terça-feira, 25 de junho de 2013

Harlan Coben: Ele não te decepciona

Harlan Coben, de quem eu já falei milhões de vezes aqui no blog, é aquele tipo de autor que você ama e odeia. Ama porque ele escreve histórias excelentes, envolventes e surpreendentes (Quantos “entes”!). Odeia porque ele faz exatamente isso: Não te deixa largar o livro. O que faz com que você perca algumas horas de sono, faz com que não queira sair de casa e te deixa um pouco antissocial. O livro grude dessa vez é Desaparecido Para Sempre.


Na obra o protagonista é Will Klein, um homem bom e discreto que vive para ajudar menores abandonados. Ele teve a sua juventude marcada por uma tragédia muito séria: Seu irmão Ken, que era considerado a ovelha negra da família, se envolveu com a ex namorada de Will e a matou violentamente no portão de sua casa. Depois disso, Ken desapareceu e é tido como morto. Muitos anos se passaram e, no leito de morte, a mãe de Will revela que Ken, na verdade, está vivo.

Atormentado com essa notícia sobre o irmão, Will vê a sua vida virar ainda mais de cabeça para baixo quando Sheila, sua namorada, desaparece deixando apenas um bilhete onde diz que o ama.

Para tentar resolver os dois mistérios, Will pede a ajuda de Squares, um amigo um tanto excêntrico, para não dizer esquisitíssimo. Squares é dono de uma escola de ioga frequentada por ricos e famosos, é um ex partidário nazista e é atual colega de Will na instituição que ajuda pessoas sem teto em Nova York.

Enquanto trilham os últimos caminhos de Sheila e tentam localizar Ken, Will e Squares vão descobrindo que todos esses acontecimentos estão interligados, além de outros ainda mais intrigantes. Até mesmo o FBI é envolvido nessa caçada, assim como o Fantasma, um maníaco assassino de dar medo que era melhor amigo de Ken.

Harlan Coben carequinha!

Desaparecido Para Sempre é um livro denso, do estilo que chega a te deixar sem ar em alguns momentos de mais ação. É uma narrativa que interliga todos os acontecimentos passados e presentes, assim como os personagens.

Harlan Coben constantemente surpreende com os seus livros (Apesar de que o tom da narrativa, meio sarcástico e engraçadinho, é onipresente em todas as suas criações). Ele sempre dá um jeito de criar um final que você não espera e só dá o desfecho mais sensacional na última página.

Acho que por já ter lido muitas obras do autor, fico esperando uma reviravolta louca. O último que eu li de Harlan Coben, O Preço da Vitória (É da coleção do protagonista Myron Bolitar, que eu amo), foi bom, mas não foi dos melhores, como Desaparecido Para Sempre é. Talvez as minhas expectativas tenham ficado muito altas em relação ao autor, mas dificilmente ele me decepciona.

Vale a pena ler toda a livrografia (Essa palavra não existe, né? Quis falar como se fosse discografia, haha) de Harlan Coben.

Recomendo.

Teca Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário