segunda-feira, 13 de maio de 2013

Uma Gossip Girl com suspense: Pretty Little Liars


Gossip Girl é muito bom. Eu adoro tanto o seriado quanto os livros (Que eu já li todos da série original – 11 – e mais um da que surgiu depois). Blair Waldorf é DIVA. Serena van der Woodsen não fica longe. Então, se eu gosto da história, é claro que eu ia gostar também de Pretty Little Liars. Não é igual, mas segue a mesma tendência de muitos livros do tipo, com adolescentes ricos vivendo numa bolha e alguém que sabe os segredos de todo mundo e ameaça espalhar.

Primeiro livro da série: Maldosas

Pretty Little Liars, de Sara Shepard, já tem 12 (!) livros. Eu li só os três primeiros ainda. Acho que em português tem oito até agora. E, assim como Gossip Girl, o sucesso não ficou só nas páginas e passou para a televisão. A série começou em 2010 e já está na terceira temporada (Eu ainda não assisti nenhum episódio).

Um dos pontos que mais difere Pretty Little Liars de Gossip Girl é que ela não foca só nos amores, amizades e futilidades. Pretty Little Liars tem suspense, drama e mistério. Claro que não é nenhum Sherlock Holmes, mas ainda assim você fica curioso.

Alisson, Hannah, Spencer, Aria e Emily vivem no mesmo subúrbio rico da Filadélfia e sempre se conheceram. Cada uma com uma personalidade diferente, era bem improvável que fossem amigas. Mas Alisson, uma líder nata, junta todas e se tornam um grupo inseparável de amigas (As típicas malvadas populares do High School americano). Alisson, apesar de inescrupulosa e bem maléfica, é a preferida de todas as meninas, que confessam a ela os seus segredos mais obscuros.

Quase todos os livros de Pretty Little Liars

Até que na sétima série, Alisson desaparece e ninguém sabe se ela morreu, se fugiu, se foi sequestrada. Com o sumiço, o grupo de quatro meninas que resta se “quebra” e cada uma segue a sua vida tentando esquecer Alisson. Até que quando estão no ensino médio, três anos depois, todas começam a receber mensagens, e-mails e bilhetes de alguém chamado A falando que sabe de todos os segredos delas e que elas estavam em suas mãos.

Sem saber se A é Alisson ou se é outra pessoa, a pressão e a tortura psicológica a que Hannah, Spencer, Aria e Emily são submetidas é cada vez mais forte até o ponto em que estão quase doidas, se enrolando mais ainda nos próprios segredos e criam outros cada vez piores.

Personagens do seriado

Já li três livros e é claro que nem ideia de quem seja A. E por já ter 12 livros, duvido que revele tão cedo (Isso se um dia revelar. Por exemplo, li todos os livros da Gossip Girl e nunca disseram quem era ela. Algumas pistas foram deixadas no caminho, mas nada concreto. Ódio!).

Pretty Little Liars é bem adolescente? É, mas é diferente de outros livros por causa dessa pitada de mistério e suspense. Leitura facílima e rápida, leio os livros da série geralmente em três, quatro dias no máximo. 

Narrado em terceira pessoa, os livros alternam os capítulos nas garotas. Falam de uma da cada vez, mostrando seus pensamentos, inseguranças, medos e segredos. O leitor entra na mente delas e percebe o quanto A está mexendo com o psicológico delas.

Essa é a Sara Shepard, autora. Achei com cara de psicopata, haha

Gosto das capas dos livros (Eu e a minha fascinação por capas...). Elas são coloridas e com bonecas Barbies representando as protagonistas. Gosto também do nome deles: Maldosas, Impecáveis, Perfeitas, Inacreditáveis, Perversas, Destruidoras...

É divertido. Recomendo.

Teca Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário