sábado, 5 de março de 2016

Deadpool – O melhor anti-herói


Alguns atores ficam marcados pelos personagens que interpretam. Mas às vezes é o contrário, alguns personagens ficam marcados pelos atores que os interpretam. Esse segundo foi o caso do Deadpool de Ryan Reynolds. Ele é o Deadopool. Ou o Deadpool é ele?


Eu assisti ao filme no meio da minha maratona do Oscar e acabei não trazendo sobre ele aqui.

Se você não curta piadas politicamente incorretas, referências ao universo nerd de outros super-heróis, violência sem limites ou muitas tiradas de cunho sexual, pode parar por aqui. Esse filme não é para você. Deadpool é recheado de tudo isso e mais um pouco. Tem piadas boas, engraçadas, inteligentes, ruins, infames, bobas, pornográficas, vergonha alheia, infantis e mais. Ou seja, seja qual for seu tipo de humor preferido, pelo menos em algumas delas você vai rir (Eu rio fácil em filmes, então ri bastante). The zoeira never ends.

Ao invés de começar a história com o “antes” de ele virar super-herói (ou anti-herói, como ele gosta de falar, já que se recusa a ser um mocinho, coisa que ele realmente não é), o filme dirigido por Tim Miller, começa com ele já sendo Deadpool há um ano. Uma cena de ação de tirar o fôlego, muito bem feita, coreografada e com ótimos efeitos especiais, vai sendo interrompida para que o narrador, o próprio protagonista, nos conte sobre sua vida por meio de flashbacks



Então, ficamos sabendo como o mercenário e matador de aluguel Wade Wilson (Reynolds) viu sua vida desmoronar ao participar de um tratamento médico especial para a cura de um câncer terminal. O experimento o transformou num mutante horroroso, mas que se regenera com muita facilidade, até mesmo faz crescer membros amputados. Agora, Deadpool deseja encontrar Ajax (Ed Skrein), que foi quem transformou seu rosto numa massa que parece que pegou fogo e foi apagada com um tamanco e quer vingança, ao mesmo tempo que quer voltar a ser bonito para que sua noiva, a prostituta Vanessa (a brasileira Morena Baccarin) não assuste quando o vir.

É interessante que Ryan Reynolds passa basicamente o filme inteiro de máscara, não podemos ver seu rosto, mas é muito óbvio que ele está ali. Ele incorporou tanto o personagem que os dois são um só. O ator finalmente conseguiu o seu grande alterego.



Deadpool foge bastante dos filmes de super-heróis, mas ainda assim não nega suas origens. Seu roteiro é diferenciado, assim como a interpretação de Ryan Reynolds, que esperou uma vida por esse papel. Em 2009 ele viveu o personagem em X-Men Origens: Wolverine, mas foi bem ridículo (tanto que costuraram a boca de Deadpool, também chamado de Mercenário Tagarela). Desde então, Reynolds pegou o projeto para chamar de seu e fez todo o possível para que o filme fosse feito e seguisse o original dos quadrinhos, com muito palavrão, pornografia e violência, até mesmo diminuiu o seu salário. Como a classificação etária subiu, o que é um risco para faturamento em bilheteria, o ator baixou seu pagamento. 

O terrível Deadpool de X-Men Origens: Wolverine

Uma manobra ousada, mas que deu certo: Deadpool 2 já foi confirmado e o seu cachê subiu em cinco vezes. O orçamento da produção foi pequeno também, se comparado a outros do gênero. Ficou algo em torno de 35 e 40 milhões de dólares (Para vocês terem noção, Batman x Superman que estreia esse mês custou 350 milhões). E ele se deu bem, porque já foi arrecadado mais de 600 milhões de dólares em ingressos. O nome disse é marketing extremamente bem feito, algo em que nem o estúdio e nem Ryan Reynolds economizaram.

Um dos aspectos mais legais de Deadpool é que ninguém leva o filme a sério, nem ele mesmo. A começar pelos créditos iniciais, uma sequência de zombarias com a equipe de produção e as piadas constantes de “O estúdio só teve dinheiro para pagar por dois X-Mens”.



Os vilões são mais ou menos, mas geralmente é o que acontece com o primeiro filme de uma franquia. Então, se Deadpool já foi bom, podemos esperar um Deadpool 2 melhor ainda, muito mais bem trabalho em questão de roteiro e orçamento.

E se você ainda não assistiu, não saia do cinema antes das duas cenas pós-créditos.

Quer ver todas as referências de Deadpool à outros filmes? Veja aqui.

Recomendo bastante.

Teca Machado

12 comentários:

  1. Aí que inveja, Teca!!! Quero assistir!!! Não consegui ir ao cinema ainda, mas vou tentar ir o mais rápido possível.
    Desde que vi o primeiro trailer fiquei louca para assistir! Hahahaha

    Não sei se você tem o costume de ler HQs, mas só para explicar o Deadpool que apareceu no Wolverine não é o mesmo Deadpool desse filme. Isso acontece porque os criadores inventam zilhões de universos paralelos nos quais os personagens são diferentes, mas iguais.
    Por isso que temos Homem Aranha, Incrível Homem Aranha e etc.
    É como se fosse uma história completamente diferente, em um universo ele é rico, no outro pobre, em um famoso, em outro é mais um na multidão e etc.
    Na minha opinião, tanto a Marvel quanto a DC usam demais essas técnicas e já cansei de ver os caras morrendo e aparecendo em outro universo.
    Mas às vezes é divertido porque o Wolverine matou o Deadpool naquele universo, mas nesse que você assistiu ele está vivo e é mais legal. Hahahaha

    Bom, estou louca para ver e te conto o que achei depois.
    Mais atrasada que eu com os filmes é impossível! Hahahahaha

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, não sabia disso!
      Que legal!
      Na verdade eu sabia que tem vários universos, mas não que o Deadpool de um não era o mesmo do outro.
      Obrigada pela dica!

      Beijooos

      Excluir
  2. Oi, Teca, tudo bem?

    Menina assisti esse filmes faz algumas semanas, e estória realmente me pegou de jeito! Gostei bastante da forma como ele narra a própria historia, foi tudo meio que de trás para frente HAHAHAHA mas tudo se encaixou perfeitamente, não tenho nada contra palavrões estão saí do cinema falando mais do que normal! Todos as cenas de humor ficaram ótimas a criatividades deles não tem limites! Adorei as atuações, as roupas, os personagens, o romance, foi uma pena os vilões terem sido fracos, fico feliz que você tenha gostado e espero que a continuação seja incrível!

    Beijinhos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá :D
      Que bom que não foi a única que gostou do filme.
      Eu me diverti para caramba.
      Agora é esperar ansiosamente a continuação, né?

      Beijooos

      Excluir
  3. Oi flor,
    Assistimos a esse filme no cinema e posso dizer que estava muito curiosa para ver o mesmo, pois achei super divertido a cena do trailer. Realmente o filme valeu a pena e foi tudo aquilo que prometeu. Fiquei feliz pelo Ryan conseguir se redimir porque aquele papel do X-men foi realmente lamentável. Vamos ver como será a continuação agora.
    Beijos
    Raquel Machado
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raquel!
      Que bom que você gostou também.
      E ele realmente se redimiu do X-Men.
      :D

      Beijooos

      Excluir
  4. Eu ainda não consegui assistir, já tô com medo de não gostar de tanto que escuto as pessoas falarem que é ótimo kkkkk...

    Faroeste Manolo
    Página Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criar expectativas às vezes é uma droga, né?
      Hahahaha.
      Espero que goste!

      Beijooos

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Eu não consegui ir ao cinema ver,mas estou louquinha para assistir! Desde que saiu o trailer fiquei bem interessada porque curto um tipo de humor considerado ~sujo~.E sério, adoro muito mais os anti-heróis do que super-heróis hahaus (coisa minha).

    Fico feliz em saber que vai ter o 2 também.Acho que a franquia tem tudo para dar certo.

    Beijos

    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que os anti-heróis são muito maaaaaaaaais divertidos, né?
      Não podemos negar!
      :P

      Beijooos

      Excluir
  7. TODO mundo fala bem desse filme! Preciso ver logo! rs
    Eu ando muito enrolada com filmes ultimamente...
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir