quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Let the Hunger Games begin!

Desde que comecei o blog, eu estava me COÇANDO para falar sobre a trilogia do Jogos Vorazes, mas eu queria terminar de ler todos os livros antes. E esse dia finalmente chegou. Jogos Vorazes é a primeira obra, seguida por Em Chamas e Esperança.

Jogos Vorazes, apesar de muitos pensarem que vem da mesma leva adolescente-apaixonado-babão-de-Edward-Cullen, é completamente diferente. Claro que tem a trama romântica, mas ela não é melosa e é, na verdade, o segundo plano. A crítica política, antiguerra e contra a manipulação pelos meios de comunicação é muito forte nos livros de Suzanne Collins.

Capa dos três livros

Num futuro pós apocalíptico, os mundo como conhecemos se  desfacelou e surgiu Panem (Que vem do latim Panem et Circenses, o Pão e Circo). Panem é formado por 12 Distritos, cada um com obrigação de fabricar um tipo de produto para o Capitol, a capital repressora, luxuosa e caleidoscópica.

Há 74 anos do primeiro livro, houve uma rebelião chamada de Dias Negros que culminou na destruição do Distrito 13 e o ganhador foi o Capitol. A partir desse momento, foram instituídos pelo Governo os Jogos Vorazes, nada mais do que uma versão moderna dos torneios de gladiadores da Roma antiga. Cada Distrito é obrigado todos os anos a oferecer dois tributos para participarem: um menino e uma menina entre 12 e 18 anos. Os escolhidos vão para uma arena cruel na qual eles precisam matar friamente os outros concorrentes até que sobre apenas um, o vencedor. Todos os movimentos dos tributos são observados por câmeras e transmitidos para todo o país de Panem a partir do momento que são sorteados até a sua morte (ou até ganharem e ainda depois). É um reality show do mal.

Todos os cidadãos são obrigados a assistir como uma forma de punição pelos Dias Negros e para reforçar o poder do Capitol. Desse modo, o Governo mostra que controla o país com mãos de ferro e que qualquer tipo de rebelião será massacrada.

E é aí que entra a protagonista, Katniss Everdeen, uma garota de 16 anos do Distrito 12. Depois que o seu pai morreu e a sua mãe entrou em um estado de depressão profunda, Katniss se vê na obrigação de sustentar a irmã mais nova, Prim, e a sua mãe. Juntamente com Gale, seu melhor amigo, ela ultrapassa a cerca do Distrito todos os dias e caça nas florestas ao redor, o que é totalmente ilegal nesse mundo opressor. 

Atores que no filme interpretam Gale, Katniss e Peeta

Quando a sua irmã é sorteada para ser o tributo, ela se oferece para ir em seu lugar. E, juntamente com ela, vai Peeta, o filho do padeiro que certa vez a salvou de morrer de fome. O problema é que ele é total e completamente apaixonado por Katniss. Ambos se recusam a aceitar os Jogos Vorazes como eles são e jogam pelas suas regras, o que enfurece o Capitol.

Os personagens de Katniss e Peeta parecem bem rasos no início, mas, com o passar das páginas e dos livros, é possível perceber que foram muito bem construídos e são profundos. Na verdade, toda a sociedade e repressão descritas por Suzanne Collins foram muito bem trabalhadas. O sentimento que o leitor cria por Katniss e Peeta é de dó, raiva, compaixão, amor e assim por diante. Todos os personagens têm fraquezas, defeitos e qualidades, são pessoas de verdade, vamos dizer assim.

Apesar de ser vendido como livro adolescente, a temática é um pouco mais forte que a habitual e é um tanto complexa. Há cenas de morte, violência e sangue, além da crítica política que existe por trás de todo esse verniz literário. A manipulação de massa feita pelos meios de comunicação é mostrada em toda sua frieza e a crueldade de um sistema ditador e opressivo é escancarado. E mesmo quando o povo luta pelos seus direitos, a autora mostra que guerra é injustificada e nunca pode ser bem aceita. Os fins não justificam os meios.

Suzanne Collins, a autora

Na verdade, comentei sobre mais sobre o primeiro livro. Se eu falar sobre o segundo e o terceiro, conto o desfecho do primeiro e quem só leu um ou viu o filme (Que eu inacreditavelmente ainda não assisti) vai ficar bravo comigo por ter estragado o final geral.

Livros fáceis de ler, rápidos e que valem muito a pena. Com certeza fazem parte da minha “seleta” lista de favoritos. Eu lia tão rápido e com tanta vontade, que chegava até a sonhar de noite com os Jogos Vorazes e com os personagens (A louca, haha). 

É e não é adolescente ao mesmo tempo. É, porque os personagens têm entre 16 e 20 anos e tem todo um romancezinho de fundo, mas não é, porque a crítica contra a sociedade é muito mais forte.

Recomendo. E muito.

Teca Machado

2 comentários:

  1. Teca...não se ache louca menina (pelo menos não a única louca! kkkkk)...porque eu também os li suuuper rápido e também sonhei diversas vezes com os Jogos Vorazes nesse período de leitura. Adorei o texto! ;)

    ResponderExcluir
  2. Teca e Aline, somos três então ! Li os três livros em uma semana e sonhava sempre ! O texto está ótimo ! ;)

    ResponderExcluir