quinta-feira, 25 de abril de 2013

O Astronauta – Dia da Literatura Infantil


Não existe nada como a imaginação de uma criança. Elas já são por natureza mais inventivas do que o do resto da população. Se for uma que gosta de ler, então, ninguém segura.

No dia 18 de abril, quinta-feira passada, foi o Dia da Literatura Infantil. Para comemorar, algumas escolas fizeram trabalhos envolvendo o tema.

Em Governador Valadares - MG, cidade dos meus pais e onde eu ainda tenho tios, primos e a minha avó, a escola da minha prima Ana Clara pediu para que as crianças escrevessem livrinhos. Ela, que tem 7 anos e é extremamente inteligente, escreveu uma tão bonitinha que quis compartilhar com vocês:

Título: O astronauta
Autora e ilustradora: Ana Clara Franco Mendes


"Um astronauta foi para o espaço e ele acabou preso na lua, ele ficou lá dez anos e ele teve um treco no cérebro.

E pior o foguete estava sem gasolina, como ele vai voltar para casa? Ele vai ter que pegar pedras de asteroide e depois pegar pó de lua, brilho de estrela, tinta de saturno, poeira de saturno e luz do sol.

E você pensa que ele é bobo? Fez tudo isso e claro que ele ficou muito cansado e você acha que ele conseguiu voltar para casa? Não conseguiu, não adiantou nada, ele não sabia pôr a gasolina no foguete e a pilha também tinha acabado.

Como que o foguete vai funcionar? 


E ele teve um treco no cérebro de novo e pior também teve uma embolia pulmonar.

Ele devia ir para o hospital, mas na lua, como ele vai para o hospital? Eu acho que devia ter uma ambulância no espaço.

Aí um amigo dele que também era astronauta foi no espaço, e você acha que ele também ficou preso?  Não, foi lá e resgatou o amigo, depois ele foi para o hospital, não morreu, mas encerrou sua carreira”.

Essa é a Ana Clara, escritora de O Astronauta

Só me digam uma coisa: De onde uma criança de 7 anos tirou a “embolia pulmonar”? Haha.

Meus tios sempre incentivaram a Ana Clara a ler, a escrever, a ver filmes e a ter joguinhos educativos. Isso fez toda a diferença na alfabetização dela.

Por isso leitura e cultura são tão importantes para a formação de uma criança, de uma pessoa. Eu sou uma ferrenha incentivadora da literatura (Então, por favor, leiam os livros que eu escrever, haha. E já tem um quase saindo do forno, em fase de diagramação e revisão! Em breve vocês vão conhecer a Alice, minha protagonista. AGUARDEM!).

Teca Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário