segunda-feira, 27 de agosto de 2012

“I wanna Rock!”


Sabe o Sidney Magal? Ele é brega, certo? E de tão brega, ele é bom e todo mundo gosta (Mesmo que não assuma. Vai me dizer que você nunca cantou e ADOROU?). Então, é o mesmo que acontece com o filme Rock of Ages. É tão deliciosamente brega, tosco e exagerado que se torna irresistível.


Era impossível não ser brega, afinal estamos falando dos anos 1980. E de um musical. Duas das coisas mais bregas que já acometeram a humanidade. Gente, é sério, o que as pessoas tinham na cabeça nos anos 1980 para se vestir daquele jeito e usar aqueles penteados? Seria efeito do resto das drogas consumidas em Woodstock? Mas, nem tudo daquela década foi ruim. Foram naqueles anos que nasceram as melhores bandas de rock e as melhores músicas. (Além disso, foi a década em que eu nasci. Viu como rendeu com bons frutos? Haha).

Voltando ao filme, Rock of Ages é baseado em um musical da Broadway. Passado em 1987, ele é a tradução em imagens da música Don’t Stop Believing, do Journey (Sim, aquela mesma do seriado Glee). Sherrie (Julianne Hough, com a sua voz chata e fininha) é a típica garota do interior, loira e bonitinha que quer tentar ser atriz/cantora em Los Angeles. Drew (o gracinha Diego Boneta) também veio tentar a fama, mas tem medo de palco e acaba trabalhando como garçom no Bourbon Room, a casa de rock mais famosa e tradicional da Sunset Strip. Sherrie é assaltada assim que chega à cidade grande e Drew a ajuda a conseguir emprego na boate. É claro que os dois se apaixonam e ficam juntos. 

Sherrie e Drew

Dirigida por Dennis Dupree e Lonny (Alec Baldwin e Russel Brand, insanos e ótimos, como sempre), a Bourbon Room está prestes a falir. Mas, Stacee Jaxx (Tom Cruise, tão a vontade no papel que é impossível não pensar que ele é realmente daquele jeito), o deus do rock, o mais desejado, cobiçado, louco, poderoso e instável do rock and roll, está prestes a seguir carreira solo e vai fazer o último show da banda Arsenal na Bourbon Room, onde fez a sua primeira apresentação. O problema é que a primeira dama da cidade, Patricia Withmore (Catherine Zeta-Jones, se divertindo como nunca) acredita que rock e Stacee Jaxx são do demônio e quer fechar a boate.

Tom Cruise como Stacee Jaxx, perfeito no papel de roqueiro doidão

Apesar de ser rock, ainda assim é um musical e as pessoas saem cantando pelas ruas. Mas esse é o lado brega e divertido do filme. Nem ele se leva a sério e aí é que mora a graça. Tem que saber brincar junto. Dirigido por Adam Shankman, Rock of Ages é quase um Glee para adultos e a versão cinematográfica do jogo Rock Band (Não que isso desmereça o filme).

A cena musical entre Alec Baldwin e Russel Brand é a mais surtada e sem noção da história do cinema e dá vergonha alheia total. Mas é muito boa! A que Tom Cruise canta com Malin Akerman (a jornalista Constance Sack que trabalha na revista Rolling Stone) também é muito engraçada.

Os sem noção Dennis Dupree e Lony na Bourbon Room

"I wanna know what love is..." Tão brega e irresistível

Mesmo quem não gostar do filme, vai valer a pena ter ido ao cinema só pela trilha sonora. Bon Jovi, Guns and Roses, Twisted Sister, Poison, Whitesnake, Scorpions, Def Leppard e Journey estão presentes em canções e em mash ups (mistura de duas músicas numa só). Não é rock pesado, tipo Heavy Metal, é o Glam Metal, também conhecido como Rock Farofa, mais leve.

Rock of Ages não é profundo, não é intelectual e nem vai fazer você pensar. Mas é muito bom e divertido. Vai fazer os trintões e quarentões sentirem saudades daquela época e vai fazer os mais novos terem vontade de serem adolescentes nessa década.

Catherine Zeta-Jones em cena de Hit Me With Your Best Shot

Saí do cinema com vontade de ser uma rock star! Pena que não tenho talento musical nenhum para isso.

Recomendo muito.

Teca Machado.

P.S.: Beijo para a Bel que é a minha companheira de cinema para todas as horas e para todos os tipos de filme!

3 comentários:

  1. Eu não sou fã de musical.. Mas realmente esse vale a pena pela diversão e pelas boas músicas!! ;) Ressalto o BELÍSSIMO papel do Tom, perfeito!! Beeijo, Teca! Estou pronta para a próxima!!

    ResponderExcluir
  2. Hehehe vo conferir esse filme... um musical puxando pro rock é o que tenho desejado ver a algum tempo... comédia então melhor ainda... Tenacious D feelings hehehe

    ResponderExcluir
  3. Ahnnnn fiquei morrendo de vontade de assistir esse! :D Tudo que eu gosto em um filme! Hauhauhuahauh Só não posso contar pro meu namorado sobre o "teor" do filme antes porque senão...perco a minha companhia! Kkkkk Beijo Teca!

    ResponderExcluir