segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Shame on you, blogueira! – Acidez na melhor medida


Quem aí tem alguma amiga ou conhecida blogueira de moda levanta a mão? Peraí que eu vou contar. Um, dois, três... 128374649202. Aham, elas são iguais gremlins. Aparecem o tempo todo e em todo o lugar. E, realmente, tem algumas muito boas e que valem a pena a gente seguir (Lu, você é o máximo! Amo o Fãs da Moda! - Que eu já comentei bem aqui). São as it girls, descoladas, elegantes e com um bom gosto incrível. Uma verdadeira fashionista pode até não ser linda, mas sabe se vestir e combinar, o que a deixa bonita e arrumada. Mas, vamos ser sinceros? A maioria não é nem remotamente isso. São apenas meninas que gostam de moda, sem nenhuma informação sobre o assunto, com um gosto altamente duvidoso e colocam as maiores loucuras e absurdos num blog (Geralmente feio, todo cor-de-rosa, com GIFs animados e purpurinas flutuantes). Para essas e outras, surgiu a Shame on you, blogueira.


A Blogueira Shame nada mais é do que alguém que tenta colocar bom senso na cabeça das blogueiras de moda sem senso nenhum. Olha a descrição dela:

“A Internet é um espaço democrático, onde a liberdade de expressão e o fácil acesso a recursos como fotografia digital e edição de vídeos tem nos brindado com produções maravilhosas de talentos que, de outra forma, jamais conheceríamos.

De outro lado, a web também se tornou espaço para postagens bizarras, de mau gosto e indicações que podem prejudicar a saúde das pessoas. A blogosfera se tornou um espaço destituído de autocrítica, exceto as genéricas, e com a saturação seu conteúdo entrou em uma espiral de decadência.

Para tudo! Certeza que você quer usar unhas iguais a essas!

Neste cenário o Blogueira Shame foi lançado em agosto de 2011, com a proposta de promover uma reflexão sobre o conteúdo publicado nos blogs que tratam ou supostamente abordam temas como beleza e moda. Na contramão da onda de ser ‘politicamente correto’, o blog não tem constrangimento de repercutir o que as blogueiras não tiveram constrangimento de postar.

As identidades de todas as blogueiras são preservadas porque no Shame não importa a pessoa, mas o conteúdo do post. O material é selecionado entre as indicações enviadas pelas leitoras, sendo um trabalho colaborativo que passa por uma curadoria. Hoje o Blogueira Shame é usado por muitas blogueiras como um ‘manual do que não fazer’ e suas críticas mais ferozes mostram, em seus comentários, que estão entre suas leitoras mais vorazes.”

Exemplo da categoria Loka do Dia

Para mim, a melhor categoria é a “Loka do Dia”, onde ela critica o famoso “Look do Dia”, tão amados por todas as blogueiras de moda mundo afora. É impressionante a quantidade de absurdos postados ali. Como alguém consegue sair assim de casa? Como alguém consegue ainda por cima fotografar isso e colocar num blog para o mundo ver? Mais uma vez eu digo: Falta de bom senso. Também é engraçado de ver o “Pose lyndra do dia”, onde ela critica as garotas que desesperadamente tentam dar uma de modelo com poses um tanto “inovadoras”.

A Blogueira Shame é muito divertida. Seus comentários são ácidos no melhor nível possível. Você se diverte com as coisas ali postadas e com os GIFs que ela usa para melhor exemplificar o que sente ao ver determinada postagem.

Oi? É para rir ou chorar?

Além de criticar o que é ridículo, ela também denuncia o “mensalão da moda”, quando blogueiras falam bem de determinado produto, mas são pagas. Não há problema nenhum com isso, desde que esteja claro que é um publieditorial e que ela realmente goste e use o artigo. O que não acontece na maioria dos casos. Óbvio que com isso o caos se instalou no mundinho fashion on line.

E, claro como todo “justiceiro” dos bons costumes, a Blogueira Shame vive sendo ameaçada de processos e coisas do tipo. Normal. E, pelo jeito, ela nem liga. E nem deveria ligar. Afinal, recebe mais de três milhões de visitas por mês (!) e não coloca o nome e nem o rosto das blogueiras de quem fala mal. Afinal, é como ela mesma diz logo na página inicial: "Quem não pode atacar o argumento, ataca o argumentador".

Recomendo.

Teca Machado

P.S.: Já curtiu a página do Casos Acasos e Livros no Facebook

2 comentários:

  1. heheh blogueira shame tem coisas engraçadíssimas

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, adoro a shame, obrigada pelo carinho sua linda, =*.

    ResponderExcluir