas. Quase 20 mil pessoas, lotação esgotada, e todo mundo cantando junto. Ele falou com o público, brincou, riu, cantou, dançou e andou no meio da plateia. Não é apenas um cantor. Ele é um show man. Saí de lá mais apaixonada do que já era.

Alguns clipes dele que eu gosto bastante:

Everything, a minha preferida!

Home, uma das mais famosas dele.

Hollywood

Haven't met you yet

Save the last dance

Recomendo com todo o amor do meu coração!


Teca Machado 

Nenhum comentário:

Postar um comentário