sábado, 20 de junho de 2015

Tudo Pode Mudar – Reflexão e bom humor


Nesse mundo de blogs literários, já peguei muitas dicas de livros bacanas que eu não conhecia, mas comprei porque li uma resenha legal. Foi o caso de Tudo Pode Mudar, de Jonathan Tropper. Nunca havia lido nada do autor, mas já vi muitos elogios, principalmente sobre o livro Como Falar Com Um Viúvo. E estavam todos certos. Ele escreve com leveza e bom humor assuntos sérios e reflexivos.


Em Tudo Pode Mudar, Zachary King aparentemente tem uma vida perfeita. Ele é noivo de Hope, uma mulher muito gata e rica que sabe-se lá porque é apaixonada por um cara mediano e normal como Zack. Seu melhor amigo é um milionário excêntrico que deixa que ele more de favor em seu apartamento numa ótima região de Nova York. Seu emprego, apesar de estressante e chato é estável e paga bem. Mesmo não sendo uma pessoa que dá pulinhos de felicidade pela vida que tem, o rapaz de 32 anos se acomodou e se sente confortável do jeito que está, afinal, podia ser pior e ele ser como o pai Norm, um irresponsável que abandonou há anos a esposa com três filhos pequenos e era um traidor compulsivo. 

Tudo ia bem, até que Zack encontra sangue na urina. Após alguns exames inconclusivos, há suspeita de câncer pairando no ar. Além disso, o pai desaparecido há tempos resolve tentar entrar de novo no círculo familiar e pedir perdão para os filhos. Um problema de proporções gigantes no trabalho ajuda a tirar o sono do rapaz. Para piorar ainda mais a situação, Zack se aproxima perigosamente de Tamara, viúva do seu melhor amigo falecido por quem sente uma paixão platônica há anos.

Zack, que sempre tentou manter o controle da vida, das suas emoções e das suas atitudes, simplesmente não consegue mais com tanta pressão e surta. Com muito humor e sensibilidade, Jonathan Tropper conta uma história sobre mudanças e sobre chances de se criar uma vida nova em meio ao caos. É o verdadeiro exemplo de que se a vida te deu limões, faça limonada (Ou caipirinha, depende do seu ponto de vista).

Jonathan Tropper
Tudo Pode Mudar é narrado em primeira pessoa por Zack e temos acesso a seus medos, inseguranças, incerteza e certezas. Ele é um cara legal, tenta viver a vida da melhor maneira possível. O passado com o pai em quem não podia confiar fez com que ele se tornasse extremamente responsável e correto, porque simplesmente não podia aceitar a ideia de ter algo remotamente parecido com o progenitor. Mas quando a sua vida se torna um caos, seus conceitos precisam ser revisados e ele percebe que não pode continuar da maneira apática como estava.

Esse é um livro mais reflexivo, mas muito bem humorado e com algumas passagens bem engraçadas. O trecho da perseguição do médico de Zack em pleno campo de golfe que ele, o irmão e o melhor amigo invadiram me arrancou gargalhadas, assim como o pai dele estar “condicionando” partes do seu corpo a voltarem a funcionar tomando diariamente Viagra e andando por aí “animadinho”. Fora que os personagens são carismáticos e queridos. O leitor passa a gostar até mesmo de Norm, com a sua irresponsabilidade e falta de noção.

Não espere correria, Zack tentando salvar a sociedade distópica ou algo do tipo, e sim um cara quase real em uma situação problemática que muitas pessoas passam em sua vida: Problemas de saúde, familiares, de relacionamento e profissionais. Quem nunca?

A obra de Jonathan Tropper é um ótimo livro para pensar sobre si mesmo e refletir sobre o rumo que a sua vida tomou. Você está satisfeito? Fique de olho, porque tudo pode mudar.

Compre um exemplar para você aqui na Livraria Janina.

Recomendo.

Teca Machado


6 comentários:

  1. Olá!

    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante! Sempre bom ler um livro em que o personagem é gente da gente, sem distopias ou maluquices. Um personagem que pode viver uma situação cabível a qualquer um de nós.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nunca havia ouvido falar ! gosto de livros bem humorados , como este!
    amei seu blog!
    Beijos Gi
    Blog: http://ginabero.blogspot.com.br/
    Canal : https://www.youtube.com/user/Lilakarine/videos

    ResponderExcluir
  3. Oláá Teca!

    Ainda não conhecia esse livro, adoro blogs assim como o seu... que cita livros diferentes, que não costumam ser comentados em outros blogs, amo livros bem humorados, então com certeza esse acabou de entrar para a minha lista de desejados!
    Vlw pela dica... heheh
    Bjos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha e já está na listinha de desejos!
    Beijinhos <3

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros reflexivos Teca, não conhecia essa obra e nem o autor até o momento, mas gostei da premissa é o tipo de livro que dar para tirar algumas lições de vida certo!? Acho isso ótimo.

    Adorei a resenha flor!

    Bjuus!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Parece um livro bem divertido! Adoro leituras assim! ^^
    Fiquei com vontade de ler!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir