sexta-feira, 19 de junho de 2015

De volta a 1993: Jurassic World


Quem tem mais ou menos a minha idade, 27 anos, com certeza lembra de quando era criança ter assistido Jurassic Park, em 1993, e ficado apavorado. Apavorado e maravilhado! Para a minha mente de apenas cinco anos aquele filme era incrível. E posso dizer uma coisa? Continua sendo. Até mesmo as minhas sobrinhas de sete e quatro anos assistem esse clássico e amam de paixão. Por isso que eu fiquei enlouquecida quando vi o trailer de Jurassic World, o quarto da franquia que está hoje nos cinemas, um reboot daquela obra que mesmo sendo dos anos 1990 conseguiu criar dinossauros sensacionais.


Assisti Jurassic World, do diretor Colin Trevorrow, e me senti criança outra vez escutando aquela música tema. Dessa vez, o tão sonhado parque dos dinossauros está em pleno funcionamento. É basicamente um parque da Disney, só que na Costa Rica e com dezenas de espécies de dinossauros como atração. 

O local está sempre lotado, mas ver esses seres antes extintos não é mais novidade, ninguém se impressiona tanto. É basicamente como ver um elefante, é legal, é diferente, mas é quase normal, nada de fator “uau” (Não seria assim com a indústria do cinema atual também?). Por isso os dirigentes do parque todo ano precisam inventar algo novo e dessa vez resolvem criar uma espécie geneticamente modificada mais assustadora, com mais dentes e muito maior do que até mesmo o pavoroso Tiranossauro Rex, que foi motivo de tanto horror nos primeiros filmes. A experiência dá certo, mas dá certo até demais. Esse dinossauro híbrido é inteligente ao extremo e foge da contenção.



Cabe a Owen (Chris MARAVILHA Pratt) ajudar na captura do híbrido solto tocando o terror na ilha, enquanto ajuda a coordenadora do parque Claire (Bryce Dallas Howard, toda linda correndo com inverossímeis sapatos altíssimos em plena floresta) a resgatar os seus sobrinhos que estão perdidos com o dinossauro a solta.

Sim, a história de Jurassic World tem muito de Jurassic Park, mas atualizada para os dias atuais. Um cara entendido de dinossauros bonitão e meio rebelde, a dupla de irmãos correndo muitos perigos, a mocinha que parece frágil, mas não é, carnívoros a solta e um parque que era óbvio que ia dar errado em algum momento.

É muita maravilhosidade para mim!


O enredo é muito bom e bem amarrado, dando brecha para continuações (O que já foi confirmado essa semana). Além disso, é muito corrido, mas não chega àquele ponto em que o espectador está até ofegante de tanta correria: tem na medida certa. Há também algumas tiradas engraçadas.

Apesar da química muito boa entre Chris Pratt e Bryce Dallas Howard, e entre Nick Robinson e Ty Simpkins, a dupla de irmãos, infelizmente o roteiro peca em não aprofundar essas relações, principalmente com Judy Greer (De Repente 30 feelings), mãe dos meninos e irmã de Claire. Dava para explorar um pouquinho mais os atores nesse ponto. 



Por falar nos atores, o elenco foi extremamente bem escolhido. Chris Pratt é o novo nome sensação de Hollywood. Bom ator, engraçado, carismático, muito bonito e atlético, o papel caiu como uma luva para ele. Chris, te quiero! E Bryce Dallas Howard também é excelente. Ela já provou mil vezes seu valor como atriz dramática em filmes como A Vila, mas é em Jurassic World que mostra que é versátil para um blockbuster.

Falar que o Jurassic World é muito bem feito e cheio de efeitos especiais sensacionais é como falar que o céu é azul. Não podia se esperar menos de um reboot de um clássico tão adorado pelo público. Não dá para sair decepcionado do cinema, garanto.

Amantes de Jurassic Park ficarão felizes por ver referências ao original, como citações a John Hammond, o “pai” dos dinossauros, e a aparição do Dr. Henry Wu (BD Wong), responsável pela genética do parque, que foi personagem no filme de 1993.



Algo interessante é perceber que a produção não teve “medo” da classificação indicativa e colocou sangue e morte, até mesmo de mulheres, algo inédito na franquia. Em muitos filmes de ação atual, há lutas para todo lado e nem uma gotinha de sangue (Os Vingadores é prova disso). Mas Jurassic World prestou atenção à realidade, pelo menos nesse ponto, haha.

Recomendo muito.

Teca Machado

BONUS: Chris Pratt se divertiu muito no set de filmagens. Apareceu em várias imagens rindo e pregando peças. Mas seus colegas se vingaram e zoaram o ator. Olha isso:

10 comentários:

  1. Engraçado.. eu nunca curti os filmes dessa franquia.. acho que porque eu tinha muito medo quando criança e acabei ficando com essa coisa de que era ruim na cabeça... rs
    Mas um dia vou pegar pra ver os filmes de forma decente.. haha
    Ótima resenha Teca!
    E eu morri com esse vídeo no final! haha
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Coitadinho do Chris Pratt kkkk eu ri muito com a pegadinha
    Ps. ainda tenho que assistir o filme
    ótimo post

    http://ruasazuis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ah... Estou doida pra ver!!!!

    Bjos, gata!

    http://chuvadecamelias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom eu nasci em 1993, então obviamente só fui assistir ao filme depois de sua estreia, mas amo do mesmo jeito.
    E quero muuito ir no cinema ver a nova versão!!!

    Beijos Teca!

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  5. Estou doida para ver esse filme, eu já assisti a todos e adorei!

    Bjss

    www.adrianequaresma.com.br

    ResponderExcluir
  6. Maano do céu, tô louca pra ver esse filme!! Na real até antes de ver esse post nem tava tanto, mas toda a sua empolgação e as imagens me deixaram na vontade de sair correndo pro cinema agora mesmo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/2015/06/desafio-de-genero-suspense-ultima-vitima.html
    Tem resenha nova no blog de "A Última Vítima", vem conferir!

    ResponderExcluir
  7. Eu quero muito assistir esse filme , amo jurassic park hahah e não vejo a hora de ver esse novo!
    http://geoaraujoand.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. amei o post ! Estou muito animada para esse filme! os antigos são um dos meus preferidos !

    Beijos Gi
    Blog: http://ginabero.blogspot.com.br/
    Canal : https://www.youtube.com/user/Lilakarine/videos ( poderia conhecer?)

    ResponderExcluir
  9. Eu sou de 1995, mas acabei crescendo assistindo ao filme, não só eu, mas acho que a maioria das criança daquela época. Eu preciso muito ir ao cinema para assistir *-*
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu quero muito assisti esse novo filme, quando era criança até me assustava com o primeiro. Já vi outros elogios ao filme e ainda tem o Chris.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir